Tecnoblog
Início » Gadgets » Wi-Fi 7 pode ter detecção de movimento e saber local do usuário

Wi-Fi 7 pode ter detecção de movimento e saber local do usuário

Wi-Fi 7 (ou 802.11be) pode incorporar conectividade entre veículos para evitar colisões, e detecção de movimentos do usuário

O Wi-Fi 6 (ou 802.11ax) foi oficializado em 2019 e já está disponível em celulares e roteadores, então é hora de pensar na próxima geração: o Wi-Fi 802.11be pode incorporar alguns recursos interessantes, como conectividade entre veículos para evitar colisões, e detecção de movimentos para saber onde está o usuário.

"Queremos detectar o movimento das pessoas, quando elas se deslocam de um cômodo para outro, sem ter nenhum sensor nelas", explica Paul Nikolich, do IEEE (Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos), ao The Next Web.

Isso seria possível através de sinais de radiofrequência (RF), sensíveis o bastante para detectar até a frequência respiratória do usuário. "Ao respirar, você altera as características de RF e de canal", diz Nikolich. Ele explica que este recurso poderia ser utilizado para monitorar idosos e saber se estão bem.

O IEEE também criou um comitê para aprimorar a segurança e a privacidade do Wi-Fi, algo importante caso esse recurso saia do papel.

Wi-Fi 7 pode facilitar comunicação entre carros

Outra possibilidade do padrão 802.11be é a conectividade entre veículos: dessa forma, um carro poderia conversar com o outro na estrada para evitar colisões — algo útil no caso de condução autônoma. Nikolich lembra, no entanto, que o instituto está apenas explorando possibilidades no momento.

Para ele, o principal recurso do "Wi-Fi 7" seria atingir altas taxas de transferência de dados. A ideia é que vários dispositivos possam se conectar à rede em velocidades de pelo menos 1 Gb/s a uma distância maior do roteador.

No entanto, criar um novo padrão Wi-Fi leva tempo: Nikolich estima que o IEEE deve levar mais quatro anos para finalizar o 802.11be; os estudos começaram em 2019.

A nomenclatura Wi-Fi 5 e Wi-Fi 6 foi adotada desde o ano passado pela Wi-Fi.org, que também cria testes de certificação para identificar quais dispositivos são compatíveis. O Wi-Fi 6E é uma versão que opera nas frequências de 2,5 GHz, 5 GHz e 6 GHz. O 802.11be deve ser o Wi-Fi 7, apesar de ainda ser cedo para uma confirmação oficial.