Início » Aplicativos e Software » Google Maps terá rotas de ônibus em tempo real em 74 cidades do Brasil

Google Maps terá rotas de ônibus em tempo real em 74 cidades do Brasil

Google Maps terá rotas de transporte público em tempo real em Recife, Salvador, Guarulhos, Maceió, Aracaju e mais cidades

Felipe VenturaPor

O Google Maps, um dos melhores apps para se virar no transporte público, vai ficar ainda mais útil no Brasil: ele passará a exibir rotas de ônibus em tempo real em 74 cidades, incluindo Recife, Salvador, Guarulhos, Maceió e Aracaju. A atualização será distribuída “nos próximos meses”, segundo o Google, e ficará disponível na web e nos aplicativos para Android, iPhone e iPad.

Google Maps

Algumas cidades que mencionamos acima, como Recife e Salvador, já têm rotas de transporte público no Google Maps. A novidade é que a posição dos ônibus aparecerá no mapa em tempo real.

É possível consultar detalhes como rotas e quantidade de paradas diretamente no Maps. Você verá também os horários programados de cada linha, para planejar a viagem e se prevenir contra possíveis atrasos. As informações vêm do CittaMobi, serviço que reúne dados sobre linhas de ônibus em diversas cidades do Brasil.

Há muitos anos, o Google Maps exibe rotas de transporte público em São Paulo e no Rio de Janeiro. O aplicativo expandiu esse serviço para mais cidades ao longo do tempo, como Fortaleza, Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre; e incluiu rotas de ônibus intermunicipais.

Google Maps terá rotas em tempo real nestas cidades

Em comunicado, o Google diz que adicionará rotas de transporte público em tempo real para 61 cidades brasileiras. No entanto, a lista reúne Recife e região metropolitana como um só item, sendo que o recurso estará disponível na capital e em mais 13 municípios. Por isso, o total abaixo é de 74 cidades.

Nos próximos meses, o recurso aparecerá nestes municípios:

  • Alagoas: Maceió
  • Amapá: Macapá
  • Bahia: Camaçari, Juazeiro, Salvador, Simões Filho, Vitória da Conquista
  • Distrito Federal: Brasília
  • Espírito Santo: Colatina, Linhares
  • Minas Gerais: Além Paraíba, Juiz de Fora
  • Paraíba: Santa Rita
  • Pernambuco: Abreu e Lima, Araçoiaba, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Caruaru, Igarassu, Ilha de Itamaracá, Ipojuca, Itapissuma, Jaboatão dos Guararapes, Moreno, Olinda, Paulista, Petrolina, Recife, São Lourenço da Mata
  • Rio de Janeiro: Belford Roxo, Itaperuna, Niterói, Nova Iguaçu, Pinheiral, Resende, São João da Barra, Volta Redonda
  • Rio Grande do Norte: Mossoró, Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante
  • Rio Grande do Sul: Pelotas, Rio Grande
  • Sergipe: Aracaju
  • São Paulo: Águas de Lindóia, Barueri, Bebedouro, Caieiras, Cajamar, Cotia, Diadema, Franco da Rocha, Guararema, Guarulhos, Ilhabela, Itapevi, Itapira, Itaquaquecetuba, Itatiba, Jacareí, Jaguariúna, Jandira, Jarinu, Jundiaí, Mauá, Mogi das Cruzes, Osasco, Ribeirão Preto, Salto, São Caetano do Sul, São Carlos, São Sebastião, Sorocaba, Taubaté

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
24 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Felipe Ventura (@felipe)

André, deixamos claro no texto que esse recurso vai chegar “nos próximos meses” nessas cidades.