Início » Aplicativos e Software » Microsoft 365 é a nova marca do Office 365 Home e Personal

Microsoft 365 é a nova marca do Office 365 Home e Personal

Office 365 Personal e Home se chamarão Microsoft 365 Personal e Family; serviço traz Word, PowerPoint e 1 TB no OneDrive

Felipe Ventura Por

Os planos Office 365 Personal e Home estão mudando de nome: eles passarão a se chamar Microsoft 365 Personal e Microsoft 365 Family. A alteração começa em 21 de abril e será aplicada para mais de 38 milhões de assinantes nos próximos meses. O serviço oferece acesso a recursos exclusivos do Word, Excel e PowerPoint, além de 1 TB no OneDrive e minutos de ligação via Skype.

Microsoft 365

O Microsoft 365 Personal e Family continuarão a incluir o Word, Excel, PowerPoint e Outlook, além de 1 TB de armazenamento na nuvem por usuário, 60 minutos mensais de Skype para telefones e suporte técnico. O plano Personal dá acesso a apenas um usuário, enquanto o Family pode ser usado por até seis pessoas.

A assinatura do Microsoft 365 Personal custa R$ 24 por mês (US$ 6,99 mensais nos EUA). Enquanto isso, o Family sai por R$ 29 ao mês (US$ 9,99/mês). A empresa estava aplicando um aumento de preço no Brasil, mas suspendeu o reajuste “para apoiar nossos clientes que lidam com o impacto do COVID-19”.

Microsoft Family Safety e Teams

Assinantes do Microsoft 365 poderão usar o novo app Microsoft Family Safety, que gerencia o tempo de tela em PCs com Windows, Android e Xbox; além de notificar quando um membro da família chega ou sai de um local como casa, escola ou trabalho. Ele começará a ser testado nos próximos meses.

E o Microsoft Teams, concorrente do Slack, está ganhando uma versão para usuários domésticos. Será possível alternar entre os perfis pessoal e profissional e criar agendas compartilhadas com membros da família, elaborar listas de tarefas e até fazer videochamadas (isso mesmo, Skype).

Microsoft 365 traz recursos exclusivos do Office

Money in Excel

Há ainda funcionalidades exclusivas no pacote Office para clientes do Microsoft 365. O Money in Excel permite conectar suas contas bancárias e cartões de crédito ao programa para importar transações e saldos de conta automaticamente e controlar suas finanças. Isso ficará disponível inicialmente só nos EUA.

O PowerPoint Presenter Coach ouve seu tom de voz e fornece feedback em tempo real para evitar que sua voz fique monótona. Ele também dará dicas para refinamento da fala, fornecendo sugestões gramaticais e de expressão.

PowerPoint Presenter Coach

O PowerPoint Designer, por sua vez, sugere um visual diferente para seus slides usando 8 mil imagens e 175 vídeos em loop da Getty Images; há também 300 novas fontes e 2.800 novos ícones para criar documentos mais bonitos. Tudo isso pode ser usado no Word e Excel.

Por fim, temos o Microsoft Editor, serviço de inteligência artificial que ajuda a escrever melhor. Ele está disponível no Word, no Outlook.com e como uma extensão de navegador para Google Chrome e Microsoft Edge. Assinantes têm acesso a “aprimoramentos avançados de gramática e estilo para escrever com mais clareza e concisão”, segundo a Microsoft.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
10 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Diogo Nóbrega (@diogoan)

Olha só, esse Microsoft Editor seria como um Grammarly né? Parece bem interessante…

Elcobos (@elcobos)

Meldels, a Microsoft vive mudando o nome dos produtos dela e ainda escolhe nomes ruins.

DovahShy (@JustMonika)

E o Microsoft Teams, concorrente do Slack, está ganhando uma versão para usuários domésticos. Será possível alternar entre os perfis pessoal e profissional e criar agendas compartilhadas com membros da família, elaborar listas de tarefas e até fazer videochamadas (isso mesmo, Skype).

Meu Deus, mas já tem o Skype… além disso, qual o sentido de um Microsoft Teams “Personal”? Pra gamers já tem o Discord que ainda é de graça, além dos recursos sociais do Xbox, da própria Microsoft também e o chat da Steam que recebeu umas boas melhorias há um tempo.

PinPortal ✔️ (@pinportal)

Algo me diz que eles vão matar a marca Skype, assim como fizeram como o MSN. Vão oferecer essa versão gratuita para usuários domésticos do Microsft Teams e com isso aposentar a marca Skype (não agora, nos próximos meses).

DovahShy (@JustMonika)

Imagino que farão isso mesmo… Mas mesmo assim, não vejo como o Teams se encaixaria para usuários domésticos.

Algumas coisas nunca mudam… Embrace, Extend, Extinguish.

Matheus Motta (@Matheus_Motta)

Muita coragem diminuir o uso da marca Office, uma marca já reconhecida no mercado e forte!

Vítor Gomes (@vctgomes)

Tbm achei… mas talvez eles queiram aproveitar essa popularidade pra fortalecer a marca Microsoft q, francamente, é bem fraquinha ou passar a ideia de q o Office 365 não é só Word e Excel kkkk

Hj já temos 1TB no OneDrive, benefícios no Skype e até esses novos serviços q nem fazem parte do pacote Office.

Maycon Cruz (@MikeCross)

Bem, apesar de não achar o Discord ineficiente em nenhum ponto, acredito que muita gente se recuse a usar o programa por parecer uma “penteadeira de dama com RGB”. Muita gente não vai com a cara com os recursos e a estética descolada do Discord, a ponto de muita gente desejar que um dia a equipe lance um “Discord for Business”, mais sóbrio e minimalista para essas atividades profissionais e menos voltadas ao público gamer.

ricardo goes (@jojota)

Estou usando na Faculdade o Teams. O problema que uso Linux e tive que rodar Windows 10 + Office 365 virtualmente. Descobri que tem Microsoft Teams para Linux e também MySQL Server.*

Victor Serrão (@Victorgpserrao)

Vai ser uma morte bem menos, digamos, “traumática” para o mercado do que a do MSN Messenger. O Skype é preponderantemente uma ferramenta corporativa até hoje.