Início » Telecomunicações » SP usará rede da Vivo para medir deslocamentos durante pandemia

SP usará rede da Vivo para medir deslocamentos durante pandemia

Parceria entre Vivo e estado deve avaliar movimentação da população e servirão de parâmetro para enfrentamento de coronavírus

Lucas Braga Por

Uma parceria entre a Vivo e o governo de São Paulo deve auxiliar no combate a pandemia de coronavírus (Covid-19) em diferentes localidades no estado: a operadora irá fornecer dados de deslocamento populacional em tempo real através da rede móvel. Ela garante que as informações são analisadas de forma agregada e nunca individualizada, de forma a manter a privacidade dos usuários.

Governo do Estado de São Paulo

No estado de São Paulo, a Vivo é a operadora líder em número de acessos móveis, com 36,9% de participação de mercado. Isolando por DDDs, a operadora mantém o primeiro lugar nos códigos 11, 13, 14, 15, 17 e 18.

A cooperação será feita junto com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), e deve indicar tendências, antecipar os próximos passos da disseminação de coronavírus, e apontar qual a eficácia das medidas de isolamento social.

As informações estarão disponíveis em um mapa de calor, indicando maior ou menor concentração populacional por localidade em diferentes períodos. Hospitais, postos de saúde e pontos de vacinação poderão avaliar o fluxo de pessoas e avaliar sobrecarga nos atendimentos.

Recife e Rio de Janeiro adotam medição de deslocamento

Assim como o governo de São Paulo, outras localidades também utilizam ferramentas de medição de tráfego de pessoas através de rede celular.

A prefeitura do Rio de Janeiro firmou uma parceria com a TIM para fornecer um mapa de calor com movimentação na cidade e analisar qual bairro ou região específica sofre com aumentos populacionais.

Já a prefeitura de Recife conta com dados de rastreamento da empresa In Loco, que consegue informações de localização através de integração com apps de empresas parceiras. O site da empresa cita Santander, Magazine Luiza, Hering, Banco Original e TIM.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@Diego1

Olha só o Corona vírus abrindo as portas do autoritarismo

Giovani (@Giovani)

É surreal um negocio desses, quem garante que isso vai ser desligado depois da crise? Muito provavelmente vai continuar funcionando como se não fosse nada. As pessoas podem achar que é teoria da conspiração, mas as wikileaks da vida estão ai para mostrar que o parece ficção, na maioria das vezes é verdade.

Fábio Laurindo (@Fabio_Laurindo)

Como o sistema consegue diferenciar pessoas aglomeradas na rua de prédios por exemplo? Na região central de SP, paulista.
Meio estranho, fora ser surreal controle sobre o direito de ir e vir.

João M. (@RonDamon)

Nos EUA sempre existiu, agora tem motivos pra usar. Se eu fosse os governos falaria após a pandemia “para prevenção blablabla continuaremos monitorando” só de zoas.

@Diego1

Google/Apple não tem o monopólio da violência