Início » Jogos » Sony PlayStation 5 tem 10,28 teraflops e SSD mais rápido

Sony PlayStation 5 tem 10,28 teraflops e SSD mais rápido

PS5 tem frequência variável no processador e chip gráfico; armazenamento SSD de 825 GB pode ser expandido

Felipe Ventura Por

Mark Cerny, arquiteto-chefe da divisão PlayStation na Sony, revelou nesta quarta-feira (18) a ficha técnica do PS5: ele possui frequência variável no processador e chip gráfico; e armazenamento SSD de 825 GB que pode ser expandido com um SSD NVMe. O console será lançado no final do ano e concorrerá com o Xbox Series X da Microsoft.

Sony PlayStation

O PlayStation 5 tem um processador personalizado AMD Zen 2 octa-core de até 3,5 GHz. O chip gráfico, por sua vez, usa a arquitetura RDNA 2 com poder gráfico de 10,28 teraflops e frequência de até 2,23 GHz. O Xbox Series X, por sua vez, chega a 12 teraflops.

Cerny explica ao Digital Foundry que o PS5 mantém um consumo de energia mais ou menos constante, e permite que a frequência da CPU e GPU varie de acordo com a necessidade. Por isso, o clock não é constante e tem limites máximos.

A Sony afirma que o console permanecerá em uma frequência igual ou próxima ao máximo. A empresa ainda não revela detalhes sobre o resfriamento do sistema, no entanto.

PS5 tem armazenamento SSD expansível

O PS5 possui um SSD de 825 GB com taxa de transferência de 5,5 GB/s para arquivos no tamanho original. O console traz um chip dedicado para descomprimir arquivos em formato zlib e kraken; neste caso, a velocidade de transferência chega a 9 GB/s.

Há um controlador flash personalizado no SSD para evitar gargalos, além de seis níveis de prioridade ao ler do armazenamento interno; dessa forma, certo conteúdo pode ser carregado mais rápido dependendo da necessidade.

PS5

O SSD ajuda a atingir alguns dos objetivos que a Sony colocou para o PS5. Ele deve ter boot ultrarrápido, evitar telas de carregamento dentro de jogos, e acelerar a instalação de patches.

Será possível expandir o armazenamento usando um HD externo USB, ou mesmo um SSD NVMe para PC. No entanto, o PS5 requer o padrão PCIe 4.0 com a largura de banda necessária para corresponder às especificações da Sony. A empresa precisará validar o drive para garantir que ele funcione corretamente.

A Sony ainda não mostra como será o design do PS5, nem menciona o preço do console. Sabemos que ele terá suporte a jogos em 4K a até 120 Hz, suporte a ray tracing acelerado por hardware, e compatibilidade com jogos do PS4.

PlayStation 5 PlayStation 4
Processador AMD Zen 2 octa-core a até 3,5 GHz AMD Jaguar octa-core a 1,6 GHz
Chip gráfico 10,28 TFLOPs, 36 unidades de computação a até 2,23 GHz, AMD RDNA 2 1,84 TFLOPs, 18 unidades de computação a 800 MHz
Memória 16 GB GDDR6, 256 bits, 448 GB/s 8 GB GDDR5, 256 bits, 176 GB/s
Armazenamento interno SSD de 825 GB, 5,5 GB/s (tamanho original), 8 a 9 GB/s (com compressão) HD de 500 GB, 50 a 100 MB/s
Armazenamento expansível entrada para SSD NVMe HD interno pode ser substituído
Armazenamento externo suporte a drive USB suporte a drive USB
Drive óptico Blu-ray 4K UHD Blu-ray

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
24 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Anderson Antonio Santos Costa (@Anderson_Antonio_San)

Menos poderoso que o Xbox Series X, como apontavam alguns rumores.
Pelo menos a Sony quebrou o silêncio sobre o PS5.

E F Medeiros (@bfowl)

Caramba, levou uma surra do Xbox Series X.

Depois dessa, eu nem lançava esse console, real!!

GPU
Xbox - 12.15 Tflops RDNA 2, 52 CUs a 1.825 GHz
PS5 - 10.28 Tflops RDNA 2, 36 CUs a 2.23 GHz

CPU
Xbox - 8x cores 3.8 GHz Zen 2
PS5 - 8x cores 3.5 GHz Zen 2

RAM
Xbox - 16 GB GDDR6 (10gb a 560 gb/s + 6gb a 336 gb/s)
PS5 - 16 GB GDDR6 (448 gb/s)

SSD
Xbox - 1 Terabyte SSD
PS5 - 825 GB SSD

Retrocompatiilidade
Xbox - Retro com o Xbox, X360 e One adicionando HDR a eles
PS5 - Retro com o PS4

Xbox Series X >>> PS5

E ainda tem dois importantes fatores a serem considerados: a) A Microsoft pode ter adquirido mais estúdios para o Xbox Game Studios, como especulam, o que poderia significar a compra da Asobo Studios ou Techland; b) A Microsoft já tem mais jogos AAA confirmados para o Xbox Series X, como Halo: Infinite, Senua’s Saga: Hellblade II e Forza Motosport 8, fora os exclusivos AAA da The Initiative, da Playground Games e da Obsidian que poderão ser mostrados esse.

Microsoft com a faca e o queijo na mão!

Anderson Antonio Santos Costa (@Anderson_Antonio_San)

A Sony levou um EPIC FACEPALM da MS. O novo Xbox vai vencer o PS5 fácil…
Só resta saber o preço.

@ksio89

Não adianta o XSX ser mais poderoso que o PS5 se os devs adotarem o console da Sony como denominador comum, como já acontece com o X1X e o PS4 Pro. Muito provavelmente eles vão mirar o hardware do PS5, subutilizando a maior capacidade de processamento do XSX. E na prática talvez não tenha tanta diferença nos gráficos, ainda mais jogando a metros de uma TV.

Tem a questão do preço também, se o PS5 custar menos que o XSX, o consumidor muito provavelmente vai ignorar o hardware mais potente do console da Microsoft. Agora o que eu gostei bastante no PS5 foi esse foco no áudio 3D e poder usar SSDs não-proprietários, desde que atendam as exigências da Sony.

Adsa (@Adsa88)

Não não. O Star Wars novo roda melhor no Xbox One, o Hitman roda ao dobro de FPS na mesma qualidade, o AC roda em 4k nativo contra os 1400 e poucos do PlayStation etc etc etc. Na prática o Xbox roda uma versão melhorada quase sempre e nessa nova versão TAMBÉM.

Diego Nascimento (@Dieg0)

Microsoft jantando a Sony kkkkkkkkkk

Diemerson Almeida (@diemerson)

Microsoft saindo na frente nessa geração…

Matheus Motta (@Matheus_Motta)

A Sony vai perder a geração só por causa da falta de marketing, pra quê fazer evento pra mostrar especificação técnica??? O povo quer ver logo o Console e os jogos! Compare essa apresentação com a do PS4 e vai ver a diferença gigantesca de postura

@SynthwaveLover

Retro limitada com PS4, e sem retro com PS3.

Tem o emulador RPCS3 pra PC feito por duas pessoas, e a Sony não ‘‘consegue’’ (tá mais com cara de quer vender remasters).

MS só deu paulada na Sony essa semana.

Reinaldo (@reinaldots)

Quem acha que números é o suficiente, pesquisem aí a história do videogame 3DO da 3DO Company. Um hardware muito superior em sua época, porém, com preço altíssimo a briga prevaleceu entre Snes e Mega Drive.
O Sega Saturn também tinha um bom hardware em sua época, porém, a Sony ganhou com preço competitivo e a confiança de várias desenvolvedoras de games.
Sinceramente, que essa nova geração seja bem competitiva e preços condizentes pois gostaria de ter os 2 videogames.

Reinaldo (@reinaldots)

E os Nintendos Wii e Switch? Hardware bem mais simplificado, mas que vendeu e ainda vende muito bem. O que conta mesmo são os games, se tiver uma boa variedade, bons exclusivos e sem custar um rim, vai ser sucesso.

Scott (@Lord_Scott)

Nem adianta querer passar o pano pra Sony, mesmo que os devs não apliquem mais texturas nos jogos do XBsX, a taxa de quadros sempre será melhor no console da Microsoft.

@ksio89

Que os jogos são o que interessam, todo mundo sabe. Agora tenho uma dúvida: os exclusivos do PlayStation são tão importantes assim? Que eu saiba os jogos mais vendidos nos dois consoles são multiplataforma.

E falam como se o Xbox não tivessem ótimos exclusivos, que aliás, por jogar no PC, prefiro aos do console da Sony.

Hemerson Silva (@Hemerson_Silva)

Fim da linha. Xbox Series X enterrou o PS5 natimorto.

Mateus B. Cassiano (@mbc07)

Ao meu ver, a Sony focou em otimizar ao máximo um hardware um pouco mais simples mas que não fica tão atrás do concorrente, potencialmente anunciando o PS5 com um preço de venda menor que o do Xbox Series X, enquanto a Microsoft focou em manter o título de “console mais poderoso do mundo” e compensar qualquer prejuízo no valor de venda do console com o lucro dos seus outros serviços (Live Gold, Game Pass, Play Anywhere, futuramente o xCloud, etc).

Lembrando também que especificações técnicas não são tudo e que ainda é muito cedo para definir um “vencedor”. Só olhar pra trás e ver o Nintendo 64, o primeiro Xbox, o PlayStation 3 e (de certa forma) o Xbox One X provando que ser o mais poderoso da geração não significa necessariamente que vai ser o mais popular, nem o mais vendido…

Exibir mais comentários