Início » Negócios » Amazon contrata 100 mil funcionários para atender demanda adicional

Amazon contrata 100 mil funcionários para atender demanda adicional

Por conta do coronavírus, a Amazon está registrando uma demanda sem precedentes para esta época do ano

Victor Hugo Silva Por

Em meio à pandemia de coronavírus e às medidas de distanciamento social que levam pessoas a ficarem em suas casas, a Amazon tem registrado um aumento nas vendas. Pensando nisso, a empresa abriu 100 mil vagas de trabalho em centros de distribuição e redes de entrega.

Amazon (Foto por Christoph Scholz/Flickr)

O objetivo da Amazon é atender aos clientes que contam com seus serviços nesse momento, em especial aqueles em grupos vulneráveis. "Estamos vendo um aumento significativo na demanda, o que significa que nossas necessidades de mão de obra não tem precedentes para esta época do ano", diz a empresa.

Disponíveis apenas nos Estados Unidos, as vagas incluem empregos de tempo integral e parcial. Elas são voltada para pessoas desempregadas, mas também podem ajudar quem trabalha em empresas afetadas pelo coronavírus, como hotéis, restaurantes e companhias aéreas.

"Queremos que essas pessoas saibam que as receberemos em nossas equipes até que as coisas voltem ao normal e seu antigo empregador consiga trazê-las de volta", continua a Amazon.

Em seu comunicado, a empresa também indica que aumentará os salários de seus funcionários em abril. A medida foi tomada para reconhecer o esforço que tem sido feito no momento em que muitos serviços que costumam ser usados pelos consumidores estão indisponíveis.

O aumento no salário por hora de funcionários em centros de distribuição, lojas e redes de entrega será de US$ 2 nos EUA, £ 2 no Reino Unido e € 2 em países da União Europeia. A Amazon estima que esse investimento ficará em torno de US$ 350 milhões.

A companhia afirma ainda que tem tomado ações de distanciamento social no ambiente de trabalho e aumentado a limpeza em seus prédios. Nas situações em que isso é possível, os funcionários também estão sendo orientados a trabalharem de casa.

Com informações: Engadget.

Mais sobre: ,

Comentários da Comunidade

9 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Lugi lanzii
Amazon br precisa melhorar o tempo do frete, fiz uma compra dia 10 de março, previsão de entrega dia 26 de março.
@joaozinho
Isso é com os correios, não Amazon…
Felipe
Moro no interior de SP (bem interior mesmo) e aqui é em média 4 dias pra chegada de qualquer item, apenas o Fire Stick que foi em 2. Considerando todos os outros fretes que levam bem mais tempo, pra mim o tempo está bem ok.
João Eduardo Medeiros
Depende da transportadora, aqui em Natal geralmente demora bastante mas fiz uma compra de um livro recentemente que foi entregue em menos de 24h (o livro provavelmente estava no novo depósito da amazon em Recife).
Daniel Neves
aqui chega bem bem rápido. meu pedido do dia 14 tá pro dia 27. Mas acredito que chegue bem antes.
Tiago Jeronimo
Pra mim sempre chega antes da previsão.
Eu
Amazon Br não é um grande marketplace? Tem de ver se tu comprou da Amazon ou de algum terceiro.
Fiz uma compra na Amazon, mas no marketplace, de um MEI… levou a semana passada toda pro código de rastreio funcionar… espero que chegue antes do dia 24, que é a previsão…
Lugi lanzii
Na verdade usaram transportadora, estranho que mes passado comprei um note chegou em 5 dias.
Lugi lanzii
Claro com esse prazo enorme tbm espero que antes.
Lugi lanzii
Não, foi da propria Amazon foi um kindle, não tem como não ser dela kkkk, deve ser pela semana do consumidor, mas 16 dias é muito tempo, já comprei coisa do Extra que foram 3 dias uteis.
Daniel Neves
Chegou hoje. Muito rápido levando em consideração tudo que tá acontecendo.
Ainda mais aqui no Ceará que o governador, muito prudente, fechou as fronteiras com os demais estados.
Participe da discussão