Início » Internet » Crie um cartão de visita virtual

Crie um cartão de visita virtual

Por
9 anos atrás

São sites, blogs, redes sociais, endereços de e-mail… Podemos ser encontrados na interwebs de diversas formas. No entanto, às vezes isso fica confuso, pois na hora de nos apresentarmos a uma pessoa desconhecida, não temos um ponto de referência que leve essa pessoa para os diversos círculos virtuais que frequentamos.

Ainda bem que vieram com a ideia de cartão de visita virtual. Já reparou que um cartão de visita – ou business card – mostra sempre o básico, mas também o suficiente para que duas pessoas mantenham contato? Agora é possível ter um cartão de visita virtual, bastando usar o Flavors.me para isso. É grátis.

Cadastro

Primeiro de tudo, é preciso fazer o cadastro no Flavors.me. Se você não manja pelo menos o verbo to be e o mais essencial do inglês, melhor parar por aqui. Infelizmente o site ainda não tem versão em português, e nem sabemos se um dia vai ter. O bom é que, depois que o cartão está pronto, quase nada aparece em inglês.

Interface

O mais bacana do Flavors.me é que todas as alterações no cartão de visita virtual são feitas numa mesma tela, com visualização em tempo real das mudanças. Ou seja, ao trocar um texto por outro, imediatamente você já fica sabendo como vai ser a versão final do cartão. São quatro áreas (chamemos assim) com os principais ajustes.

Abaixo eu dou uma pincelada em cada uma delas.

Configurações

About. A mais básica das áreas, permite inserir o nome e o texto que o dono do cartão quer divulgar. Por favor, nada de nome completo! Coloque seu nome profissional, que é mais do que suficiente. No About, já vi biografias, pequenas descrições e por aí vai. No meu caso, digo apenas que sou estudante e escrevo um blog. Mas aí cada um faz o que achar melhor.

Edição de nome e biografia

O legal dessa área é que a edição é WYSIWYG (What You See Is What You Get), com formatação facilitada por botões. Ou seja, não precisa saber nada de HTML para configurar isso.

Services. Diversos serviços comuns nos dias de hoje, como Twitter ou Facebook, estão catalogados no Flavors.me. Ao acrescentar um deles, você deve informar pelo menos seu nome de usuário. Com isso, a barra no topo do cartão vai passar a apresentar um link para acesso rápido – na mesma tela, por sinal – a tudo o que é publicado de forma pública no serviço que você adicionou. Ainda é possível determinar a ordem de exibição desses serviços, entre outros ajustes.

LinkedIn, Twitter e YouTube estão entre os serviços catalogados

Eu optei por colocar o meu blog, meu LinkedIn, meu Twitter e meu YouTube, mas você também tem à sua disposição: Flickr, Vimeo, Delicious e Last.fm, para citar alguns dos mais populares.

Design. É nessa área que soltamos nossa imaginação. Algumas combinações de paletas já são definidas por padrão, mas a graça é criar um layout com a sua cara. Por isso, escolha as cores que mais combinam com você e faça uma paleta bacana.

Ainda há a escolha do layout do seu cartão, da imagem de fundo (sim, você pode fazer o envio de uma imagem criada por você mesmo) e das fontes que você vai usar (uma para o seu nome e outra para o conteúdo adicional). Aqui fica a dica: somente as fontes em branco estão disponíveis para usuários que não pagam pelo serviço.

Upload de imagem de fundo permite personalização

Promote. A importância dessa área é fazer com que as pessoas tomem conhecimento do seu cartão de visita virtual. Portanto, quando terminar de montá-lo, não deixe de publicar atualizações com seu novo endereço virtual no Twitter, Facebook, Orkut e Windows Live.

Trebuchet MS é sempre uma boa escolha

Note que o Flavors.me salva as alterações que são feitas no cartão automaticamente. Também é importante escolher um nome de usuário decente, porque é ele que vai aparecer no endereço do cartão: http://flavors.me/usuário.

No meu caso, peguei o endereço http://flavors.me/thassius. Pode ir lá dar uma olhada em como o meu cartão de visita virtual ficou! E se você também criar o seu, não deixe de postar o link para ele nos comentários desse post. 😉

Mais sobre: ,