Início » Celular » Samsung Galaxy A01 chega ao Brasil com tela de 5,7” e 2 GB de RAM

Samsung Galaxy A01 chega ao Brasil com tela de 5,7” e 2 GB de RAM

Com ficha técnica simples, Samsung Galaxy A01 tem preço sugerido de R$ 1.099

Emerson Alecrim Por

A Samsung anunciou, nesta terça-feira (7), mais uma opção de celular para quem procura um modelo simples: o Galaxy A01 é um smartphone com tela de 5,7 polegadas, 2 GB de RAM e câmera dupla na traseira que chega ao Brasil com preço sugerido de R$ 1.099.

Samsung Galaxy A01

Apesar de a Samsung ser conhecida por suas telas AMOLED, o Galaxy A01 traz visor PLS LCD, um tipo de painel que se aproxima de displays IPS. O componente tem 5,7 polegadas de tamanho, como você já sabe, além de resolução HD+ e notch em formato de ‘V’.

Internamente, o modelo traz processador octa-core de 2 GHz — aparentemente, trata-se de um Snapdragon 439 com GPU Adreno 505 —, 2 GB de RAM e 32 GB para armazenamento interno de dados que podem ser complementados com um microSD de até 1 TB.

Na traseira, encontramos uma câmera de 13 megapixels acompanhada de outra de 2 megapixels para profundidade. Repare que não existe leitor de impressões digitais aqui: o desbloqueio do aparelho só pode ser feito por senha ou reconhecimento facial.

Outras características incluem bateria de 3.000 mAh, câmera frontal de 5 megapixels e Android 10 como sistema operacional.

Essas configurações fazem do Samsung Galaxy A01 um rival direto, ainda que mais caro, do Moto E6S, modelo anunciado em março para o mercado brasileiro com preço sugerido de R$ 949.

Samsung Galaxy A01

Samsung Galaxy A01 — ficha técnica

  • Tela: 5,7 polegadas, resolução HD+ (1520×720 pixels), notch Infinity-V
  • Processador: octa-core de 2 GHz
  • RAM: 2 GB
  • Armazenamento: 32 GB expansíveis com microSD de até 1 TB
  • Câmeras traseiras: 13 megapixels, f/2,2 + 2 megapixels, f/2,4 (profundidade)
  • Câmera frontal: 5 megapixels, f/2,2
  • Bateria: 3.000 mAh
  • Dimensões: 146,2 x 70,9 x 8,3 mm
  • Peso: 149 g
  • Sistema operacional: Android 10
  • Cores: preto, azul, vermelho
  • Outros: entrada 3,5 mm para fones de ouvido, rádio FM, bandeja tripla (2 nano-SIM + microSD)

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
13 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Diego Nascimento (@Dieg0)

Qual o sentido da existência desse aparelho? Já se acha o A10 por R$650~700 na internet.

Jonas (@jonas)

É uma alternativa ao Galaxy A10, que foi lançado com preço parecido.

Jefferson Rodrigues (@Jefferson_Rodrigues)

Já assisti ao review desse aparelho. A tela é amarelada. uma porcaria!

Matheus Motta (@Matheus_Motta)

A maior bomba dos últimos tempos, isto é Samsung!

Rafael Machado de Souza (@rafael.mds)

Isso ai é pra reutilizar todas as peças refugadas na fabricação dos modelos anteriores.

Eu (@Keaton)

1100 reais por um troço com 2GB de RAM apenas? O que é isso? 2017?

Henrique Bonfim (@Henrique_Bonfim)

Putz… A Samsung tava indo num caminho bom. Aí me lança um celular com 2gb de RAM. A pessoa instala o Instagram, whatsapp e Facebook (não adianta dizer que não, pq o perfil de quem compra um aparelho desse é justamente o povo que usa só para whatsapp, Instagram e Facebook) e o que acontece??? Trava!!!

Valdinei Ferreira (@valdinei)

Eu nunca entendi o quanto reclamam de celulares básicos. Para meu pai, isso é mais do que o suficiente para ele, assim como para outros membros da minha família. Tem alguns com smart J2-like e que não vê necessidade de comprar.
A única coisa que pra mim é discutível é ser microUSB, por eu ter achado que a Samsung levaria o USB-C até os modelos mais básicos, e o preço. No entanto, pra mim já tá óbvio, assim como qualquer lançamento, que o celular vai chegar com preço acima do que deve, principalmente os da Samsung que já chega no mercado com preço mais baixo que o anunciado.

Valdinei Ferreira (@valdinei)

Não sei se está brincando ou não, mas… Só se basear em modelos lançados a partir do Android 9. Agora só existe A, S e Note. Basicamente, ela uniu a linha J com a A.
Agora a confusão não são as letras, são os números. aushaushauhau Essa parte que não consigo te explicar.

@FastSloth87

Tem tbm a linha M. Nas linhas A e M, os primeiros dígitos são a faixa de preço/performance, o segundo define a geração.

“Primeira” Geração:
A10, A20, A30, A40, A50, A60, A70, A80, A90;
M10, M20, M30, M40;

Update (desnecessário) pra primeira geração:
A10s, A20s, A30s, A50s, A70s;
M10s, M30s;

Segunda Geração:
A01, A11, A21, A31, A41, A51, A71; (até agora)
M11, M21, M31; (até agora)

Nas linhas S e Note agora é tudo baseado no ano, S20 é 2020, por exemplo. Aí tem as versões menos caras (S20e) e mais caras (S20 Plus e Ultra), mas são todos topo de linha.

Victor Serrão (@Victorgpserrao)

Cara, ano passado eu comprei um J4 pra empresa, depois ficou sem uso e dei pro meu sogro. 2 Gb de RAM, 16 Gb de memória… Uma bomba, né? Pois ele adora. A gente que acompanha ou trabalha com tecnologia às vezes esquece no mundão lá fora de gente que compra esse tipo de telefone feliz.