Início » Computador » Intel anuncia chips Core i9, i7 e i5 de 10ª geração para notebooks

Intel anuncia chips Core i9, i7 e i5 de 10ª geração para notebooks

Intel Core i9-10980HK é destaque entre novos processadores Comet Lake-H

Emerson Alecrim Por

A pandemia de coronavírus não impediu a Intel de realizar, nesta quinta-feira (2), seu primeiro grande anúncio de 2020: a companhia acaba de revelar seis novos processadores da décima geração de chips Core (Comet Lake-H). Todos são focados em desempenho, com destaque para o octa-core Intel Core i9-10980HK.

Intel Core de décima geração

Os primeiros modelos Comet Lake foram anunciados em agosto de 2019. Eles compõem as séries U e Y, que são direcionadas principalmente a ultrabooks e laptops conversíveis focados em produtividade.

Já a série H, que chega agora, também é voltada a laptops, mas tem ênfase em aplicações que exigem poder de fogo, como jogos pesados, edição de vídeo e tratamento de imagens.

Para enfatizar o aspecto do desempenho, a Intel fez alguns comparativos entre o recém-anunciado Core i9-10980HK e o Core i7-7820HK, processador que, três anos atrás, estava entre os mais poderosos da companhia no segmento.

Core i9-10980HK versus Core i7-7820HK

Esses testes indicam, por exemplo, que o Core i9 tem 54% mais desempenho que o Core i7 no jogo Red Dead Redemption 2 rodando em 1080p. Em Far Cry: New Dawn, também em 1080p, o ganho de desempenho do Core i9-10980HK é de 23%.

Isso não quer dizer que os novos chips Comet Lake-H trazem uma abundância de inovações. A tecnologia de fabricação continua sendo a de 14 nanômetros, por exemplo. É como se tivéssemos aqui processadores Skylake com litografia otimizada e uma série de incrementos, como frequências mais altas.

Altas mesmo. Dos seis processadores anunciados hoje, quatro alcançam a barreira dos 5 GHz. Em turbo, mas alcançam. Vamos a eles:

Comet Lake-H Núcleos / Threads Clock (GHz) Turbo (GHz) Cache (MB) TDP (W)
Core i9-10980HK 8 / 16 2,4 5,3 16 45
Core i7-10875H 8 / 16 2,3 5,1 16 45
Core i7-10850H 6 / 12 2,7 5,1 12 45
Core i7-10750H 6 / 12 2,6 5 12 45
Core i5-10400H 4 / 8 2,6 4,6 8 45
Core i5-10300H 4 / 8 2,5 4,5 8 45

Além de ser o mais parrudo da turma, o Core i9-10980HK aparece como o único modelo que é completamente desbloqueado para overclock (o i7-10850H também é desbloqueado, mas parcialmente). Vale destacar também que, com exceção dos modelos Core i5, todos os novos chips contam com o Thermal Velocity Boost, tecnologia capaz de elevar a frequência em até 200 MHz automaticamente quando a temperatura do processador estiver igual ou abaixo de 65º C.

Todos os seis processadores têm recursos em comum. Entre eles estão o suporte a memórias Intel Optane, Wi-Fi 6 (Wi-Fi 802.11ax), SATA 3.0, DisplayPort 1.4, HDMI 2.0a, Thunderbolt 3 (atinge até 40 Gb/s), USB 2.0, USB 3.2 Gen 2 (que, na verdade, corresponde ao USB 3.1) e PCI Express 3.0 (pois é, nada de PCIe 4.0).

No quesito RAM, todos os novos chips trabalham com até 128 GB de memória DDR4 em frequências de até 2.933 MHz e dual channel.

Quando essas novidades chegarão ao mercado? O atual cenário de pandemia pode mexer com o ritmo de lançamentos dos fabricantes, mas, em uma previsão otimista, podemos esperar por marcas como Acer, Lenovo, Dell e MSI lançando os primeiros notebooks com os novos Core de décima geração até o meio do ano.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
9 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Uriel (@Uriel)

Agora que consegui comprar um notebook com Oitava geração! kkkk

@bkdwt

Que se lasque a Intel. O negócio agora é comprar notebook com Ryzen 4000.

Leonardo Rocha Dias (@Leonardo_Rocha_Dias)

Poxa intel comparar com CPU de 3 gerações atrás!?
Presumo que o aumento seja bem menor.
PCIe 3.0, sem HDMI 2.1, processo de fabricação ainda em 14nm.
Que venha AMD Ryzen 4900HS!
Tecnoblog, conseguem apurar junto a AMD para saber se e quando chega aqui?
E o Asus ROG Zephyrus G14 também.
O Linus testou e o desempenho é impressionante.

Rafael Machado de Souza (@rafael.mds)

pfff. o meu ainda é 3ª e não pretend me desfazer enquanto não estragar completamente.

João Luiz G (@Joao_Luiz_Gomes_Silv)

Pior não foi isso. Foi as letras miúdas. O processador da 10 geração estava configurado com uma GPU RTX, o de antigo com uma GTX. Que vergonha Intel…

Uriel (@Uriel)

Eu tenho um note de terceira com I3

ochateador (@ochateador)

Mas o RTX não é a nova linha da NVidia ? O R ali significa ray-tracing.

Rafael Machado de Souza (@rafael.mds)

O meu é um i5. Tá excelente, só queria tentar aumentar a RAM pra 8GB.

@bkdwt

Agora foi que lembrei desse vídeo aqui

ochateador (@ochateador)

Falando sério e sem fanboyolismo.

Tem alguém (site, empresa, sei-lá-o-quê) que abriu os chips (ou usou algum outro tipo de ferramenta) para medir se realmente os chips tem a mesma quantidade de nanômetros que as fabricantes alegam ?

Pois já vi matérias mostrando que um chip de TSMC que em teoria era de 10nm, mas conseguiram medir e na realidade era de 18nm…

Mateus B. Cassiano (@mbc07)

Os processos de fabricação da Intel e da TSMC são diferentes, pois a densidade de transistores é maior na Intel. Já vi muitos sites estrangeiros dizendo que os 10nm da Intel seriam equivalentes aos 7nm da TSMC por conta dessa diferença de densidade, mas até o momento só existem alguns poucos modelos de CPUs Intel em 10nm (linha Ice Lake, lançada no final do ano passado) e só para utrabooks, tablets e similares, enquanto a AMD já tem CPUs utilizando os 7nm da TSMC em todos os segmentos…