Início » Brasil » Juiz realiza casamento por videochamada no WhatsApp em PE

Juiz realiza casamento por videochamada no WhatsApp em PE

Juiz de família faz cerimônias de casamento civil por WhatsApp; Pernambuco decretou quarentena contra coronavírus

Felipe Ventura Por

A quarentena devido ao novo coronavírus (COVID-19) obrigou muitas pessoas a mudarem de hábito: diversos profissionais estão em home office, médicos atendem à distância e alunos têm aulas digitais. Em Pernambuco, um juiz seguiu essa tendência e fez uma cerimônia de casamento através de uma videochamada no WhatsApp.

WhatsApp (Imagem: Pexels)

O juiz Clicério Bezerra, da 1ª Vara de Família e Registro Civil de Recife, realizou o casamento dos noivos Marcelo Siqueira de Araújo e Denise Coutinho Guimarães em 17 de março, por meio de uma chamada de vídeo no celular.

O magistrado estava em um fórum no bairro Ilha do Leite, enquanto o casal se encontrava em um cartório no bairro das Graças, também em Recife. A cerimônia contou ainda com testemunhas e um oficial de registro civil. Tudo foi feito de maneira relativamente rápida.

Bezerra explica em comunicado que, como juiz de família, ele costuma falar “sobre o que significa essa união, das diferenças entre os noivos, das dificuldades e alegrias que vão encontrar… mas ali o que importava era fazer uma cerimônia simples e mandar os noivos para casa”.

O sim foi dito de forma virtual no casamento dos noivos Marcelo Siqueira de Araújo e Denise Coutinho Guimarães. A união foi realizada na terça-feira (17/3) por meio de uma chamada de vídeo do celular do juiz da 1ª Vara de Família e Registro Civil da Capital do Recife, Clicério Bezerra. Foi a forma encontrada por ele para tentar evitar a proliferação do coronavírus (Covid -19), impedindo aglomerações, e não frustrar os noivos. Quer saber mais? Confere a matéria completa em https://bit.ly/2UmjWiM #TJPE #Justiça #Coronavírus #Casamento

Posted by Tribunal de Justiça de Pernambuco – TJPE on Friday, March 20, 2020

A noiva ficou em dúvida se realmente haveria o casamento civil devido aos procedimentos de quarentena. “Liga nosso cunhado Gabriel, já no fim da tarde, mandando correr para o cartório de registro civil e diz: ‘o juiz vai casar vocês’. Quando chegamos descobrimos que ia ser por WhatsApp!”, ela conta no comunicado.

O juiz observa que, “no caso desses noivos, os trâmites já tinham finalizado e eles já tinham marcado a data da união civil”. No dia 18 de março, ele realizou mais quatro casamentos à distância.

Pernambuco determina quarentena

O governo estadual de PE proibiu aglomerações com mais de 10 pessoas e determinou o fechamento do comércio não-essencial; bares, lanchonetes e restaurantes podem funcionar apenas com serviços de delivery. No entanto, ainda há diversas lojas abertas e uma quantidade relativamente alta de pessoas nas praias.

De acordo com o Ministério da Saúde, há 78 casos confirmados de coronavírus em Pernambuco, e seis mortes devido ao COVID-19. No Brasil inteiro, são 4.579 casos e 159 óbitos.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação