Início » Celular » Galaxy Z Flip, rival do Motorola Razr, chega ao Brasil em março

Galaxy Z Flip, rival do Motorola Razr, chega ao Brasil em março

Galaxy Z Flip possui tela flexível de 6,7 polegadas com vidro ultrafino; celular dobrável será vendido no Brasil por R$ 8.999

Felipe Ventura Por

O Galaxy Z Flip é oficial: o novo celular dobrável da Samsung possui formato flip, tal como o Motorola Razr, e vem com uma tela flexível de 6,7 polegadas com vidro ultrafino. Ele estará disponível em alguns países, como EUA e Coreia do Sul, por US$ 1.380; o smartphone chegará ao Brasil em março por R$ 8.999.

Samsung Galaxy Z Flip

Quem estiver interessado em comprar o Galaxy Z Flip pode se cadastrar no site da Samsung Brasil a partir desta terça-feira (11) até o dia 4 de março. E, entre os dias 4 e 10 de março, será possível ver o celular dobrável em lojas selecionadas.

As vendas no Brasil começam em 11 de março, com preço sugerido de R$ 8.999, nas cores violeta e preto. Esse é o mesmo preço do Motorola Razr no país, e é menos que os salgados R$ 12.999 cobrados pelo Galaxy Fold.

Galaxy Z Flip pode ficar aberto em vários ângulos

O Galaxy Z Flip possui uma tela de 6,7 polegadas que se dobra ao meio; o aparelho assume o tamanho de uma carteira para caber facilmente no bolso. O display é protegido por um vidro ultrafino que usa tecnologia proprietária da Samsung. Ele não se dobra totalmente, deixando um espaço entre as duas metades.

Samsung Galaxy Z Flip

A Samsung deu atenção à dobradiça: ela usa fibras de nylon para impedir a entrada de poeira, e promete durar até 200 mil usos. E graças ao modo Flex, o Galaxy Z Flip pode ficar aberto em vários ângulos (como um notebook) e adaptar a interface.

Ao fazer isso com a câmera interna de 10 megapixels, a interface se divide em duas partes, para que você tire selfies com o aparelho em cima da mesa. O modo Flex foi desenvolvido em colaboração com o Google e funciona em outros apps: por exemplo, o YouTube exibe o vídeo na parte superior e as descrições e comentários na parte inferior.

E quando está fechado, o Galaxy Z Flip mostra informações na tela externa de 1,1 polegada. Isso inclui data, hora, status da bateria e notificações: basta tocar em um alerta para abrir o app correspondente ao desdobrar o smartphone. O display pode ser usado até mesmo para tirar fotos com a câmera traseira dupla de 12 megapixels.

Samsung Galaxy Z Flip – ficha técnica:

  • Telas:
    • interna: Dynamic AMOLED de 6,7 polegadas, Full-HD+ (2636 x 1080), 425 ppi, 21,9:9, notch Infinity-O
    • externa: Super AMOLED de 1,1 polegadas (300 x 112), Gorilla Glass 6
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 855+
  • RAM: 8 GB
  • Armazenamento: 256 GB UFS 3.0, sem microSD
  • Câmera externa dupla:
    • principal: 12 megapixels, abertura f/1,8, ângulo de abertura 78°
    • ultrawide: 12 megapixels, abertura f/2,2, ângulo de abertura de 123°
    • flash, HDR10+, vídeo 4K a 60 fps, início rápido, OIS (estabilização óptica de imagem)
  • Câmera interna (frontal): 10 megapixels, f/2,4, ângulo de 80°, foco automático, HDR10+, vídeo 4K a 30 fps
  • Bateria: 3.300 mAh, carregamento rápido, carregamento wireless Qi, Wireless PowerShare
  • Sistema operacional: Android 10 com Samsung One UI 2
  • Conectividade: USB-C, Bluetooth 5.0, WiFi 802.11ac (2,4 + 5 GHz), NFC, localização (GPS, GLONASS, Beidou, Galileo)
  • Sensores: leitor de digitais na lateral, acelerômetro, barômetro, bússola, brilho automático, proximidade, giroscópio
  • Dimensões:
    • fechado: 87,4 x 73,6 x 15,4 mm (17,3 mm de espessura contando a protuberância da câmera)
    • aberto: 167,3 x 73,6 x 6,9 mm (7,2 mm de espessura contando a protuberância da câmera)
    • peso: 183 g
  • Cores: preto, violeta

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
8 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Felipe Insfran

Morre o (in)esquecível Motorola Razr.

Marcelo

Para mim o flip não precisa ter nenhuma funcionalidade que justifique o formato. Basta fazer o que um smartphone de formato barra faz e será uma alternativa à esse formato, pois estamos comprando smartphones em formato barra há mais de uma década e sinceramente eu já enjoei desse formato.

 • 令和 • Ward'z de Souza 🇯🇵🎌🦊🔥 - Risonho e Límpido

Motorola não vai ter a menor chance contra o Z.

O hardware do Z é top de linha, mas com o mesmo valor.

Lucas Dias

o grande problema é o fator nostalgia, quem tem 9 mil para gastar em um celular não pensa só com a cabeça mas com a emoção, configuração numa hora dessas não faz tanto diferença… mas é claro que vai ter clientes conscientes mas não é a totalidade

Vítor Gomes

kkk é verdade, mas os telefones Flip tbm irão permitir telas cada vez maiores, que hoje já estão exageradamente grandes.

Vítor Gomes

Gostei muito, mas ainda acho que a uma tela dobrável só se mostra realmente útil no caso de telas de tablets, como o Galaxy Fold, que coubessem no bolso.

Marcos Oliveira

Realmente a competição vai ser difícil para o Moto Razr, não há nostalgia que consiga competir com o hardware e qualidade do design imposto pela samsung. Espero na próxima geração ver uma tela externa maior para acrescentar ainda mais funcionalidades.

Dependendo do sucesso comercial da linha acho muito possível que num futuro próximo a Samsung lance um Galaxy S com tela dobrável.

Marcelo

A única vantagem do Motorola é ser mais bonito, mas aí vai de gosto.