Início » Jogos » Xbox Series X tem chip gráfico de 12 teraflops, revela Microsoft

Xbox Series X tem chip gráfico de 12 teraflops, revela Microsoft

Xbox Series X, concorrente do PlayStation 5 (PS5), será compatível com jogos das gerações anteriores, incluindo o primeiro Xbox

Felipe Ventura Por

A Microsoft confirmou mais detalhes técnicos do Xbox Series X nesta segunda-feira (24): o concorrente do PlayStation 5 terá chip gráfico de 12 teraflops, oito vezes o desempenho do Xbox One original; e será compatível com jogos de todas as gerações anteriores, incluindo o primeiro Xbox.

Microsoft Xbox Series X

Phil Spencer, chefe da divisão Xbox, diz em comunicado que o Xbox Series X possui quatro vezes o poder de processamento do Xbox One, graças à CPU com arquitetura AMD Zen 2. Quanto aos gráficos, temos aqui uma GPU com arquitetura RDNA 2 de 12 Tflops, o dobro do já poderoso Xbox One X (e oito vezes o desempenho do Xbox One).

Os desenvolvedores poderão solicitar ao chip gráfico que dê prioridade para determinados personagens ou objetos, graças ao sombreamento de taxa variável (VRS, Variable Rate Shading). “Essa técnica resulta em taxas de quadros mais estáveis ​​e em uma resolução mais alta, sem impacto na qualidade final da imagem”, explica Spencer.

Além disso, o ray tracing — tecnologia que permite uma iluminação mais realista em jogos — será acelerado por hardware para uma performance maior. A implementação da Microsoft se chama DirectX Raytracing.

O armazenamento SSD será capaz de carregar jogos mais rápido. Um novo recurso chamado Quick Resume permitirá voltar a um jogo em estado suspenso quase imediatamente, sem que o usuário precise enfrentar telas de “loading…”.

Há ainda a entrada de latência dinâmica (DLI, Dynamic Latency Input): ela promete reduzir o intervalo entre seus comandos no Xbox Wireless Controller e a resposta do console, graças a um protocolo wireless proprietário da Microsoft com alta largura de banda.

Microsoft Xbox Series X

Xbox Series X rodará jogos do primeiro Xbox

A retrocompatibilidade do Xbox Series X se expandirá para jogos do primeiro Xbox, Xbox 360 e Xbox One. Títulos antigos “se beneficiam de taxas de quadros mais constantes, tempos de carregamento mais rápidos e resolução e fidelidade visual aprimoradas, tudo sem a necessidade de esforço dos desenvolvedores”, diz Spencer.

As distribuidoras poderão deixar que os usuários comprem um jogo para rodá-lo tanto no Xbox One como no Xbox Series X, sem pagar a mais por isso. Trata-se de algo opcional, que todos os títulos exclusivos do Xbox Game Studios — incluindo Halo Infinite — vão adotar. E graças ao Smart Delivery, cada console baixará apenas os recursos de que precisa.

O Xbox Series X terá suporte a 4K em 60 quadros por segundo, podendo chegar a até 120 fps (talvez em resolução menor), além de reprodução de vídeos 8K.

A Microsoft também trabalhou com fabricantes de TV e com o HDMI Forum, que define os padrões HDMI, para implementar recursos no HDMI 2.1. A taxa de atualização variável (VRR) sincroniza a taxa de atualização da tela com a taxa de quadros do jogo, a fim de evitar artefatos de imagem; e o modo de baixa latência automática (ALLM, Auto Low Latency Mode) permite que o Xbox One e o Xbox Series X ativem o modo de menor latência da TV.

Spencer promete revelar mais detalhes sobre o Xbox Series X na feira E3 em junho. A Sony não vai participar, dizendo que o evento não é “o local certo para o que estamos focados neste ano”.

Com informações: Xbox.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
10 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

C Emanuel B Laguna (@Max_Laguna)

Vejo que a Microsoft está reafirmando (mais uma vez) que o Xbox SeX terá GPU de 12 teraflop/s para gerar buzz.

Meu desejo mesmo: queria muito que a MSFT anunciasse alguma coisa para VR. Sim, sim, sei que apenas 5% da base do PS4 usa, mas é outra vitrine tech para chamar os early-adopters.

Fabio Neves (@Fabio_Neves)

Rapaz, curioso pra ver os preços.
Será que vão ficar na faixa dos 2k?

C Emanuel B Laguna (@Max_Laguna)

2.000 o quê? Reais ou dólares?

Se o PS5 custa 450 dólares para ser fabricado/vendido, o ideal seria vendê-lo a US$ 599 para cobrir custos de logística às lojas e marketing.

Problema: a Sony quer evitar um novo PS3 e também tem que ver se o Xbox SeX viria por 599 também. Se o Xbox SeX vier a 499 a Sony vai chorar sangue pois se verá obrigada a vender o PS5 por 399 mesmo não podendo.

@Fabiofs

Esse é o preço do X. O novo deve começar pelo dobro disso

Kayo (@Kayo)

É muito engraçado a Sony sempre esperar a Microsoft anunciar o preço para lançar o valor dela, se eu fosse a Microsoft só de birra mudava o preço depois do aviso da Sony pra ver o caos.

Kayo (@Kayo)

Com o valor do dólar e ausência de estoque aqui virá fácil por R$3.500 NO MÍNIMO.

C Emanuel B Laguna (@Max_Laguna)

Seria lindo mesmo!!

Kayo (@Kayo)

Que a Microsoft faz bons consoles já sabemos, que a experiência é maravilhosa também. Tô curioso é no que os estúdios trarão na E3 desse ano, será o divisor de águas dessa geração, se mantiver no polo indies + AAA clássicos (Halo, Gears, Forza) não vejo futuro pro console.

Precisa diversificar, trazer um RPG americano, um RPG mais orient style, reviver Killer Instinct do jeito certo, enfim, novos estilos que façam valer a pena estar no ecossistema XBOX (que abrange o console e o Windows 10 na versão mais atualizada as a service)

Marcos Oliveira (@marcosoliveiran)

Já é esperado que a Microsoft tenha o melhor hardware nessa geração, vamos ver como é que a Xbox Game Studios vai se aproveitar de tanto poder para entregar exclusivos realmente relevantes.

Tiago Jeronimo (@TiagoJL)

Cada dia que passa, penso em desistir da ideia de comprar um notebook game e partir pro console. Esse XBox parece que será uma boa opção para isso.

ochateador (@ochateador)

Sobre o preço, acredito que ficará acima de 500 dólares, talvez sejam lançados por 600 dólares (no Brasil acredito em quatro mil reais tranquilo).

Aí vemos os motivos:

Temos as fábricas chinesas “quase” paradas por causa do covid-2019. Componentes que vão ser usados, são caros neste momento.
E F Medeiros (@bfowl)

Temos algumas coisas a considerar aí:

1 - A Sony já afirmou que o custo de fabricação do PS5 seria de aproximadamente US$ 450, e Microsoft já disse que o custo de fabricação do Xbox Series X estava em torno de US$ 480. Ou seja, o PS5 é mais barato de ser fabricado que o Xbox Series X, e isso pode sim refletir num hardware mais fraco.

2 - Quando houveram os vazamentos de specs, elas mostraram o Xbox Series X com 12 Tflos, como agora confirmado, e o PS5 com 9,2 Tflos. Somando isso ao silêncio gritante da Sony até o momento, eu realmente começo a imaginar que o PS5 será mais fraco que o Xbox Series X.

3 - Mesmo que a Sony lance um console mais barato, uma vez que já há rumores de que o Xbox Series X possa custar US$ 550, isso não refletirá em vantagem, uma vez que a Microsoft pensou no próximo Xbox como uma ‘família de consoles’, ou seja, ela pode lançar um Xbox mais fraco que o Series X e competir com a Sony em preço.

4 - Até agora, a Sony revelou os exclusivos de final de geração para o PS4, mas nada para o PS5. O único jogo anunciado, foi Godfall, que tem gráficos de PS4 e que também sairá para PC. A Microsoft já mostrou Halo: Infinite e Senua’s Saga: Hellblade II, fora a confirmação dos jogos da Playground (o esperado RPG que dizem ser Fable 4) e o novo jogo da The Initiative, fora outros projetos de porte AAA e AAAA já em desenvolvimento pelos estúdios first-party que serão anunciados na E3 2020.

Sedo assim, é praticamente certo que o Xbox terá um início de geração espetacular. E é a minha escolha certa para console na próxima geração

Diego Nascimento (@Dieg0)

Coisa linda! E a Sony caladinha até agora…