Início » Negócios » Netflix cria fundo de US$ 100 milhões em apoio a funcionários

Netflix cria fundo de US$ 100 milhões em apoio a funcionários

O fundo da Netflix ajudará profissionais afetados pela suspensão de filmagens devido ao coronavírus

Victor Hugo Silva Por

A pandemia de coronavírus afetou muitas produtoras, que suspenderam gravações de filmes e séries por segurança. A medida visa conter a propagação da COVID-19, mas deixa vários profissionais sem receber salários. Para ajudá-los nesse momento, a Netflix criou um fundo de US$ 100 milhões.

Netflix

O valor será destinado a atores e funcionários que ganham por hora ou por projeto, como cabeleireiros, maquiadores, eletricistas e motoristas. Segundo o diretor de conteúdo da Netflix, Ted Sarandos, o fundo ajudará quem trabalha no setor a contornar dificuldades.

"A maior parte do fundo será destinada ao apoio para trabalhadores mais atingidos em nossas próprias produções em todo o mundo", afirma Sarandos, em comunicado. A empresa indica que o valor definido para cada equipe poderá variar de acordo com a necessidade.

O benefício complementa o pagamento por duas semanas de trabalho que a Netflix já havia prometido a produções suspensas. A empresa já interrompeu as gravações de Stranger Things, Grace and Frankie, Lucifer e Boneca Russa, bem como da nova série Sex/Life e do filme The Prom.

A Netflix informa que cerca de US$ 15 milhões do fundo irão para organizações que ajudam profissionais do setor nos Estados Unidos e no Canadá. A empresa afirma ainda que trabalha para oferecer uma ajuda parecida em outras regiões do mundo, incluindo a América Latina.

"O que está acontecendo é sem precedentes. Somos tão fortes quanto as pessoas com quem trabalhamos e a Netflix tem a sorte de poder ajudar os mais atingidos em nosso setor nesse período desafiador", diz Sarandos. Os detalhes sobre a iniciativa deverão ser divulgados nos próximos dias.

Com informações: Mashable.

Mais sobre: ,

Comentários da Comunidade

1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Participe da discussão