Início » Aplicativos e Software » Os streamings e canais de TV abertos ou com desconto pelo coronavírus [COVID-19]

Os streamings e canais de TV abertos ou com desconto pelo coronavírus [COVID-19]

Aproveite o isolamento com esses canais de TV abertos ou serviços de streamings com desconto devido ao coronavírus (Covid-19)

Lucas Lima Por
TB Responde

A melhor maneira de ajudar a conter a pandemia do coronavírus (Covid-19) é ficar em casa. Para incentivar a prática, várias empresas tornaram gratuito o acesso a determinados serviços pagos. Da mesma forma, as operadoras brasileiras abriram canais de TV gratuitamente, enquanto alguns serviços de streaming estão com desconto durante o isolamento social. Confira a lista.

netflix tecnoblog

Canais de TV abertos em período de isolamento

As principais operadoras de TV por assinatura do país liberaram o acesso ao conteúdo pago para que as pessoas possam curtir em casa. A medida inclui, para algumas, a gratuidade de canais mais caros como SporTV e Telecine.

  • Claro (Net): a operadora liberou vários canais para os clientes, os únicos não incluídos foram HBO, Fox Premium, Combate e BBB. A medida vale para assinantes via satélite, cabo ou IPTV. Aqueles que não são assinantes da TV, podem conferir a programação de graça pelo aplicativo Now.
  • Sky: foram, ao todo, 97 canais liberados pela empresa aos assinantes pós-pago e pré-pago com recarga ativa. Entre os destaques, estão todas as variações do Telecine, canais do Discovery, SporTV, ESPN, Fox Sports, entre outros. Alguns deles podem ser conferidos via streaming pelo aplicativo Sky Play.
  • Vivo: um pouco mais, a Vivo liberou o acesso a 101 canais entre os próximos 15 e 20 dias. O acesso ao streaming também pode ser feito de graça pelo aplicativo Vivo Play. Os únicos que não entram no pacote são HBO, Premiere e BBB.
  • Oi: foram apenas 19 canais liberados aos assinantes, porém a medida incluiu todas as variantes do Telecine (Play, Pipoca, Fun, Action, Premium e Touch). Eles ficarão disponíveis até 28 de março.

Aplicativos de streaming grátis ou com desconto

telecine play app

  • Globoplay: o serviço de streaming da Globo aumentou o período de degustação de 7 para 30 dias. Além disso, mesmo para quem não é assinante da plataforma, cerca de 20 filmes da Disney que estão na Globoplay foram liberados gratuitamente. Só é necessário uma conta para assistir.
  • Telecine Play: outra plataforma do grupo Globo que também teve o período de experimentação aumentado de 7 para 30 dias. Aqui, os destaques ficam para filmes recém-saídos do cinema e sucessos de bilheteria. Vai lá conferir Bacurau!
  • Amazon Prime Video: para manter a criançada em casa, a Amazon liberou, até para quem não é assinante do Prime, uma seleção de conteúdo original infantil. Só é necessário acessar a página do Prime Video com a conta da Amazon e buscar pelas séries gratuitas.
  • Oi Play: a plataforma de streaming para os clientes da operadora passou a oferecer sete títulos gratuitos para locaçãoA Bela e a Fera, Carros 2, Divertida Mente, Link Perdido, Malévola: Dona do Mal, Moana: Um Mar de Aventuras eVingadores: Era de Ultron.
  • Looke: o aplicativo de streaming brasileiro ofereceu um cupom de desconto de R$ 10 para as pessoas cadastradas aproveitarem a plataforma híbrida: tanto de streaming por assinatura quanto de aluguel ou compra de títulos. São cerca de 15 mil conteúdos disponíveis, entre filmes, séries, documentários, curtas e shows musicais. Para resgatar é necessário acessar a página Minha Conta > Gift Cards e inserir o código "fiqueemcasa".
  • NetMovies: o canal NetMovies no YouTube oferece filmes gratuitos para curtir durante o isolamento social. São, até agora, 126 filmes completos e dublados, em alta qualidade. Dois filmes são adicionados toda semana, às terças-feiras e sextas-feiras.

Netflix e YouTube reduzem qualidade do vídeo na Europa

Netflix / Freestocks / Unsplash

É evidente que quanto mais pessoas estão em casa, mais rede é usada em serviços de streaming ou jogos online. Não está errado, afinal, é uma forma de se entreter e evitar de sair.

A Netflix e YouTube tiveram que reduzir a qualidade dos vídeos para diminuir o consumo de banda e não ocasionar uma sobrecarga na rede. No caso da Netflix, a medida vale pelos próximos 30 dias, enquanto o YouTube deixará a qualidade dos vídeos na definição padrão ao invés de HD.

Essa medida foi proposta pela União Europeia e é válida apenas na Europa. Ainda não há notícias sobre a expansão dessas precauções em outras regiões.

Comentários da Comunidade

4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@teh
Poxa vida, nada do Sexy Hot?
#chateado
@Rogerio.Neves
Achei isso muita sacanagem.
Participe da discussão