Início » Celular » Motorola Razr: celular dobrável entra em pré-venda por R$ 8.999

Motorola Razr: celular dobrável entra em pré-venda por R$ 8.999

Motorola Razr pode ser adquirido nas lojas da fabricante e nas operadoras Vivo, Claro e TIM; celular dobrável possui apenas eSIM

Felipe Ventura Por

A pré-venda do Motorola Razr começou no Brasil nesta quinta-feira (6): você pode adquirir o celular dobrável por R$ 8.999 nas lojas da fabricante e nas operadoras Vivo, Claro e TIM; a entrega será realizada em até 20 dias úteis. Este smartphone chegou às lojas dos EUA custando US$ 1.499.

Motorola Razr (2019) - Celular dobrável

Na loja online da Motorola, o Razr pode ser parcelado em até 12 vezes de R$ 749,91; você recebe 5% de desconto se pagar à vista (R$ 8.549,05). O aparelho também está disponível nos quiosques da Motorola em shoppings e nas lojas físicas das operadoras.

Como se trata de uma pré-venda, você não sairá com ele em mãos: a previsão de entrega é de até 20 dias úteis. Ele continuará disponível "enquanto durarem os estoques", avisa a empresa.

O Motorola Razr vem acompanhado por fones de ouvido USB-C com processamento de sinal digital da Denon Audio, além de um carregador TurboPower, cabo USB-C e adaptador USB-C para fone de ouvido tradicional (3,5 mm).

A empresa lembra que o Razr não tem entrada para chip: ele utiliza apenas o eSIM, que precisa ser ativado ao ler um QR Code com a câmera. TIM e Claro dão suporte a essa tecnologia no pré-pago, controle e pós-pago; enquanto a Vivo só tem isso no pós.

A Motorola pede que os usuários conservem o aparelho em bom estado, e diz que "protuberâncias são normais" na tela dobrável. O Razr não tem nenhuma vantagem adicional para justificar o preço mais alto, ao contrário do Samsung Galaxy Fold, que oferece suporte técnico premium e fones Galaxy Buds sem fio.

Motorola Razr (2019) - Celular dobrável

Motorola Razr (2019) - ficha técnica:

  • Telas:
    • interna: pOLED dobrável de 6,2 polegadas, 2142 x 876 pixels, proporção 21:9
    • externa: OLED de 2,7 polegadas, 800 x 600 pixels, proporção 4:3
  • Processador: Snapdragon 710
  • RAM: 6 GB
  • Armazenamento: 128 GB, sem microSD
  • Câmeras:
    • externa: Sony IMX517 de 16 megapixels, f/1,7 com Night Vision
    • interna: 5 megapixels, f/2,0
  • Bateria: 2.510 mAh com carregamento TurboPower de 15 W
  • Sistema operacional: Android 9 Pie
  • Conectividade: USB-C, eSIM, Wi-Fi 802.11ac, Bluetooth 5.0 LE, NFC, 4G LTE (2, 3, 4, 5, 7, 13, 20, 28, 66), CDMA, GPS/GLONASS
  • Mais: leitor de digitais no botão liga/desliga
  • Dimensões:
    • aberto: 172 x 72 x 6,6 mm (sem contar o queixo)
    • fechado: 94 x 72 x 14 mm

Comentários da Comunidade

18 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

 • 令和 • Ward'z de Souza 🇯🇵🎌🦊🔥 - Risonho e Límpido

Marketing, construção de componente(s) novo(s) e principalmente P&D custa recursos. Muitos recursos.

Reinaldo Boson

R$ 4.000,00 acima de um top dessa geração só porque dobra? o cara tem que sofrer muito da síndrome de status pelatus* para comprar uma parada dessas.

*gastar o que não tem, para comprar o que não precisa e tentar impressionar quem não está nem aí para você.

 • 令和 • Ward'z de Souza 🇯🇵🎌🦊🔥 - Risonho e Límpido

Gente, vocês parecem que nasceram ontem.

Tecnologia nova custa caro, e sempre vai custar caro. Não por capricho das fabricantes, mas por questão de custo de P&D, custo de fabricação de componentes novos, fora o marketing envolvido.

Vamos para alguns exemplos de tecnologias que começaram proibitivas, mas foram amortizados com o passar dos tempo?

  • Robôs aspiradores
  • Novas gerações de consoles (lembram do valor do PS4 e 3 no lançamento?)
  • TVs 4K
  • Smartphones
  • Celulares
  • TVs
  • Rádio
  • Carros

Isso serve também para serviços como Internet, telefone fixo e voos. Nenhuma tecnologia ou serviço novo começa barato. Isso é amortizado com o tempo.

Daqui 3 ou 4 anos, celular dobrável vai ser tão trivial quanto smartphones comuns.

Matheus Aguiar

Normal o preço considerando dólar a mais de 4 reais e custos pra desenvolver uma tecnologia nova, P&D como já falaram. Pelo menos vem com fones premium Denon Audio e caixinha que vira alto falante.

Daniel Ribeiro

Eu acabei de ver um comercial dele na Globo.
COMERCIAL NA TV.
A Motorola está apostando alto nisso… Embora o hate seja geral nos canais de tecnologia, eu não tenho dúvida que vai vender bem entre aqueles que só querem um celular diferente.

Anayran Pinheiro de Azevedo

Galera quer que toda tecnologia já nasça barato, complicado…

Participe da discussão