Início » Negócios » Spotify chega a 124 milhões de assinantes e triplica uso de podcasts

Spotify chega a 124 milhões de assinantes e triplica uso de podcasts

Spotify tem mais de 700 mil podcasts, que são consumidos por 16% da base de usuários do serviço

Paulo Higa Por

O Spotify publicou nesta quarta-feira (5) seus resultados financeiros do último trimestre de 2019 e revelou que chegou a 124 milhões de usuários pagantes, o maior crescimento trimestral até o momento. Além disso, os números mostram que os esforços do Spotify no mercado de podcast estão surtindo efeito: o consumo desse tipo de mídia triplicou em um ano.

Spotify Podcasts

Em um ano, o Spotify viu seu número de usuários ativos mensais subir 31%, de 207 milhões para 271 milhões. Os assinantes Premium ainda são minoria, mas foram responsáveis por 88% do faturamento de € 1,855 bilhão no quarto trimestre de 2019, enquanto as propagandas da versão gratuita renderam € 217 milhões. A empresa teve prejuízo operacional de € 77 milhões, depois de alguns trimestres fechando no azul.

O destaque, segundo o Spotify, fica por conta dos podcasts, que tiveram “crescimento exponencial no número de horas ouvidas”, com aumento de 200% no ano. O serviço de música diz que há “indicações claras de que o uso de podcast está impulsionando a retenção e o engajamento”, e que o investimento na mídia gera impacto positivo na conversão de usuários gratuitos para pagantes.

Spotify - Resultados de 2019

Ao longo de 2019, o Spotify comprou a Gimlet Media e a Parcast, duas grandes produtoras de mídia, e adquiriu o Anchor, uma plataforma de distribuição de podcasts. A empresa também anunciou o Spotify Podcast Ads, uma tecnologia que incluirá anúncios nos podcasts em tempo real, baseados no perfil de cada usuário. Segundo o Spotify, mais de 16% de sua base de usuários ativos já consome podcasts.

Para 2020, o Spotify pretende atingir entre 328 e 348 milhões de usuários ativos mensais, sendo de 143 a 153 milhões de pagantes. Ainda assim, a expectativa é ter prejuízo operacional entre € 150 milhões e € 250 milhões.

Mais sobre:

Comentários da Comunidade

9 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Diego Nascimento

Vida longa ao Spotify! :heart:
Única assinatura/ conta que pago sorrindo.

Josué Junior

O único serviço de streaming que eu sempre faço questão de pagar. Já virou quase uma necessidade básica kk

@ksio89

O serviço é bom (aproveitei 3 meses grátis), mas confesso que não consegui notar muita diferença pro Deezer ou Apple Music. O catálogo era o mesmo, interface é mais ou menos parecida e até o preço é igual.

E eu adoro essas imagens “aleatórias” do Tecnocast hein, jabá não faz mal a ninguém, haha.

@wellerstz

pra mim tb é igual, o que vejo o pessoal falando de diferente é as playlists que eles criam, fora que todo mundo (praticamente) usa o spotify, então é mais fácil de ouvir a playlist de algum amigo

@ksio89

Eles criam você diz o próprio serviço ou os usuários? Ao menos no Deezer sempre vejo na tela inicial playlist sugerida pelo próprio serviço, além daquelas criadas pelos usuários.

@wellerstz

o serviço msm, fora que vejo muitas pessoas falando: segue minha Playlist, e todo mundo sabe automaticamente que é do Spotify

Participe da discussão