Início » Gadgets » Vídeo: destruindo o sensor CMOS de uma Canon 5D Mark II

Vídeo: destruindo o sensor CMOS de uma Canon 5D Mark II

Por
7 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Lasers são perigosos. Dependendo da potência dele, um laser pode causar desde pequenas queimaduras superficiais a até cegueira permanente se for direcionado para os olhos, como no caso do já conhecido Spyder III Pro Arctic Series. Mas que tipo de dano eles podem fazer com sensores CMOS de câmeras DSLR? Um usuário descuidado de uma dessas câmeras descobriu o que acontece, da pior maneira possível, ao filmar um evento com um show de lasers.


(Link para vídeo)

Essa fina linha que aparece no vídeo depois do laser passar na lente nada mais é do que um ex-sensor CMOS de 21.2 megapixels em bom estado. Ah, cada câmera desse tipo custa US$ 2.400,00, sem lente. Só para colocar o prejuízo em perspectiva.

Ao que parece a Canon 5D Mark II é ótima para gravar episódios de séries de TV, mas não foi feita para aguentar fortes rajadas de lasers nos seus sensores. Nem qualquer outra DSLR, na verdade. Então mantenha a sua câmera longe deles. Como lembrete, veja aqui outro vídeo do sensor sendo destruído.

Com informações: DoobyBrain | Dica do Henrique Martin (@henriquemartin) no Twitter.

  • Sinto dor. Dor. Muita dor. Dooooor. #dramaqueen

  • Doeu muito mesmo…..=/

  • Isso que eu chamo de prejuízo.

  • Ai, o bolso doeu.

  • Fabio Luiz

    Aqui no Brasilllll essa câmera comprada em uma loja com nota, não sai por menos de 15 mil (corpo).
    Sinto uma enorme dor por esse post

  • O post fala dos danos do laser à pele e aos olhos. Parece que esse laser do show não queima a pele (senão teríamos tido notícias!). E ficou obvio o dano ao CMOS.

    Perguntinha idiota: o que esse laser pode fazer (de mal) aos olhos dos manés que estavam lá assistindo???

    • fala “um laser” não “este laser”

      Este laser teria que ficar apontado diretamente para o olho por algum tempo para talvez fazer algum dano.

  • Ai meu cash…

  • Erick

    EITA PREJU!

  • Cara, agora, o cara deve estar P… da vida né!

  • kylefurtado

    Santo Deus… Eu senti a dor desse cara.

  • Uma Mark II ainda… =/////////////////////…

  • Existe algum método pra isso não acontecer? Como algum filtro ou coisa assim?

    • Sim. Não gravar vídeos onde há lasers. 😛

      • JoseRenan

        hehehehhehe quem ia pensar numa coisa dessas pra uma cãmera fotográfica, o cara que tava no lugar errado na hora errada

      • SuporteCel

        porra, isso é obvio.
        e o nome dos objetos em questão tambem são obvios.

        1 – camera FOTOGRAFICA: pq nao usar uma filmadora para filmar? se fudeu agora, vai ter que pagar a bagatela de 780 doletas num novo sensor. da proxima vez, vai aprender que camera fotográfica é pra fotografias, e filmadora é pra filmagens.

        2 – LASER: desde quando aprendemos que lasers sao objetos perigosos? desde criança, assistindo starwars, startrek, blackcamenrider, jaspion, changeman, e outros seriados? porra, laser, mesmo o mais fraquinho, nao é brincadeira, nao é negocio de balada. depois da primeira e unica vez que voltei com a cabeça doendo de tanto laser nos zóios, refuto qualquer balada que tenha decoracao com laser.

  • JoseRenan

    senti dor pelo cara

  • Juca Vasconcelos

    so CMOS ou CCD’s tbm?

  • Uma palavra: Ai!

  • Nem vou ver, se eu vejo um Skate quebrando choro, imagino isso

  • Danilo Oliveira

    Alguém sabe se aqueles seguros contra danos em cameras cobriria esse dano?

    • SuporteCel

      De jeito nenhum, colega. Sensores de câmeras DSLR são extremamente sensíveis a luz, e desprotegidos contra o excesso dela.
      Justamente o motivo pelo qual este queimou.
      Mas isso é muito difícil acontecer a uma DSLR, pois antes da imagem chegar ao sensor, ela passa pelo espelho.
      Bom, isto é o que deveria acontecer, afinal, ela é uma maquina fotográfica, não uma filmadora. E no modo fotográfico, usa-se identificar e focalizar a imagem pelo espelho, antes de “jogá-la” para a captação no sensor.
      Usam-na como filmadora pelo motivo do sensor dela ser infinitamente melhor que de filmadoras atuais. Mas o problema é que ele não é preparado para tanta exposição de luz.