Início » Negócios » Uber estreia serviço de patinetes elétricos em São Paulo

Uber estreia serviço de patinetes elétricos em São Paulo

Patinetes elétricos da Uber custam R$ 0,90 por minuto na capital paulista

Emerson Alecrim Por

Esta segunda-feira (2) marca a estreia oficial do serviço de compartilhamento de patinetes elétricos da Uber na cidade de São Paulo. A modalidade, até então disponível apenas em Santos (SP), pode ser acessada a partir do mesmo aplicativo usado para solicitar carros.

Uber - patinete

A estreia na capital paulista era questão de tempo. A Uber recebeu autorização da prefeitura para disponibilizar patinetes elétricos em São Paulo em 24 de janeiro. Restava então acertar os detalhes para a modalidade entrar em funcionamento.

Os locais de operação, porém, são bastante limitados: apenas os bairros da Vila Olímpia, Moema, Itaim Bibi, Vila Nova Conceição e Jardim Luzitânia são atendidos pela nova modalidade. A Uber afirma que a área de cobertura poderá ser expandida conforme a demanda.

Pelo menos nesta fase inicial, não há cobrança de desbloqueio do patinete. O usuário pagará somente pelo uso do equipamento. O valor é de R$ 0,90 por minuto.

Em Santos — a primeira cidade brasileira a contar com o serviço — a estreia teve valores diferentes: R$ 1,50 pelo desbloqueio do patinete mais R$ 0,75 por cada minuto de uso.

Patinetes elétricos da Uber em São Paulo

Patinetes elétricos da Uber em São Paulo (Foto: Uber)

Os patinetes elétricos da Uber podem ser localizados no mesmo mapa que exibe os carros próximos ao usuário. Ali mesmo é possível fazer o desbloqueio digitando ou escaneando o código do veículo. É possível reservar um patinete que estiver longe. Neste caso, o usuário tem 15 minutos para chegar até ele.

De acordo com Ruddy Wang, diretor de novas modalidades da Uber na América Latina, o serviço foi planejado “para que os patinetes da Uber sejam uma ótima opção para aqueles deslocamentos mais curtos, de forma a incentivar que os veículos elétricos sejam usados para complementar o transporte público e driblar o trânsito”.

Como acidentes envolvendo patinetes não são incomuns, a Uber criou uma página com orientações de segurança para o uso desses veículos.

Por ora, não há informações sobre disponibilização dos patinetes elétricos em outras cidades brasileiras.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
8 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@teh

Mais serviço reservado a bolha elite da zona oesta. lamentavel.
E por esse preço é só pra brincar mesmo, porque nao vale apena… ou para os faria limers…

@ksio89

54 contos a hora abala a amizade.

@Banana_Phone

Eu queria mais bicicletas, uma pena que a Yellow acabou com elas.
Patinetes custam muito caro, uma corrida de Uber é mais barato. Ainda bem que ainda existem as bicicletas do Itaú.

Douglas N. (@dougeureka)

Não há como comentar de outra forma. Bem isso daí. Podre.

Douglas N. (@dougeureka)

Como se não houvesse tudo isso em bairros nobres, pessoas “de bem”. É verdade esse bilete. O Exemplo vem de cima.

@teh

Besteira, Campo belo é bairro nobre, Alto de pinheiros Paulista etc etc etc. querem ficar na bolha mesmo porque é mais comodo. Nao tem anda de vitimismo. O ladrão vai pegar o patinete de onde for pra fazer o que você disse.

Arthur Silva Vicentini (@ArthurVX)

Não tem na região da Berrini.
#firstworldproblems (in the developing world)
#berriniproblems

Eu (@Keaton)

54 reais a hora… tá doido. Acho que nem se eu ganhasse na mega-sena ia gastar 54 reais pra brincar com isso. (Eu compraria uns três e pronto… hahaha)