Início » Computador » Apple deve lançar vários Macs com processador ARM em 2021

Apple deve lançar vários Macs com processador ARM em 2021

Primeiro Mac com chip ARM pode ser anunciado pela Apple no final de 2020

Emerson Alecrim Por

Os rumores de que a Apple lançará Macs com processador ARM são cada vez mais fortes. Os burburinhos mais recentes dão conta de que a companhia colocará no mercado vários laptops e desktops com esse tipo de chip já em 2021. Quem afirma é Ming-Chi Kuo, analista com um longo histórico de acertos relacionados a lançamentos da Apple.

A declaração de Kuo nos faz presumir que veremos processadores ARM tanto nas linhas MacBook quanto nos modelos iMac. É possível até que o Mac mini faça parte disso.

Se confirmado, esse cenário representará uma mudança radical e ousada na família Mac. Mas a Apple tem suas razões para apostar nessa abordagem: o analista acredita que, com chips ARM, a companhia poderá ter redução entre 40% e 60% nos custos com processadores, além de ter mais flexibilidade no desenvolvimento dos Macs.

Processadores ARM são mandatórios em celulares e tablets devido, principalmente, à sua grande eficiência no consumo de energia, detalhe que indica que a transição de chips Intel para ARM fará mais efeito nos MacBooks. É por isso que a mudança pode começar por aí. Kuo aponta que os primeiros modelos serão anunciados no final de 2020 ou no primeiro trimestre de 2021.

Mas faz sentido que todos os Macs passem por essa transição. Isso porque chips ARM aproximariam esses computadores dos iPhones, iPads e iPods e, teoricamente, facilitariam a disponibilização de aplicativos integrados a todas essas plataformas, por exemplo.

Não está claro se a pandemia de coronavírus (Covid-19) poderá afetar esses planos. De todo modo, talvez tenhamos informações oficiais sobre o assunto na WWDC 2020, marcada para junho. A conferência vai ser online, é claro.

Com informações: MacRumors, The Verge.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
11 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@ksio89

Se o macOS rodando em arquitetura x86 já não tinha muitos dos softwares disponíveis no Windows, agora é que não vai ter mesmo, principalmente jogos. Vai ser o fim do Boot Camp e do Hackintosh, uma pena.

Pelo visto a Apple quer reforçar o conceito de ecossistema fechado nos seus computadores, agora no hardware também. A Intel não deve estar gostando nada dessa notícia, vai perder um importante cliente.

@bkdwt

No ano que vem será a mesma ladainha pra 2022, depois 2022 pra 2023 e assim por diante.

Ouço esse rumo desde 2015 se não me engano.

@ksio89

O problema é não ter essa migração. macOS já é nicho sendo x86, improvável de empresas menores perderem tempo portando seus aplicativos pra arquitetura ARM. Programas de desenvolvedores independentes, então, pode esquecer. Se Linux que já roda em x86 não recebe boa parte de programas do Windows, imagine o macOS rodando outra arquitetura completamente diferente.

E a Apple migrou da arquitetura PowerPC para x86 em busca de maior eficiência energética, pois os Macs da época consumiam mais e tinham menor desempenho que os PCs com Wintel.

Você tá falando de apps de iPad e jogos mobile, eu tô falando de Steam, jogos de desktop e programas mais complexos que só rodam em x86, a esses pode dar adeus caso a Apple migre o Mac para ARM.