Início » Aplicativos e Software » Caixa registra 27 milhões de cadastros para auxílio de R$ 600

Caixa registra 27 milhões de cadastros para auxílio de R$ 600

O site do auxílio emergencial teve 223 milhões de visitas e o aplicativo registrou 22,5 milhões de downloads

Victor Hugo Silva Por

Os trabalhadores informais, MEIs, autônomos e desempregados fora do Cadastro Único (CadÚnico) de programas sociais podem solicitar auxílio de R$ 600 durante pandemia do novo coronavírus por meio do Caixa Auxílio Emergencial, aplicativo e site lançados na terça-feira (7). As plataformas, segundo o banco, registraram mais de 27 milhões de cadastros até a noite de quarta-feira (8).

App CAIXA | Auxilio Emergencial Topo

Do total de cadastros, 10,7 milhões (39,7%) são de pessoas que provavelmente ainda não possuem conta em banco e, por isso, solicitaram a abertura da Poupança Social Digital na Caixa. A estatal estima que o processo do auxílio emergencial levará à bancarização de 30 milhões de pessoas.

Em pouco mais de um dia, o auxilio.caixa.gov.br teve 223 milhões de visitas e o aplicativo Caixa Auxílio Emergencial, para Android e iOS, 22,5 milhões de downloads. O banco ainda enviou 74,5 milhões de SMS e recebeu 4,3 milhões de ligações no número 111, a central de atendimento sobre o programa.

Como serão feitos os pagamentos?

O auxílio emergencial conta com orçamento de R$ 98,2 bilhões. O valor foi repassado ao Ministério da Cidadania no início do mês por meio de crédito extraordinário em medida provisória. Os pagamentos serão realizados em etapas.

O primeiro é de pessoas que não fazem parte do Bolsa Família, mas já estão inscritas no CadÚnico, que inclui programas como Minha Casa Minha Vida. Aquelas que têm poupança na Caixa ou conta corrente no Banco do Brasil e cumprem os requisitos terão o auxílio a partir desta quinta-feira (9).

As pessoas que cumprem os requisitos e estão no CadÚnico, mas não têm conta na Caixa ou no Banco do Brasil receberão pela Poupança Social Digital. A modalidade permite transferências para outros bancos e saques em canais de autoatendimento e lotéricas. O pagamento será feito a partir de terça-feira (14).

Os trabalhadores informais, autônomos, contribuintes individuais do INSS e microempreendedores individuais (MEI) receberão na conta indicada no aplicativo ou no site do auxílio emergencial. Os que tiverem o cadastro aprovado também receberão a partir terça-feira (14).

Os beneficiários do Bolsa Família que recebem menos de R$ 600, terão o auxílio emergencial por três meses em vez do Bolsa Família. O pagamento será liberado entre 16 e 30 de abril de acordo com o último dígito do NIS (Número de Identificação Social). As pessoas que recebem mais de R$ 600 pelo Bolsa Família continuarão recebendo o mesmo valor.

Caixa Auxílio Emergencial

Quem pode receber o auxílio emergencial?

Estes são os pré-requisitos para receber o auxílio emergencial do governo:

  • ter mais de 18 anos;
  • não ter emprego formal;
  • não receber benefício previdenciário, assistencial, seguro-desemprego nem Programa de Transferência de Renda Federal (pode receber Bolsa Família);
  • ter renda familiar mensal de até R$ 522,50 por pessoa ou até R$ 3.135,00 no total;
  • não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70;
  • exercer atividades como microempreendedor individual (MEI), contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social, ou trabalhador informal.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação