Início » Negócios » Samsung deixará de fabricar telas LCD para focar no OLED

Samsung deixará de fabricar telas LCD para focar no OLED

Divisão de telas da Samsung irá interromper produção de LCD até o final de 2020; focos serão OLED e pontos quânticos

Paulo Higa Por

A Samsung Display, divisão de telas da empresa sul-coreana, anunciou nesta terça-feira (31) que deixará de fabricar telas LCD até o final de 2020. Os painéis são atualmente produzidos em quatro fábricas localizadas na Coreia do Sul e na China. O objetivo é focar na tecnologia OLED, após uma queda na demanda pelas telas de cristal líquido.

TV 8K Samsung Q900R

À Reuters, um porta-voz da Samsung informa que uma das linhas de produção de LCD na Coreia do Sul será convertida em uma fábrica de painéis de pontos quânticos (QD), como parte de um investimento bilionário para os próximos cinco anos. Outra fábrica de LCD no país de origem da Samsung já havia sido paralisada; a empresa ainda não informou qual será o destino das unidades fabris na China.

QLED, só que OLED

Mas espere: sempre deixamos claro que as atuais TVs de pontos quânticos da Samsung (QLED) são, no final das contas, painéis LCD aprimorados, que tendem a mostrar pretos mais profundos e cores mais precisas devido a uma camada extra de nanocristais. Qual é a mudança, então?

O ZDNet explica que as próximas investidas da Samsung no segmento de TVs premium continuarão nas telas de pontos quânticos, mas baseadas no OLED em vez do LCD. Na prática, elas serão bem mais parecidas com as telas AMOLED que a própria Samsung utiliza em seus smartphones e nas TVs OLED da LG (e aí eu quero ver como o marketing da Samsung vai trabalhar com o burn-in, que sempre foi utilizado para atacar a conterrânea).

No futuro, a Samsung também planeja lançar telas de pontos quânticos autoemissivos, que se assemelham ao OLED, mas têm eficiência energética superior e vida útil estimada em 1 milhão de horas. Essas TVs QD, no entanto, não devem se popularizar antes de 2025. E o QD ainda deve competir com o MicroLED, outra nova tecnologia que também engatinha no mercado doméstico.

Nada muda até o final do ano, já que a Samsung deverá continuar produzindo telas LCD para os clientes e para suas próprias TVs. Depois, não sabemos exatamente qual será o destino das TVs LCD básicas da marca — mas elas deverão continuar na linha, já que a Samsung investiu recentemente em uma fabricante chinesa de LCD.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
14 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marcos Pontes (@vinistilt)

Excelente!!

Breno (@bbcbreno)

Muito bom, OLED realmente é outro nível!

O q a Samsung tem q procurar investir é em aumentar a vida útil desse painel. Muitos falam q 2 anos é o suficiente pra perder boa parte da qualidade de imagem de um painel OLED. Ou seja, pagar uma fortuna numa TV OLED para daqui 2 anos não ser a mesma coisa q quando nova é muita sacanagem!

@teh

Exatamente.
Quem ja viu OLED sabe da brutal diferença de qualidade.
É só amadurecer um pouco mais…
2 anos é exagero… tem que ter um pouco de azar…

Arthur Silva Vicentini (@ArthurVX)

Corra para comprar TVs LCD (inclusive QLED) Samsung!

Pois enquanto as TVs MicroLED não se tornarem comercialmente viáveis, a Samsung vai usar nesse meio-tempo as TVs QD-OLED (com a vida últil de uma OLED comum, mas com os pontos quânticos das QLED baseadas em LCD).

Daniel Pita (@danielpita)

Uma dúvida: para quem trabalha com produção gráfica (design, fotografia, vídeo…), será que isso vai afetar o mercado de monitores? A cada dia que passa monitor digno está ficando mais caro e até onde eu já li (resenhas, comparativos etc), o IPS é a melhor escolha.

@Rogerio.Neves

Sim. Tinha lido que chamariam de Q-OLED. Depois de fazer tanto doce pra não adotar Oled, achei que a Samsung ia partir logo pra microLED. Mas…

João M. (@RonDamon)

Eu não consigo usar celular sem ser OLED, a diferença é brutal. Estou até hoje com um S5 e quando fizer o upgrade será outro com AMOLED.

@ksio89

Tô preocupado é com o custo dessas telas OLED, quero ver baratearem essa tecnologia.

Arthur Silva Vicentini (@ArthurVX)

O problema é que a Sony quase não divulga suas TVs e o preço delas é estratosférico (fora que a Sony não faz mais seus próprios painéis - ou usa painéis LCD VA da Samsung ou usa painéis OLED da LG).

Cicero Pazei (@Cicero_Pazei)

Telas Olede e Qled consome menos energia

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

Ela vai continuar produzindo painéis com tecnologia LCD aprimorada, como pontos quânticos, mini-LED…

O LCD tradicional já não oferece nenhum benéfico e está mais que na hora de fazer a mudança.

Igor Nagase (@nagasedesu1)

Galaxy S5?

João M. (@RonDamon)

Sim, ele usa a Super AMOLED.

Igor Nagase (@nagasedesu1)

Sim, eu sei. Só tô assustado por você ter um ainda.