Início » Aplicativos e Software » Windows 10 integra acesso ao Linux no Explorador de Arquivos

Windows 10 integra acesso ao Linux no Explorador de Arquivos

Microsoft dá mais um passo na integração entre os dois sistemas operacionais

André Fogaça Por

A Microsoft anunciou nesta quarta-feira (8) que a build 19603 do Windows 10 que foi liberado dentro do programa de testes da empresa, permitirá ao usuário acessar os arquivos que estão na partição do Linux de forma nativa e dentro do próprio Explorador de Arquivos.

Windows 10 com Linux no Explorador de Arquivos

O acesso é feito a partir de um ícone do Tux, o pinguim que é o mascote do Linux e que fica na coluna de acesso rápido do Explorador de Arquivos – onde já ficam áreas reservadas para o OneDrive e as pastas da rede que estão disponíveis.

A partir deste local, o usuário que está no Windows 10 poderá acessar a pasta raiz de qualquer distribuição que está instalada. Chegar nestes arquivos já era possível em versões anteriores do Windows 10 do programa Insider, mas o caminho até eles não era tão amigável e rápido.

A aproximação de Linux com Windows 10 não é novidade, já que a gigante do software vem prometendo o kernell completo do Linux dentro de seu sistema operacional desde maio do ano passado. Atualmente é possível até mesmo baixar algumas distribuições do Linux dentro da Microsoft Store, como Ubuntu, SUSE e até o Fedora.

Como esta versão de testes do Windows 10 foi liberada agora dentro do programa Insider, pode ser que ela apareça em pouco tempo para todos os usuários. Ou então pode nem aparecer, ficando para outras atualizações futuras, mais para frente.

Com informações: Microsoft.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
12 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@bkdwt

Suporte à outros sistemas de arquivos que é bom…

Gabriel Arruda (@gdarruda)

Eu tentei usar brevemente com um colega que estava no Windows, mas estava com problemas em rodar um projeto Python e ficou aquela sensação de uma solução meio estranha que é comum no Windows…pelo menos na primeira versão.

Não sei como está a adoção, mas não curti muito no geral.

­Monika (@JustMonika)
Opa, uma barra lateral de notícias...

37ac5169bf85a88cb504ac250528c2081003×563 253 KB

Onde será que já vi isso…

Opa!

Direto do Windows 98.

Paulo Maciel (@pymaciel)

Esse logo do Linux precisa urgentemente de uma atualização. Extremamente datado e feio, faz parecer que está abandonado.

Tang não é Ki-Suco (@Tang_nao_e_Ki-Suco)

apenas permitir que usuários do Windows tem acesso ao sistema de arquivos do Linux através do Windows. E permitir para quê desenvolvedores de aplicativos do Linux possam desenvolver aplicativos sem precisar instalar um sistema operacional Linux no computador assim podemos desenvolver esses aplicativos no próprio Windows. como a gente sabe Windows é uma grande plataforma de desenvolvimento e essa é a grande receita que a Microsoft recebe durante anos

Denis Rudnei de Souza (@BM_DNS)

Ele não permite o acesso á um sistema de arquivos linux, é um atalho para o sistema de arquivos WSL, acabei de atualizar para essa versão, me frustei achando que o Windows conseguiria montar um driver formatado em ext3, ext4, btrfs, etc.

Denis Rudnei de Souza (@BM_DNS)

Estou com a versão instalada no computador, ele só reconhece linux instalado em WSL, ele não detecta o que tá em dual boot ou em outro HD/SSD

Mateus B. Cassiano (@mbc07)

Posso estar enganado mas desde a versão 1903 do Windows 10 já era possível navegar pelos arquivos das distros instaladas no WSL indo até o endereço de rede \\wsl$\. A “novidade” na build atual do Insider Preview é apenas um atalho no Explorador de Arquivos para facilitar o acesso…

Diogo Silva (@uzu)

Galera é cheia de botar defeito só porque é preguiçoso demais pra entender a proposta dessa ferramenta, é um Linux completo dentro do Windows por 400mb, dual boot, montar outro sistema de arquivos pra que? O Microsoft Terminal se configura automaticamente para a instância WSL instalada, o Visual Code também possui integração (da por exemplo pra você clicar em um diretório do windows com o botão direito, open with code, new terminal e abre o WSL na pasta que você selecionou), você pode acessar o sistema de arquivos pelo caminho \wsl$ ou pode acessar os discos do windows a partir do WSL em /mnt/letradodrive, criando symlinks na /home pra facilitar o gerenciamento, dá até pra montar a partição inteira do WSL com o LxRunOffline, além disso é tudo customizável, ZSH com temas, faz praticamente tudo que um Linux faz, até porque é um subsistema como o própio nome sugere, no meu uso não falha em absolutamente nada.