Início » Celular » Como limpar o celular em tempos do novo coronavírus [COVID-19]

Como limpar o celular em tempos do novo coronavírus [COVID-19]

Saiba como limpar o seu celular (e acessórios) adequadamente para se prevenir do novo coronavírus, causador da COVID-19

Bruno Gall De Blasi Por
TB Responde

Limpar o celular é uma das medidas eficazes para evitar contrair a COVID-19, causada pelo novo coronavírus. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a doença pode ser transmitida por objetos e superfícies que eventualmente estejam infectados.

Por isso, é recomendado fazer a higienização de smartphones, acessórios e demais eletrônicos de uso frequente como medida de prevenção. Saiba como desinfectar seu telefone com produtos de limpeza adequados contra o vírus, mas sem danificá-lo.

Saiba como limpar o celular em tempos de coronavírus (COVID-19)

Vale lembrar que o procedimento deve ser realizado pela conta e risco. Em caso de problemas, o usuário deve entrar em contato com a fabricante para eventuais reparos.

Em vídeo: como limpar o celular em tempos de coronavírus

Por que limpar o celular?

A higienização é um hábito fundamental para prevenir o contágio da COVID-19. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a doença pode ser transmitida só de levar as mãos ao rosto, caso elas estejam contaminadas com o novo coronavírus.

O mesmo é válido para objetos e superfícies.

De nada adianta lavar as mãos com água e sabão se o seu celular, notebook, videogame portátil e afins estiverem contaminados. Basta você tocar neles e dar uma simples coçadinha no rosto para se expor ao risco de contaminação.

Falar ao celular também pode ser um problema. Afinal, você leva o telefone até o seu ouvido para ouvir a ligação, deixando-o próximo da boca, nariz e olhos.

É por isso que o Ministério da Saúde orienta a “desinfecção de objetos e superfícies tocados com frequência”. Como sempre repousamos o celular sobre mesas de restaurantes, usamos nas ruas, emprestamos para amigos, devemos tomar cuidado.

Isso é necessário pois o novo coronavírus não se mantém vivo somente no corpo humano. Em superfícies, pode sobreviver por horas ou até dias. Não há bem um consenso sobre o tempo. É o que explica o Ministério da Saúde ao Tecnoblog.

“Não existem comprovações científicas de quanto tempo o vírus sobrevive sobre as superfícies, pois isso depende de algumas variantes”, informou.

Mas não é só o celular que deve receber essa atenção especial.

Móveis, bolsas, chaves, maçanetas, canetas, e muitos outros itens de uso diário também estão sujeitos ao mesmo destino e devem ser higienizados com a mesma frequência.

Saiba como limpar o celular em tempos de coronavírus (COVID-19)

Como limpar o celular contra o novo coronavírus

Fazer a limpeza do celular requer cuidados especiais. Além do procedimento, alguns produtos químicos podem causar danos irreversíveis em dispositivos eletrônicos.

É importante utilizar somente aqueles que são recomendados pelas fabricantes:

  • Panos macios que não soltem fiapos;
  • Panos de microfibra (recomendado pela Samsung);
  • Álcool isopropílico com concentração 70%;
  • Álcool etanol com concentração 70% (recomendado pela Samsung);
  • Lenços de limpeza Clorox (recomendado pela Apple).

Agora que você já sabe que produtos utilizar, saiba como limpar o celular:

  1. Desligue o celular;
  2. Remova todos os acessórios e cabos do celular;
  3. Deixe o pano levemente úmido com o produto de limpeza adequado;
  4. Passe o pano suavemente sobre superfície externa e a tela do seu celular;
  5. Deixe secar por alguns minutos antes de ligá-lo novamente.

Vale lembrar que as mãos devem ser lavadas com água e sabão após o processo.

Os acessórios, como capinhas, também devem ser higienizados. O processo, entretanto, pode variar de acordo com o material usado na capinha/case que você escolheu.

Saiba como limpar o celular em tempos de coronavírus (COVID-19) (Foto por Bryan Santos/Pixabay)

O que não deve ser feito ao limpar o celular?

Algumas práticas também deve ser evitadas.

Afinal, queremos que o celular funcione depois disso tudo, não é mesmo?

  • Não faça a limpeza com o celular ligado;
  • Não mergulhe o celular em produtos de limpeza – independente de ser resistente à água ou não;
  • Jamais borrife produtos de limpeza direto nos dispositivos;
  • Evite ar comprimido, alvejantes, abrasivos e demais produtos não recomendados pelas fabricantes;
  • Evite a umidade em entradas do dispositivo (USB, fones de ouvido e afins);
  • Não pressione o pano com força sobre a tela ou demais partes do celular.

O que dizem as fabricantes de celular

O Ministério afirma que o uso de água sanitária em celulares e superfícies é eficaz.

“Para a desinfecção de celulares e superfícies deve-se utilizar álcool em gel ou água sanitária (1 parte de água sanitária para 9 partes de água)”, diz.

Entretanto, a Apple não recomenda utilizar água sanitária nos iPhones e demais eletrônicos da empresa, por risco de danos causados pelo produto abrasivo.

O mesmo é dito pela LG em relação à água sanitária: “Água sanitária, cloro, desinfetante ou demais produtos de limpeza não devem ser utilizados para a higienização do aparelho, uma vez que pode danificar o produto e/ou deixar manchas”.

Já a Samsung recomenda que o passo a passo mencionado anteriormente seja destinado somente às “superfícies de vidro, cerâmica e metal do smartphone”.

A Asus também traz algumas limitações. Segundo a fabricante, não se deve utilizar outros líquidos populares indicados contra o novo coronavírus como “álcool em gel, cloro ou qualquer produto abrasivo para limpar o smartphone”.

A Motorola reforça que “materiais de limpeza que contenham alvejantes ou agentes abrasivos” não devem ser utilizados.

Já a Xiaomi aconselha que o celular seja ligado somente após cinco minutos de limpeza.

Isso quer dizer que é eficaz contra o vírus, mas pode ser prejudicial ao smartphone.

A Huawei também foi procurada pela reportagem mas ainda não se pronunciou. Novidades sobre a limpeza de produtos dessas fabricantes serão adicionadas neste mesmo link caso sejam enviadas ao Tecnoblog.

*Com informações: NYT, Ministério da Saúde, OMS, Apple, CDC e Business Insider

Atualizado em 17 de março com vídeo de instruções.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
9 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Melissa Cruz Cossetti (@melissa)

Álcool
Paninho
Celular limpinho

Fiz a ronda nos fones, controles remotos, nintendo switch, tablet e até na impressora.

Tudo que foi compartilhado ou deixado em bancadas e mesas de lojas.

Também deu uma geral na maçaneta aqui de casa. Virei a rainha do paninho.

Caleb Enyawbruce (@Enyawbruce)

Álcool etílico com concentração 70% (recomendado pela Samsung);

Achei estranho a Sammy recomendar o etílico 70%, onde os outros 30% são de água. Não deveria ter recomendado o isopropílico, que é justamente recomendado para uso em metais que não devem ter contato com água (pelo fato de não ter água)? Ou errei a lógica do raciocínio?

Valdinei Ferreira (@valdinei)

Em superfícies, pode sobreviver por horas ou até dias. Não há bem um consenso sobre o tempo.

Não sei qual a informação mais atualizada, mas o Átila Iamarino (talvez conheçam), anda publicando algumas informações e dentre elas tem esta:

Estudo comparando quanto tempo o coronavírus dura no meio ambiente. Quanto mais tempo ele dura em uma superfície, maior deve ser o cuidado para limpá-la.

• 3 horas suspenso no ar (aerosol de espirro, por exemplo).
• 4 horas sobre cobre.
• Até 24 horas sobre papel/papelão.
• 2 a 3 dias sobre plástico ou aço inox.

Esta informação e um arquivo que foi anexado a mensagem foram postadas no canal do Telegram para informações sobre o novo coronavírus.

@bkdwt

Problema do isopropilico (me corrijam se eu estiver errado) é que ele pode ferrar com a tela do aparelho, devido a ser quase puro. É meio que se passasse acetona.

@ksio89

Eu passo álcool isopropílico anidro (99,8% de pureza) só na película de vidro pra desengordurar e desinfetar, mas evito passar na traseira e laterais pois desbota o plástico, realmente puro é bem agressivo.

E tem álcool etílico 70% em líquido? Em líquido eu só encontro o 56%, que tem água demais. 70% só vi em gel, que está custando o olho da cara.

Guto (@gutocabral)

Qual a paranóia com álcool 70%?
Limpo meu celular assim:

Coloco álcool gel na mão Esfrego o álcool nas mãos com o celular junto Limpo com um lenço de papel

Faço isso duas vezes todos os dias, antes de sair para o almoço e antes de ir embora para casa.

Meu iPhone comprado 4 anos atrás está com a carcaça intacta.

Fabricio de Oliveira Silva (@LonelyEagle)

Posso usar álcool gel com base em isopropílico pra limpar meu celular (o material dele é alumínio)?