Início » Aplicativos e Software » TikTok volta a superar WhatsApp em downloads no iOS e Android

TikTok volta a superar WhatsApp em downloads no iOS e Android

Facebook vem testando clones do TikTok; dona do aplicativo diz que não o colocará à venda

Felipe Ventura Por

O Facebook é dono de alguns dos aplicativos mais baixados no mundo, incluindo o WhatsApp, Instagram e Messenger; no entanto, o TikTok voltou a superar todos eles em número de downloads, tanto na App Store como no Google Play. Os principais países responsáveis por esse crescimento são a Índia e o Brasil.

TikTok

De acordo com a Sensor Tower, o TikTok foi o app mais baixado mundialmente em janeiro de 2020, seguido pelo WhatsApp, Facebook, Instagram e Messenger. Isso leva em conta os downloads na App Store e Google Play, excluindo outras lojas para Android (como a Huawei AppGallery); jogos também não entram nessa lista.

Foram mais de 104,7 milhões de instalações do TikTok no mês, aumento de 46% em relação ao mesmo período do ano passado. A Índia corresponde a 34,4% dos downloads, e o Brasil vem logo na sequência com 10,4%.

O WhatsApp, por sua vez, teve 90,6 milhões de instalações, alta de 10% em um ano. Os países com maior número de downloads são a Índia (35,3%) e o Brasil (9,4%).

Mais baixados em janeiro de 2020 – geral Mais baixados – App Store Mais baixados – Google Play
TikTok TikTok TikTok
WhatsApp YouTube WhatsApp
Facebook Instagram Facebook
Instagram WhatsApp Instagram
Messenger Facebook Messenger
Likee Messenger Likee
SHAREit Netflix SHAREit
TikTok Wall Picture Google Maps TikTok Wall Picture
Snapchat Gmail Snapchat
YouTube Kuaishou UC Browser

Facebook está testando clones do TikTok

O Sensor Tower vem divulgando rankings mensais dos apps mais baixados desde abril de 2019. O WhatsApp costuma aparecer em primeiro lugar, mas há algumas exceções: ele foi ultrapassado em junho pelo Messenger e em julho pelo FaceApp (lembra dele?). Em agosto, foi a vez do TikTok.

O WhatsApp voltou ao primeiro lugar nos meses seguintes, mas caiu de novo para o segundo lugar em janeiro de 2020, novamente por causa do TikTok. É algo que deve preocupar o Facebook: a empresa comprou os principais aplicativos que ameaçavam sua hegemonia nas redes sociais, mas a chinesa ByteDance — avaliada em US$ 78 bilhões — diz que não colocará o app à venda.

“Não tivemos discussões com potenciais compradores do TikTok, nem pretendemos fazer isso”, declarou a empresa à Reuters. “Não houve discussões sobre qualquer venda parcial ou total do TikTok.”

A outra saída do Facebook seria copiar os principais recursos do TikTok, tal como ela fez com o Snapchat (que recusou uma proposta de aquisição). A empresa já vem testando alguns clones do concorrente, tal como o Lasso e o Instagram Cenas.

Sobre o Lasso, Mark Zuckerberg diz em um áudio vazado pelo The Verge: “estamos tentando fazê-lo funcionar em países onde o TikTok ainda não é grande antes de competirmos com o TiktTok em países em que ele é grande”.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@ksio89

Ja já o Rostolivro copia esse tal de TikTok e depois ninguém nem lembra o original, assim como aconteceu com o Snapchat. Aliás, é incrível como povo gosta de rede social, meu Deus.

João Almeida

Esse o face não derruba

Nilberto Melo

O whatsapp tem pouco potencial de crescimento porque meio que já é utilizado por todo mundo. Diferente do TikTok que por ser novidade, muita gente baixa pra ver qual é, mas poucos se tornam usuários mesmo.