Início » Aplicativos e Software » Caixa: app e site ficam fora do ar; problema já dura uma semana

Caixa: app e site ficam fora do ar; problema já dura uma semana

Caixa Econômica Federal (CEF) tem instabilidade no aplicativo e site durante liberação do auxílio emergencial de R$ 600

Felipe Ventura Por

Não foi uma semana fácil para os clientes da Caixa Econômica Federal (CEF): os sistemas do banco seguem com instabilidade durante a liberação do auxílio emergencial de R$ 600. O app e o site estão fora do ar para diversos clientes, que não conseguem acessar saldo nem pagar contas. Isso obriga alguns a irem até uma agência bancária em meio à pandemia do novo coronavírus (COVID-19).

Caixa Econômica Federal

A Caixa não se manifestou sobre a instabilidade desta segunda-feira (13), mas publicou a mesma resposta no Twitter ao longo da semana passada: “Nosso sistema está passando por uma indisponibilidade temporária. Nossa área tecnológica já está atuando para normalizar a situação de acesso. Pedimos, por favor, que aguarde ou tente novamente mais tarde. Até mais!”

Um cliente reclama hoje no Twitter: “estou tentando entrar no app e dá uma mensagem de erro sendo que eu digito login e senha corretamente; também no site está dando página fora do ar”.

Outros usuários têm queixas semelhantes: “tem dias que estou tentando pagar uma conta e o site fica fora do ar”; “o app da Caixa está fora do ar desde semana passada, não consigo pagar minhas contas”; “o internet banking vive fora do ar, mais de 20 minutos para olhar um saldo”.

Caixa fora do ar

Clientes da Caixa cogitam recorrer a agência física

No DownDetector, as reclamações vêm se acumulando. “Como pago as contas? Tem que ficar tentando toda hora para ver se consegue”, diz um cliente. “Não estou conseguindo entrar na minha conta pela internet, aparece mensagem dizendo que estou sem internet, não procede”, explica outra.

Há alguns relatos de pessoas frustradas com o sistema online que pensam em recorrer a uma agência física. “tenho que me deslocar até uma agência, pois não consigo pagar nada pelo aplicativo”, afirma uma cliente. “‘Fique em casa’, mas pago as contas como!?”, reclama outro.

A solicitação do auxílio emergencial de R$ 600, às vezes chamado de “coronavoucher”, é feita em um aplicativo separado da Caixa; no entanto, ele divide os mesmos sistemas do banco. Até a noite de quarta-feira (8), o Caixa Auxílio Emergencial havia registrado mais de 27 milhões de cadastros. Isso é necessário para trabalhadores informais, MEIs, autônomos e desempregados fora do Cadastro Único (CadÚnico).

A Caixa sofreu instabilidade na segunda-feira, terça, quarta, quinta e sexta. Há relatos de que o sistema teve problemas até mesmo no sábado e no domingo.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
19 usuários participando