Início » Telecomunicações » Vivo é obrigada a permitir que clientes alterem planos pelo site

Vivo é obrigada a permitir que clientes alterem planos pelo site

Site e app Meu Vivo permite que clientes alterem planos, mas apenas para pacotes com mensalidade maior que o já contratado

Lucas Braga Por

A Vivo será obrigada a disponibilizar a troca de planos através do app ou do site da operadora. A medida chega após ação movida pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), que havia obtido uma liminar para tal ação em fevereiro de 2019.

Clientes da operadora já conseguem mudar o plano através do app Meu Vivo ou pelo site, mas há um porém: a plataforma só exibe planos de valor superior ao já contratado pelo assinante. O pedido do MPDFT para a Justiça é de que a operadora também dê a opção ao consumidor de optar por um plano mais barato.

Até então, a única forma de trocar o plano atual por um mais barato é através de canais convencionais, seja no atendimento telefônico ou lojas físicas. Essa medida desestimula que o cliente reduza seu plano. O promotor de justiça Paulo Roberto Binicheski diz que é evidente que a operadora busca dificultar a alteração contratual.

A Vivo havia entrado com um recurso contra a liminar expedida em 2019, mas a 3ª Turma Cível do TJDFT considerou que “são direitos básicos dos consumidores a liberdade de escolha, a igualdade nas contratações e a adequada prestação dos serviços, de modo que não pode o fornecedor dificultar a mudança de plano, seja para outro de valor mais elevado, seja para outro de menor valor.

A operadora terá até seis meses para viabilizar a mudança no site e app Meu Vivo, sob pena de multa diária no valor de R$ 30 mil.

Com informações: MPDFT

Mais sobre: , ,

Comentários da Comunidade

17 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@imhotep
Fazendo o papel de advogado do diabo, é lógico q a Vivo quer q vc ligue pra alterar pra um plano mais barato.
Nesse caso o setor de marketing e vendas vai tentar te convencer a manter o plano, te dar alguma alternativa, enfim. Vai tentar, de alguma forma, te fidelizar à empresa. Não acho isso errado.
A questão de alterar pelo app, então q disponibilize a opção de planos mais baratos e, caso o cliente opte por um deles, é só programar o app pra soltar um pop-up ou qualquer outra solução pra tentar fidelizar o cliente com outra proposta.
Da mesma forma q a Vivo (e qualquer outra operadora) tentam dificultar a alteração de plano, o Estado tb se metendo em uma negociação entre partes, acho inadequado.
No mais, se vale pra Vivo, deveria valer para todas. Uma q dificulta alteração de plano é a Claro, nos serviços de internet fixa e tv por assinatura.
Lugi lanzii
Liguei na Oi pra diminuir um plano empresarial, tinha varios numeros, pedi um pacote menor do que tinha, a atendente só me passava valores maiores, não sei se era burrice ou desonestidade mesmo.
Jacques
Finalmente!
Em alguns estados eles permitem a troca de plano (santa catarina por exemplo), em outros a opção simplesmente não existe (são paulo)
NENHUM
Problema é a dificuldade de fala com eles,fica um tempo na linha para se atendido,e depois ficam enrolando para realizar trocar,além das operadores serem praticamente um monopólio,não existe concorrência de fato com apenas 4 empresas. Então acho a decisão correta.
 • 令和 • Ward'z de Souza 🇯🇵🎌🦊🔥 - Risonho e Límpido



lucasbraga:

Site e app Meu Vivo permite que clientes alterem planos, mas apenas para pacotes com mensalidade maior que o já contratado


Ao menos aqui, nem isso.
Guilherme da Silva Manso
As vezes, nem pessoalmente deixam. Já tive dificuldades diversas vezes. Sempre resolvi com reclamação na Anatel.
Jefferson Rodrigues
O problema é que muitas vezes o cliente não consegue mudar para um mais barato, na primeira tentativa. Alguns (talvez muitos) atendentes desligam a ligação para não fazer a mudança de plano. Quando o cliente consegue fazer a mudança, foram várias tentavias e muito tempo na ligação.
elias
Claro que a alteração só entrará em vigor aos 45 do segundo tempo.
E só não entrará depois por causa da multa.
Bem que o TJ poderia ter determinado um prazo máximo de 3 meses.
Hemerson Silva
Siga em frente e deixe de mimimi.
Alexandre Hagihara
Então, o Estado tem sim que interferir no caso de ter relações muito desiguais. Veja que a operadora te liga oferecendo um plano mais caro, com trocentas vantagens que nem tem como você avaliar direito na hora se precisa mesmo e aceita um simples “sim” como autorização e isso te fidelizar por um ano sob pena de multa. Já para fazer um downgrade de plano tem uma burocracia enorme, insistência incisiva dos operadores para te manterem no plano atual, etc.
@imhotep
Vc é obrigado a aceitar a oferta da empresa?
Nesses casos eu normalmente agradeço e digo q vou avaliar melhor e se achar q é interessante PARA MIM, ligo novamente pra fazer a alteração.
Sei q muita gente vai na onda, se empolga e acaba aceitando.
Mas aí é mais questão de educação financeira da pessoa do q necessidade de o estado (sim, o estado, Diego) colocar a pessoa no colo pra dizer a ela o q é adequado ou não.
Concordo com a existência de burocracia pra fazer downgrade. Isso sim é q precisa mudar.
Nos EUA vc devolve um produto comprado na loja e o vendedor não te faz perguntas. Simplesmente acontece. Seria bom se fosse assim aqui também, apesar de q mt brasileiro espertinho ia querer passar o cano na loja.
Contudo, as 2x q reduzi meu plano na Vivo (de um pós mais caro, pra outro mais simples e depois do pós para um controle), a atendente não fez muitas perguntas. Apenas atendeu ao meu pedido.
Minha experiência: dificultou pra mim, reclamo na Anatel e no consumidor.gov.br. Em todos os casos (não só com operadora), tudo se resolveu via esses canais.
Precisava ser assim? Não precisava. Mas pelo menos tem solução.
A gente já tem um Código de Defesa do Consumidor, q já é bem completo e se for seguido, funciona q é uma beleza. As empresas é q não seguem o código. Se o consumidor vai atrás, não perde uma, nesses casos.
Alexandre Hagihara
Oi amigo, realmente eu não sou obrigado, e não foi isso o que falei. Legalmente sei as operadoras não fazem nada de errado. E o teu caso é bem diferente, você me parece ter boa educação, boa formação, e meio que entende o caminho das pedras para fazer as alterações no teu plano, o que não é realidade para muitos brasileiros. Também não estou querendo apontar culpados desta realidade, apenas apontar os fatos e suas consequências. Longe de mim querer um Estado que se mete em tudo, mas se ele existe, deve sim cuidar dos cidadãos em determinados assuntos.
Sobre o teu comentário, eu também tenho uma linha Controle na Claro, e tem uma coisa que acho muito boa e difere na Vivo, que é eles mostrarem facilmente na página do usuário o quanto tem de multa rescisória.
@imhotep
Fica parecendo q estou defendendo a Vivo e não é o caso.
Mas como sou cliente deles, então eu vivo os possíveis problemas no dia a dia.
No app Meu Vivo dá pra ver a multa rescisória. Eu estou com um aparelho comprado no ano passado na loja deles e dá pra ver quanto tempo falta pra acabar a fidelização e qual o valor da multa se eu cancelar naquele determinado momento.
Não sei se isso é privilégio por eu estar em SP. Se em outros estados o app é diferente, aí é uma falha grande de comunicação da operadora.
Douglas Knevitz
Volta e meia aparece algo relacionado a operadoras. Agora é a possibilidade de fazer downgrade de forma transparente. Outrora era estados proibindo operadora de limitar a duração do crédito.
Sabe, a impressão que passa é que não há regulamentação e nem órgão competente atuando. Esses são problemas que já dispõe de mecanismos pra serem resolvidos, sem mais intervenções pontuais do estado.
Tudo poderia se resolver numa boa se a Anatel e o PROCON se juntassem pra fazerem o seu trabalho, e não me espantaria que tenha mais outro órgão perdido nesse bolo.
Muitos desses problemas poderiam ser resolvidos se fossem emitidas guidelines a serem seguidas, de boas práticas de mercado.
O Brasil tem um empresariado muito rasteiro, oferecem o mínimo, cobram como se fosse o melhor. E não há uma preocupação em agradar o cliente, e satisfazê-lo. Buscar a fidelização por boa prestação de serviço. Não estou generalizando, existem excessões.
Fábio Laurindo
Na claro renovação de oferta é bem simples meus pais ainda ficam com frescura sobre usar o claro flex e ainda usam o controle daí todo mês da black friday eu entro pelo app e ajusto a promoção vigente ao menos dois anos não tive problemas nas duas linhas.
Eu creio que no caso pós pago se torna complicado em todas operadoras pelo fato de assinar contrato e ao menos na vivo ainda tiram uma foto sua.
Felipe Insfran
Ah, sim, isso mesmo, pq a sua realidade é igual a de todos os clientes da Vivo né…
@imhotep
Te incomodou a minha realidade e o fato de eu correr atrás dos meus direitos?
Participe da discussão