Início » Gadgets » Huawei Band 4 chega ao Brasil mais barata que geração anterior

Huawei Band 4 chega ao Brasil mais barata que geração anterior

Huawei Band 4 tem proteção para 50 metros de profundidade; pulseira analisa sono do usuário

André Fogaça Por

A Huawei anunciou hoje (16) o lançamento oficial da Band 4, sua smartband com tela OLED colorida e que é a sucessora da Huawei Band 3. O wearable tem leitor de batimentos cardíacos e consegue chegar ao Brasil custando menos do que a geração passada, com valor sugerido de R$ 249,99.

Huawei Band 4

Homologada pela Anatel desde o final do ano passado, a Huawei Band 4 é uma pulseira fitness que conta com corpo diminuto, leve e que ainda assim oferece leitor de batimentos cardíacos, tela OLED de 0,96 polegada, com resolução de 80 x 160 pixels e que consegue medir até as fases do sono do usuário.

Ela é capaz de monitorar até nove tipos de atividades físicas como corrida, caminhada, elíptico e remo, com dados bastante completos para frequência cardíaca, zona de frequência cardíaca, etapas, distância, velocidade, calorias e outros dados. Ela também utiliza recursos para monitoramento de sono de irmãos mais caros, com destaque para o Huawei TruSleep 2.0 que analisa diversos dados durante o descanso para identificar os quatro estágios do sono (sono profundo, leve, REM e acordado).

Com todos os recursos ativados, a bateria pode durar até sete dias com uma só carga, que é feita a partir de uma porta USB que fica na peça central e que é removida para a recarga - dispensando a necessidade de cabos.

A Huawei Band 4 chega ao Brasil nas cores preta e laranja, com preço de R$ 249,99, R$ 150 a menos do que a Huawei Band 3 que foi lançada no final do ano passado. Ambas compartilham alguns recursos, como proteção para 5 ATM de profundidade (até 50 metros), mas a geração passada trabalhava com seis eixos (acelerômetro e giroscópio), enquanto que a nova faz isso apenas com três, além de maior autonomia de bateria.

O acessório é vendido em lojas da B2W (Americanas, Submarino e Shoptime), Fast Shop e os quiosques da marca chinesa que estão em algumas cidades brasileiras.

Mais sobre: ,

Comentários da Comunidade

6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Jedielson
@fogaca Terá review?
John Smith
A porta USB embutida para recarga é uma sacada genial e um belíssimo tapa na cara da Xiaomi, que além de te restringir a usar um carregador proprietário, obriga o usuário a ter que remover a pulseira por completo para usá-lo.
Leonardo Brandão Gonçalves
Faz um comparativo com a miband 4 se puder.
Obrigado
Sérgio
Ainda não apareceu à venda oficialmente pela B2W, só tem a Band 3 por enquanto. Alguma previsão quando vão liberar?
Participe da discussão