Tecnoblog
Início » Celular » O que muda do Galaxy S10 para o Galaxy S20?

O que muda do Galaxy S10 para o Galaxy S20?

Descubra as diferenças entre o Galaxy S10 e o Galaxy S20, dois smartphones da Samsung que estão em listas de desejo

O Galaxy S20 já é realidade para os brasileiros. Anunciado pela Samsung em março de 2020, o celular premium chama a atenção pelo conjunto de câmera tripla e ficha técnica avançada, cujo preço no Brasil é de R$ 5.499. Mas o que muda do lançamento para o antecessor Galaxy S10? Comparamos os dois modelos e o resultado está a seguir.

Do Galaxy S10 para o Galaxy S20

Comecemos pela tela.

A câmera frontal do Galaxy S20 se encontra na parte superior central, tal qual o Galaxy Note 10. As medidas também sofreram uma leve alteração de 6,1 para 6,2 polegadas.

As principais mudanças ficam por conta de outros detalhes técnicos. Destaca-se a taxa de atualização de até 120 Hz na tela do Galaxy S20, que dá mais sensação de fluidez às imagens. Vantagem para quem gosta de jogar no celular. A tela do Galaxy S10 é de 60 Hz.

Na traseira, o novo smartphone dispõe o conjunto fotográfico em uma base em forma de “dominó”. O lançamento também dá adeus ao P2, a entrada para fones de ouvido.

O Galaxy S20 continua com três câmeras, mas deixa o sistema de abertura variável de lado. Ele também é capaz de aproximar fotos em até trinta vezes com zoom híbrido (digital e óptico) e possui sensor de 64 megapixels com lente teleobjetiva, em vez de 12 MP.

A câmera frontal possui uma lente um pouco mais fechada no Galaxy S20. A resolução, porém, continua a mesma do Galaxy S10: de 10 megapixels.

Quanto à ficha técnica, o smartphone segue a tradição de trazer um processador mais novo, o Exynos 990. Mas, a nova geração só possui uma opção de armazenamento: 128 GB.

A novidade que mais chama a atenção no Galaxy S20 é a versão com 5G, cujas especificações contam com o processador Snapdragon 865, memória RAM de 12 GB e armazenamento de 256 GB. Este modelo, porém, ainda não está à venda no Brasil.

O S20 também ganhou reforços na bateria em comparação ao S10. O componente, agora, possui capacidade de 4.000 mAh, o que pode ser suficiente para um dia inteiro de carga — ou até um pouco mais, dependendo do uso. O S10 se limitava a 3.400 mAh.

O que não mudou?

O Galaxy S20 repetiu a velha receita da linha: tela com bordas finas e laterais curvas. Além disso, o corpo ainda é de vidro, o que ressalta a estética premium do smartphone da Samsung.

Alguns detalhes da ficha técnica permanecem os mesmos entre os dois celulares. A quantidade de memória RAM, por exemplo, não sofreu alterações: 8 GB.

A edição 4G também continua com armazenamento igual à opção mais simples do ano passado. O Galaxy S10, por sua vez, possui duas edições: 8 GB + 128 GB e 8 GB + 512 GB.

Ambos ainda são compatíveis com o Wireless PowerShare, a tecnologia de recarga reversa da Samsung. Por fim, o leitor de impressões digitais permanece dentro do display.

Galaxy S20 no Brasil: quanto custa?

O Galaxy S20 compõe a geração mais recente da linha Galaxy S. O celular foi apresentado em fevereiro de 2020 nos Estados Unidos. No Brasil, seu evento de lançamento aconteceu em 11 de março.

Já o Galaxy S10, a geração anterior, é de 2019. No Brasil, a Samsung apresentou o smartphone ao público brasileiro também em março. Confira os preços da época:

A Samsung lançou ainda os Galaxy S20+ e S20 Ultra no Brasil, em março de 2020.

Os preços são:

Ainda vale a pena comprar o Galaxy S10?

A Samsung acertou em cheio ao apresentar seus novos celulares premium em 2019. Trata-se de uma linha com muitos acertos, a começar pela câmera, cujo conjunto traseiro recebeu elogios até mesmo em condições de luz mais desafiadoras.

O conjunto de especificações do smartphone merece aplausos igualmente. Além do processador Exynos 9820, que ainda dá um ótimo caldo em 2020; a memória RAM é a mesma da geração atual. Ou seja, poder de fogo é o que não falta no celular — que já possui atualização garantida para o Android 10 e já disponível.

O preço atual também chama a atenção. O Galaxy S10 está à venda no varejo por menos de R$ 3 mil na edição com 128 GB. Ou seja, R$ 2 mil a menos quando comparado com o dia de lançamento.*

Resumo da ópera: sim, vale a pena comprar o Galaxy S10. Todavia, é interessante observar os preços do Galaxy S10+ antes de adquiri-lo, pois você pode levar para casa um celular ainda melhor pelo mesmo valor ou só um pouco mais caro.

Vale a pena trocar?

Há poucas diferenças significativas entre as duas gerações.

O ponto que mais chama a atenção no Galaxy S20 é o zoom. De toda forma, não se trata de um diferencial que transforme o Galaxy S10 em um celular obsoleto. Muito pelo contrário: ele ainda é páreo para os dias atuais.

A similaridade na ficha técnica é outra questão a ser levada em consideração. Com exceção do processador, a memória RAM e o armazenamento do Galaxy S10 são iguais quando comparado com a edição 4G do Galaxy S20.

A grosso modo, não há muita disparidade entre ambos se você é um usuário que não utiliza processamento intenso no dia a dia. Mas se você gosta de jogar, por exemplo, a tela de 120 Hz e o processador do Galaxy S20 podem trazer melhores resultados.

Levando em consideração testes de benchmark do NanoReview, o processador Exynos 990 (Galaxy S20) é superior ao Exynos 9820 (Galaxy S10) em diversos aspectos:

Quesito Exynos 9820 (Galaxy S10) Exynos 990 (Galaxy S20)
Performance do processador 70 84
Performance para jogos 73 92
Consumo de energia (bateria) 84 93
Nota final 75 89

O Exynos 990 (do Galaxy S20) também é 33% mais potente que o Exynos 9820 (Galaxy S10), de acordo com os resultados do AnTuTu 8:

Ainda assim, se você tem um Galaxy S10, eu não recomendaria a troca. Afinal, é investimento que custa mais de R$ 5 mil.

Samsung Galaxy S10 vs Samsung Galaxy S20

Especificações Samsung Galaxy S10 Samsung Galaxy S20
Tela 6,1 polegadas (Infinity-O)

Resolução de 3040 x 1440 pixels (Quad HD+)
550 ppp (pixels por polegada)

Dynamic AMOLED
HDR+

6,2 polegadas (Infinity-O)

Resolução de 3200x1440 pixels (Quad HD+)
563 ppp (pixels por polegada)

Taxa de atualização de 120 Hz
HDR10+

Câmera traseira Principal: 12 megapixels (abertura variável, de f/1.5-f/2.4)
Ultrawide: 16 megapixels (f/2.2)
Telefoto: 12 megapixels (f/2.4)
Principal: 12 megapixels (f/1.8)
Ultrawide: 12 megapixels (f/2.2)
Telefoto: 64 megapixels (f/2)
Câmera frontal 10 megapixels (f/1.9) 10 megapixels (f/2.2)
Processador Samsung Exynos 9820 (octa-core de até 2,7 GHz) Samsung Exynos 990 (octa-core de até 2,7 GHz)
Memória RAM 8 GB 8 GB
Armazenamento 128 GB
512 GBExpansível via cartão microSD
128 GB

Expansível via cartão microSD

Bateria 3.400 mAh (com recarga rápida)

Wireless PowerShare

4.000 mAh (com recarga rápida)

Wireless PowerShare

Conexões 4G (LTE)
Wi-Fi 6 802.11ax com MIMO
Bluetooth 5.0
Dual chip
GPS, Glonass, Beidou e Galileo
NFC
USB-C
4G (LTE)
Wi-Fi 6 802.11ax com MIMO
Bluetooth 5.0
Dual chip
GPS, Glonass, Beidou e Galileo
NFC
USB-C
Sistema operacional Android 9 (atualizável para o Android 10) Android 10
Dimensões e peso 149,9 x 70,4 x 7,8 mm; 157 gramas 152 x 68 x 7,9 mm; 164 gramas
Cores Branco
Preto
Azul
Cosmic Gray (preto)
Cloud Blue (azul claro)
Cloud Pink (rosa)
Preço de lançamento (Brasil) 8 GB + 128 GB: R$ 4.999
8 GB + 512 GB: R$ 6.199
8 GB + 128 GB: R$ 5.499

*Valores pesquisados em 10 de março de 2020.