Início » Aplicativos e Software » Comparativo: Microsoft Teams vs Slack, qual o melhor mensageiro?

Comparativo: Microsoft Teams vs Slack, qual o melhor mensageiro?

Slack e Microsoft Teams são dois apps para comunicação interna, seja presencialmente ou em home office; confira as diferenças

Lucas Lima Por
TB Responde

Melhorar a comunicação entre os colaboradores ou integrantes de um grupo de trabalho é essencial, seja para quem trabalha presencialmente, de forma remota ou em home office. Para isso, existem alguns aplicativos dedicados a este objetivo, agregando vários recursos em uma só plataforma, como o Slack e o Microsoft Teams. Confira as diferenças entre os dois.

microsoft teams versus slack

Como funcionam o Microsoft Teams e Slack

Os dois apps são concorrentes e visam o mesmo público: equipes, pessoas que precisam se comunicar diariamente, seja durante só um projeto ou para fazer uma empresa funcionar.

Ao criar um espaço de trabalho em um dos aplicativos, o administrador pode convidar outros usuários para integrar a equipe e colaborar, criar canais para separar as conversas em assuntos ou setores e instalar aplicativos de terceiros para melhorar a experiência com a ferramenta.

É um mensageiro?

Sim, mas não só isso. Essa é uma grande vantagem em usar um serviço dedicado à comunicação de equipes ou corporações quando comparado ao WhatsApp, por exemplo.

A ideia principal é substituir o e-mail, contudo há uma oferta de recursos extras, como chamadas de vídeo, edição de documentos, integração com outros apps que tornam o trabalho mais produtivo, sem misturar profissional com pessoal.

O que o Slack oferece?

slack exemplo

Dentre os recursos principais:

  • Acesso às 10 mil mensagens mais recentes da equipe (anteriores serão ocultadas);
  • 10 integrações com outros aplicativos (Google Docs, Office 365, Trello, etc);
  • Chamadas individuais de voz ou vídeo entre os membros da equipe;
  • 5 GB de armazenamento de arquivos.

Essas são as características do plano gratuito. Não há um limite de usuários especificado, o que quer dizer que pode servir para pequenas ou grandes empresas, dependendo da demanda para o serviço.

Precisa de reuniões por chamada de vídeo com mais pessoas? Então parta para um plano pago, o custo vai depender da quantidade de usuários que integrarão a equipe no Slack. Claro que, se a demanda por uma videoconferência for o único recurso necessário além do oferecido na modalidade gratuita, vale pensar em usar outra ferramenta para essas chamadas:

Agora, se há demanda também para um maior armazenamento de arquivos ou histórico de mensagens, nesse caso não tem como fugir. 10 mil mensagens parecem muita coisa, mas, acredite, esgotam em um piscar de olhos, ainda mais se a equipe for composta por várias pessoas.

A partir do Plano Padrão (o seguinte do gratuito), o armazenamento aumenta para 10 GB, não há limite ao histórico de mensagens ou aplicativos integrados e as chamadas podem ser feitas em até 15 pessoas, incluindo o recurso de compartilhamento de tela.

Se precisar realizar uma conferência com mais de 15 pessoas, aí deverá partir para outra ferramenta, esse limite é imposto até no plano mais caro, que oferece 10 TB de armazenamento por usuário.

E quanto ao Microsoft Teams?

microsoft teams

O Microsoft Teams nasceu em 2016 e só foi ganhar uma versão gratuita em 2018, para concorrer diretamente com o Slack. Ainda assim, a empresa faz um trabalho muito bom para atrair usuários, inclusive no plano gratuito, que chega a ser melhor que o Slack em alguns pontos.

Uma das grandes vantagens do Microsoft Teams é a possibilidade de criar chamadas de vídeo em grupo com compartilhamento de tela mesmo no plano gratuito. Por ser também a dona do Skype, ficou fácil integrar as duas ferramentas. Com o suporte do Office 365, os usuários também podem fazer edições em documentos sem sair do Microsoft Teams.

No mais:

  • Os chats são ilimitados (sem limite para consultar o histórico);
  • 10 GB de armazenamento;
  • Colaboração em tempo real com documentos do Office online (Word, Excel, PowerPoint e OneNote);
  • Sem limite de aplicativos integrados;
  • Chamadas de de voz e vídeo em grupo com compartilhamento de tela para até 250 pessoas;
  • Um máximo de 300 usuários.

Caso o time precise de mais que isso, outros planos do Office 365 aumentam o limite de armazenamento para 1 TB ou não impõem máximo de usuários. Além também, de liberar o acesso a outras ferramentas do Office, nas versões desktop, e armazenamento do OneDrive.

Comparativo: Microsoft Teams ou Slack

Recurso Slack gratuito Slack (Plus) Microsoft Teams gratuito Microsoft Teams (Office 365 Business Premium)
Máximo de usuários Não tem Não tem 300 usuários Ilimitado
Mensagens Histórico de 10 mil mensagens Ilimitado Ilimitado Ilimitado
Armazenamento Total de 5GB 20 GB por membro 10 GB 1 TB por organização + armazenamento pessoal ilimitado no OneDrive
Chamada de vídeo Sim Sim Sim Sim
Chamada de vídeo em grupo Não Sim, até 15 pessoas Sim, até 250 pessoas Sim, até 250 pessoas
Compartilhamento de tela Não Sim Sim Sim
Integração com outros aplicativos Até 15 Ilimitado Ilimitado Ilimitado
Edição de documentos em tempo real Não Não Sim, documentos do Office online Sim, documentos do Office online e aplicativos de desktop
Preço Gratuito US$ 7,50 mensal por usuário (quando pago anualmente) Gratuito R$ 59 mensal por usuário (compromiso anual)

Qual escolher?

Depende.

O Slack está há um bom tempo no mercado, mas enfrenta um forte concorrente, de uma das maiores empresas do mundo.

Qual sua necessidade? Precisa fazer reuniões em grupo? Então parta para o Microsoft Teams, que permitirá a chamada de vídeo em até 250 pessoas.

Caso não seja este o interesse ou já tenha outra solução para as videoconferências, o Slack serve bem, é leve, rápido e não impõe um limite para o número de usuários, já que o Microsoft Teams tem um teto de 300 pessoas no plano gratuito.

Considere o histórico de mensagens também. Sua equipe ou organização precisará manter todas as conversas salvas? Se sim, então o plano gratuito do Teams é a melhor opção, considerando o limite de 300 usuários.

Agora, se precisa ter o histórico das mensagens e ainda reunir mais de 300 pessoas na plataforma, não tem jeito a não ser migrar para um plano pago. Neste caso, mesmo com a cobrança em dólar, o Slack sai na frente. Não considerando as videochamadas, já que o máximo suportado pelo Slack é um grupo de 15 pessoas.

Com o aumento de pessoas aderindo ao home office nos últimos dias, para evitar aglomerações e o contágio pelo coronavírus (COVID-19), o Microsoft Teams enfrentou algumas instabilidades. Não houve relatos da mesma ocorrência com o Slack.

De uma forma ou de outra, os dois cumprem a principal função de manter a comunicação interna. Em questão de recursos, nada impede que os membros da equipe usem outras soluções para preencher as lacunas.

Aqui no Tecnoblog usamos o Slack. Ele não tem colaboração em tempo real para documentos, como o Microsoft Teams, mas recorremos ao Google Docs para isso. O mesmo para as reuniões em vídeo, que são feitas pelo Google Meet.

Com informações: Slack, Microsoft Teams.

Mais sobre: ,

Comentários da Comunidade

1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Participe da discussão