Tecnoblog
Início » Jogos » Xbox Series X: Microsoft dá detalhes sobre cartão de expansão de 1 TB

Xbox Series X: Microsoft dá detalhes sobre cartão de expansão de 1 TB

A velocidade de leitura do cartão no Xbox Series X será de 2,4 GB/s

A Microsoft divulgou detalhes sobre os cartões de expansão de memória que criou para o Xbox Series X, que lembra bastante o que seria um minúsculo SSD portátil, só que menos bonito e ergonômico, que vai na traseira do console e utiliza uma conexão PCI Express.

A ideia é bem simples e direta: você pluga o cartão de expansão e dobra a capacidade de 1 TB do console, exatamente da mesma forma como você coloca um cartão de memória na câmera ou um microSD em um smartphone Android – para os saudosistas, o cartão tem quase o mesmo tamanho de um memory card do PlayStation 1 e PlayStation 2. Para evitar que o desempenho de leitura e escrita sofram como sofrem dispositivos com memória externa, a conexão deste SSD portátil é feita via PCI Express 4, a mesma utilizada pelo SSD interno.

Por dentro do gadget de expansão, o SSD tem quase a metade do tamanho do mesmo tipo de componente no padrão NVMe, que é o que está presente dentro do Xbox Series X. A velocidade de leitura do acessório é de até 2,4 GB/s, muito acima do que qualquer HD ou SSD que pode ser plugado nas portas USB do console.

A primeira empresa que divulgou este cartão de expansão foi a Seagate, que diz ter trabalhado em parceria com a Microsoft para bater no máximo da velocidade do produto. A parte positiva é que a fabricante não tem exclusividade e isso pode ajudar na queda do preço do produto final – ele não foi divulgado, mas não espere que um SSD portátil minúsculo, com conexão NVMe e PCI Express 4 será barato.

Um detalhe que já atrapalhou a indústria de consoles está no formato proprietário da Microsoft. A Sony é a marca que mais sofreu com este tipo de decisão, quando criou o falecido UMD para os jogos do PSP, ou então exigiu um cartão próprio para que seus portáteis pudessem ter os jogos instalados. A Microsoft também já errou no passado, quando cobrava fortunas pelo HD externo que ficava no topo do Xbox 360.

Com informações: Eurogamer.