Início » Negócios » Google deve cortar verba de marketing pela metade e pausar contratações

Google deve cortar verba de marketing pela metade e pausar contratações

Um executivo indica que o Google fará mudanças significativas por conta da pandemia do novo coronavírus

Victor Hugo Silva Por

O Google informou seus funcionários há alguns dias que reduziria investimentos em marketing e novas contratações, mas não revelou que eles seriam tão significativos. Em um e-mail enviado à sua equipe, a empresa indica que reduzirá algumas despesas pela metade e pausará a entrada de novos funcionários nos próximos meses.

The Pancake of Heaven! / foto do Googleplex / onde fica a sede do google

“Há cortes no orçamento e congelamentos em contratações acontecendo no marketing e no Google”, afirmou um diretor da companhia em mensagem enviada na quarta-feira (22). “Juntamente com o restante do marketing, nos pediram para cortar nosso orçamento pela metade para o segundo semestre”.

A informação é da CNBC, que confirmou o tamanho do corte com um porta-voz do Google. Segundo o Google, alguns setores realmente terão uma queda desse tamanho em seus investimentos. No entanto, outras áreas ainda estão em um processo de “recalibragem”.

Em relação às contratações, a empresa afirma que não suspendeu a entrada dos novos funcionários de forma generalizada. Em vez disso, está admitindo profissionais de setores estratégicos e incorporando quem já foi contratado, mas que ainda não começou suas atividades.

“Acreditamos que agora é a hora de desacelerar significativamente o ritmo de contratação, mantendo o ritmo em um pequeno número de áreas estratégicas”, afirmou o CEO da Alphabet, Sundar Pichai, em memorando enviado aos funcionários na semana passada.

Na mensagem, o executivo indicou que a redução em despesas abrangeria áreas como data centers, bem como viagens e ações de marketing. O Google investiu US$ 18,46 bilhões no departamento de vendas e marketing em 2019 e esperava aumentar a quantia este ano.

A empresa conta com 118 mil funcionários, sendo que cerca de 20 mil foram contratados em 2019. Para 2020, a meta era registrar um número parecido de contratações. Em meio à uma pandemia, os objetivos parecem ter sido descartados.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação