Início » Gadgets » Apple, Xiaomi e Samsung lideram venda de wearables em 2019

Apple, Xiaomi e Samsung lideram venda de wearables em 2019

Apple, Xiaomi e Huawei tiveram forte crescimento de fones de ouvido sem fio, smartwatches e pulseiras fitness em 2019

Felipe VenturaPor

Apple, Xiaomi, Samsung e Huawei foram as empresas que mais venderam dispositivos vestíveis em 2019, segundo a consultoria IDC: elas tiveram forte crescimento puxado especialmente pelos fones de ouvido sem fio, mas os smartwatches e as pulseiras fitness não ficaram muito atrás.

Xiaomi Redmi Airdots

O mercado de wearables cresceu 89% em 2019, e ficou dividido assim:

  • earwear (fones de ouvido sem fio): 170,5 milhões de unidades vendidas, aumento de 250% em relação ao ano anterior
  • relógios inteligentes: 92,4 milhões de unidades, aumento de 23%
  • pulseiras fitness: 69,4 milhões de unidades, aumento de 37%

Apple, Samsung e Huawei aumentam vendas em até 153%

A Apple lidera o mercado de wearables com 31,7% de participação, graças aos AirPods, AirPods Pro e produtos da Beats. A IDC afirma que os envios do Apple Watch diminuíram 5,2% em relação a 2018 devido à escassez de componentes; ainda assim, segundo a Strategy Analytics, ele conseguiu superar a indústria de relógios suíços.

Apple Watch Series 5

A Xiaomi ficou em segundo lugar: 73% de suas vendas de wearables correspondem a pulseiras fitness, incluindo aí a Mi Band 4. É bastante, porém menos que no ano anterior (82%), sugerindo que a empresa está conseguindo diversificar o portfólio com fones de ouvido sem fio — tal como os Redmi AirDots — e com smartwatches.

A Samsung chegou ao terceiro lugar graças aos smartwatches Galaxy Active e Active 2, e graças à estratégia de vender kits com celular e relógio inteligente. Vale lembrar que ela é dona da Harman International Industries, conhecida pelas marcas Harman Kardon, JBL e AKG, o que ajuda a ampliar sua participação de mercado.

E a Huawei segue firme no quarto lugar, mesmo apesar das sanções comerciais dos EUA, especialmente graças às vendas de pulseiras fitness. A empresa também lançou o Watch GT2 e fones de ouvido FreeBuds, inclusive no Brasil.

EmpresaEnvios em 2019Participação de mercadoVariação em relação a 2018
Apple106,5 milhões31,7%+121,7%
Xiaomi41,7 milhões12,4%+78,8%
Samsung30,9 milhões9,2%+153,3%
Huawei27,9 milhões8,3%+148,8%
Fitbit15,9 milhões4,7%+14,8%
Outras113,5 milhões33,7%+63,7%

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação