Início » Celular » UFS 3.1 é um padrão de armazenamento mais rápido para celulares

UFS 3.1 é um padrão de armazenamento mais rápido para celulares

Além de melhorar o desempenho, UFS 3.1 pode otimizar o consumo de energia

Emerson Alecrim Por

Dois anos depois da apresentação do UFS 3.0, a JEDEC anunciou as especificações finais da memória Flash UFS 3.1. A nova versão herda as larguras de banda do padrão anterior, mas traz recursos que melhoram o desempenho e otimizam o consumo de energia.

O UFS (Universal Flash Storage) surgiu em 2011 e, desde então, vem marcando presença sobretudo em smartphones e tablets de alto desempenho, a exemplo do Galaxy Note 10+ e do OnePlus 7.

Ambos os aparelhos contam com a versão 3.0 da tecnologia, que funciona com largura de banda de até 11,6 Gb/s (gigabits por segundo) por canal. Mas, como o UFS consegue trabalhar com dois canais simultâneos, essa taxa pode chegar a 23,2 Gb/s.

Chips UFS da Samsung

Pois bem, o UFS 3.1 mantém as mesmas taxas de largura de banda. No entanto, a nova versão introduz três características que podem melhorar o desempenho da tecnologia e o consumo de energia:

  • Write Booster: esse é um recurso que acelera a velocidade de gravação de dados com o uso de uma pequena quantidade de cache baseada em memória Flash SLC (Single Leve Cell). Trata-se de uma técnica parecida com a que é usada no SSD Intel 665p, por exemplo;
  • Performance Throttling Notification: esse recurso permite que a unidade UFS informe ao sistema que a sua performance está sendo afetada por aquecimento excessivo;
  • DeepSleep: aqui, o UFS 3.1 pode prolongar a vida útil da bateria ao entrar em um modo de baixo consumo de energia em dispositivos (geralmente mais baratos) que usam os mesmos reguladores de tensão do armazenamento para outras funções.

Cabe ainda menção honrosa ao Host Performance Booster, implementação opcional que pode melhorar o desempenho da unidade ao armazenar na memória RAM o mapa de endereços lógicos para físicos (LTP, na sigla em inglês).

Não deve demorar para o UFS 3.1 chegar ao mercado. Há boas chances de que a tecnologia apareça nas versões 2020 das já mencionadas linhas Galaxy Note e OnePlus, por exemplo. Há rumores até sobre a novidade estrear na linha Samsung Galaxy S20, a ser anunciada oficialmente no próximo dia 11.

Com informações: AnandTech.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação