Início » Jogos » Nvidia GeForce Now, concorrente do Google Stadia, sai do beta

Nvidia GeForce Now, concorrente do Google Stadia, sai do beta

Serviço funciona como "aluguel de servidor por hora" para games na nuvem

André Fogaça Por

A Nvidia também acaba de entrar no mercado de streaming de jogos com o GeForce Now, que encontra nomes de peso como Google Stadia e xCloud da Microsoft. O serviço estava em testes desde 2018 e já chega com mais de 1.000 jogos em seu catálogo, que vai desde games indie até blockbusters.

geforce now

A ideia do GeForce Now é semelhante ao que Stadia e xCloud fazem: os jogos estão em servidores e isso permite que até dispositivos mais simples rodem os games, dependendo quase que apenas de boa conexão com a internet. Uma diferença interessante é que a Nvidia anunciou que trabalha com lojas de jogos (não disse quais) para que jogadores que já compraram os títulos, possam jogar na nuvem.

O GeForce Now pode rodar em um computador, Mac, Shield TV ou mesmo em um Android, desde que o gadget esteja nos Estados Unidos ou Europa e no caso do smartphone ou tablet, é necessário ter no mínimo 2 GB de RAM e o Android 5.0 ou superior. O serviço aceita teclado e mouse, além do controle DualShock 4 (do PlayStation 4), os controles do Xbox 360 e One, e os modelos F310/F510/F710 da Logitech.

Os requisitos de internet são:

  • 15 Mbps para 720p em 60 fps
  • 25 Mbps para 1080p em 60 fps

Há um período de três meses para testes, mas o plano pode continuar de graça com jogatina de uma hora por sessão, ou US$ 4,99 por mês mensais para esticar este tempo para seis horas de gameplay por sessão. Outra diferença entre o acesso pago e o gratuito é que os assinantes ganham prioridade na hora de começar a rodar o game no servidor, ou de continuar depois do término das seis primeiras horas. Por fim, apenas o acesso pago poderá tirar proveito dos reflexos em tempo real feitos pela tecnologia de ray tracing da Nvidia.

Da lista completa de jogos compatíveis, se destacam:

  • Fortnite
  • Destiny 2
  • GRID
  • Cuphead
  • Doom
  • Wolfenstein Youngblood
  • Assassin’s Creed: Origin, Odyssey, Unity, Syndicate, 3 e Black Flag
  • Call of Duty: WWII

Ainda não há previsão de lançamento do serviço no Brasil.

Com informações: Nvidia.

Mais sobre: ,

Comentários da Comunidade

8 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Eu

Deve ser lindo jogar Cuphead via streaming…

@Comentador

Excelente, uso o Geforce Now desde 2018, já zerei jogos inteiros por ele, agora com o lançamento oficial, espero que o serviço venha pro Brasil.

João M.

Excelente. O preço se ficar entre 10 e 20 USD por mês quando sair da promo será ótimo tb. Só o fato de poder usar bibliotecas de terceiros já o torna um Stadia killer rindo. Espero que aquele rumor de novos servers na américa latina estarem sendo instalados sejam verdade, tenho vários amigos q não tem console e nem vontade de montar PCs (mesmo que medianos) mas querem jogar jogos.

@SynthwaveLover

Geforce Now: usa sua biblioteca Steam, Uplay, Origin etc.

Stadia: tem que comprar tudo de novo, além de uma assinatura (não obrigatória).

Now vai receber upgrade pra novas RTX. Esperem pelo menos uma RTX 2080 nos servidores.

Stadia tem uma Vega 56. Dá uns 10.7 TFLOPS, mas o desempenho não chega perto do servidor da Nvidia.

O Now usa o melhor que há de melhor na plataforma PC: os jogos que você já possui.

Por isso a assinatura do Now é mais em conta, porque a Nvidia não precisa pagar por licenças dos jogos como a Netflix faz com filmes e como o Google tá fazendo com Stadia.

O erro terrível (minha opinião) é que o Stadia mais parece um console. Ele se isolou num espaço, fez loja própria, e é muito dependente dos devs.

Desses serviços de streaming o Now lidera em qualidade com folga. São uns 5 ou 6 anos de beta.

Stadia teve uma beta curta e um lançamento conturbado pra alguns usuários.

Streaming não é fail, impossível na prática, ter que ter internet nível velocidade da luz.

Eu joguei a beta do Now e te garanto sem caô que é a mesma coisa que no PC real. E isso que ainda não joguei com servidor dedicado aqui no Brasil.

O ruim?

Não vi e nem sei se vai ter opção de usar Windows no Now pra poder instalar seus mods, jogar emuladores etc.

Quem é o público?

Quem não nunca teve um videogame, tem PC ruim, ou não tá disposto a pagar de 5 a 10 mil num PC desse nível, ou ficar fazendo upgrades.

O cara paga um preço simbólico e sai jogando com uma RTX 2080/3080 com Ray Tracing. Jogar Fortnite a 500 fps também. Só vai gastar investindo em periféricos, em monitor top.

Vão falar que a Nvidia tá matando as vendas de suas GPUs. Não concordo.

Se os caras fizeram o serviço é porque é o caminho e dá lucro.

Não vai “matar” ninguém por enquanto.

Console e PC gaming vão continuar vendendo bem.

É só mais uma opção. Já até vejo 3 pessoas que conheço se interessando pelo serviço. Um não joga nada desde o PS3. Os outros dois são casuais que não comprariam console nem PC gamer.

Mas pra testar o serviço por 1 hora e assinar, isso eles fariam.

Emanuel Schott

Não vi vantagem nenhuma em usar a própria biblioteca. Tem que comprar o jogo e ainda pagar o servidor. No Stadia compra o jogo e usa o servidor de graça, pagando só se quiser 4K (indisponível no Now).

Participe da discussão