Início » Gadgets » Xiaomi suspende venda de carregador rápido por falha de segurança

Xiaomi suspende venda de carregador rápido por falha de segurança

Xiaomi retira carregador rápido de 65 W com nitreto de gálio (GaN) de circulação por vulnerabilidade em chip sem criptografia

Bruno Gall De Blasi Por

A Xiaomi retirou de circulação seu carregador rápido de 65 watts com nitreto de gálio (GaN). As vendas foram suspensas devido a uma falha de segurança no acessório, cujo funcionamento pode ser alterado por pessoas mal intencionadas para causar danos em dispositivos.

Xiaomi GaN Type-C 65 W

O Xiaomi GaN Type-C 65 W é um carregador da Xiaomi apresentado em fevereiro de 2020 ao lado do Xiaomi Mi 10. O acessório, porém, teve de ser removido das lojas em caráter “emergencial”, de acordo com a fabricante, devido a uma vulnerabilidade.

De acordo com o TechSina, a falha de segurança se dá por conta de um chip eFlash/MTP regravável sem criptografia. Dessa forma, qualquer pessoa pode modificar o funcionamento do carregador, o que permite o aumento da voltagem do acessório para danificar aparelhos que se conectem com o carregador, por exemplo.

Ainda assim, isto não é motivo de pânico para usuários de celulares, já que eles possuem mecanismos de segurança que impedem casos de explosão em caso de sobrecarga, de acordo com o site. O mesmo, porém, não pode ser dito a outros dispositivos, como headphones e demais wearables e periféricos.

Não há previsão de quando o carregador retornará às lojas.

Com informações: Gizmochina, TechSina e Gizchina

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Eu (@Keaton)

Isso ai poderia ser mais problemático para a Xiaomi. Maluco vai e sabota o próprio carregador, dai processa a Xiaomi e ganha… é fogo.