Início » Jogos » China restringe Animal Crossing por imagens sobre Hong Kong

China restringe Animal Crossing por imagens sobre Hong Kong

Lojas online derrubaram vendas de Animal Crossing: New Horizons para impedir onda de protestos pró-Hong Kong dentro do jogo

Lucas Lima Por

Em meio ao isolamento social por conta do coronavírus, causador da Covid-19, manifestantes chineses pró-Hong Kong vêm usando Animal Crossing: New Horizons como forma de continuar com os protestos. Devido a isso, varejistas chinesas estão removendo o jogo do catálogo e tentando interromper as vendas.

Protestos pró-hong kong estão sendo feitos dentro de Animal Crossing

Os protestos contra o governo de Hong Kong tiveram início no ano passado, quando um projeto de lei visava permitir a extradição de criminosos para a China continental. Apesar de a proposta ter sido derrubada, há pressão pela anistia aos manifestantes presos e por uma investigação a respeito da violência policial.

Animal Crossing se transformou em um ambiente para manter a continuidade da mensagem pró-Hong Kong. Isso porque o jogo tem um sistema de personalização que permite criar qualquer design, incluindo mensagens como “Free Hong Kong, revolution now” (Liberte Hong Kong, revolução agora) que se espalharam nas redes sociais.

New Horizons é vendido na China por terceiros. O país tem regras rígidas sobre o conteúdo que é disponibilizado por lá — entre música, jogos e filmes — a fim de evitar algo que viole princípios socialistas. Para se ter ideia, a Nintendo tem apenas três jogos de Mario do Switch licenciados para o mercado chinês.

Protestos pró-hong kong estão sendo feitos dentro de Animal Crossing

China tem a própria versão do Switch

O próprio Nintendo Switch, que é comercializado por lá em parceria com a Tencent, tem uma personalização que não permite jogar online ou baixar jogos da eShop tradicional. No entanto, o videogame ainda funciona com os cartuchos importados. Consoles vendidos pelo mercado cinza não têm esse bloqueio e podem baixar da loja da Nintendo com uma conta internacional.

A Reuters diz que algumas lojas ainda tentam manter Animal Crossing no catálogo com outro nome. O governo da China ainda não tomou uma medida definitiva nem se manifestou sobre o jogo. Uma das possibilidades seria banir o acesso a servidores da Nintendo, restringindo o download via eShop ou o multiplayer online; ainda assim, usuários com o cartucho poderiam jogar e compartilhar suas capturas de tela.

Plague Inc é banido na China

Recentemente, Plague Inc foi banido na China sem motivos claros. De acordo com a desenvolvedora, Ndemic Creations, o game “incentiva os jogadores a pensar e aprender mais sobre sérios problemas de saúde pública”, tendo sido reconhecido, inclusive, pelo CDC (Centros de Controle e Prevenção de Doenças) dos EUA como um conteúdo de importância educacional.

Contudo, Plague Inc é apenas um jogo. O bloqueio talvez — e em paralelo com a situação do coronavírus — se dê pelo fato de que o jogador tem que elaborar estratégias para combater o governo e cientistas que buscam evitar o contágio.

Com informações: Reuters, Ars Technica.

Comentários da Comunidade

8 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@ksio89

Mais um exemplo de democracia e liberdade de expressão por parte do governo chinês…

Brunei Bettencourt

E há quem defenda e tenha “certo fetiche” por coisas assim.

Kayo

É lindo como as democracias ocidentais permitem que seus cidadãos defendam cegamente governos ditatoriais comunistas pelo globo, sem querer defender quem é certo ou errado na história pois os governantes estadunidenses não são nenhum santo, mas agradeço diariamente por ser gay no lado ocidental do mundo, não confio nos discursos inclusivos dos comunistas caviar que temos aqui, que pregam inclusão enquanto fecham os olhos para o que esses governos fazem com sua população.

Temos que observar diariamente.

@doorspaulo

E pensar que muitas pessoas ainda dizem que a China é um “exemplo a ser seguido”, no âmbito do tratamento à sua população.

@ksio89

Defendem mas moram em um país democrático e que garante liberdade de expressão, hipocrisia pouca é bobagem.

Eu

Eu falava com um cara que vive na China, ele disse que não podia reclamar.

Eu

Tem uns idiotas que querem esse tipo de coisa em todos os paises…

@ksio89

A única coisa que a China é referência é em censura e repressão, nisso eles são bons.

Daniel Neves

Só pra tirar uma dúvida. Que discurso inclusivo político você acredita?

Kayo

Oi Daniel, politico por si já é difícil de acreditar, como existem para nos servir no modelo democrático, pelo menos em tese, o que podemos fazer é manter a constante vigilância (falha ferrenha dos lulinhas e dos bolsominions inclusive), mas há certos limites que não deveriam ser ultrapassados, pros dois espectros políticos! quem defende ditaduras, de esquerda ou direita, não merece o mínimo de respeito e consideração, silenciosamente claro porque violência não é solução para nada.

Essa é minha verdade, aceito que tenha uma diferente.

Kayo

Estranho que nao vai como resposta.

Participe da discussão