Início » Negócios » Microsoft, Epic Games e EA não irão à GDC devido ao coronavírus

Microsoft, Epic Games e EA não irão à GDC devido ao coronavírus

As empresas usarão outros meios para revelarem o que seria levado à Game Developers Conference

Victor Hugo Silva Por

A GDC 2020 está marcada para acontecer entre 16 e 20 de março em São Francisco, nos Estados Unidos, mas não terá a participação de várias empresas por conta do novo coronavírus. Os cancelamentos mais recentes vieram de Microsoft, Epic Games e Electronic Arts.

Microsoft

A Microsoft confirmou sua saída da feira de games na quinta-feira (27). A empresa, que poderia revelar mais detalhes do Xbox Series X, afirmou que sua decisão foi tomada por conta da prioridade com “a saúde e a segurança de jogadores, desenvolvedores, funcionários e parceiros ao redor do mundo”.

“Depois de uma análise cuidadosa das orientações de autoridades globais de saúde e com muita cautela, tomamos a difícil decisão de deixar de participar da Game Developers Conference 2020 em São Francisco”, afirmou a Microsoft. Em vez disso, a empresa apresentará suas novidades com um evento online de 16 a 18 de março.

A Epic Games anunciou que fará seus anúncios “por meio de outros canais” devido às preocupações de saúde. “Lamentavelmente, a incerteza em relação às preocupações com a saúde tornou inviável enviar nossos funcionários”, afirmou a empresa.

A Electronic Arts, por sua vez, informou que seus funcionários estão impedidos de realizarem viagens que não são essenciais. “Também estamos cancelando nossa participação oficial na GDC e limitando a participação em outros eventos”.

Já a Unity afirmou que, devido ao coronavírus, tem recomendado que seus funcionários não compareçam à GDC 2020. “Não teremos mais uma presença física em um estande, mas mostraremos online o excelente conteúdo da GDC que estamos trabalhando”.

Vale lembrar Kojima Productions, Facebook e Sony cancelaram a participação na GDC 2020 há alguns dias. A organização do evento afirmou na semana passada que está preparada para “realizar um evento seguro e bem-sucedido” e que adotou várias medidas para reduzir os riscos. A cidade de São Francisco, no entanto decretou estado de emergência, mesmo sem um caso do novo coronavírus.

Além de afetar a saúde pública, a epidemia tem comprometido diversos eventos este ano. A MWC 2020, que aconteceria esta semana foi cancelada no início do mês. Agora, o Facebook cancelou a F8, sua conferência de desenvolvedores que ocorreria em maio.

Com informações: CNET, TechCrunch.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando