Início » Celular » iPhone 12: produção em massa deve ser atrasada devido à COVID-19

iPhone 12: produção em massa deve ser atrasada devido à COVID-19

Produção em massa do próximo iPhone pode ser atrasada por impactos causados pela COVID-19 (novo coronavírus)

Bruno Gall De Blasi Por

A Apple deve atrasar a produção em massa dos próximos iPhones em um mês. A possível mudança nos planos da companhia está ligada à pandemia de COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus, que vem impactando a indústria de tecnologia como um todo desde o começo de 2020.

Possível sucessor de iPhone 11 (foto), produção em massa de iPhone 12 pode atrasar em 2020

Esta não é a primeira vez que rumores indicam o atraso do próximo celular da Apple. Já em março, informações de bastidores revelaram que o lançamento dos possíveis iPhone 12, iPhone 12 Pro e iPhone 12 Pro Max poderia ser adiado “por meses”, devido à pandemia.

Ao que tudo indica, esta preocupação continua no centro de discussões da Apple. De acordo com o Wall Street Journal, a produção em massa do próximo iPhone pode ser atrasada em um mês. O explicação para a alteração no calendário também está ligada aos efeitos da doença, que reduziu a capacidade da indústria nos últimos meses.

A Apple não comentou sobre o assunto.

Renderização do possível iPhone 12 Pro Max (Foto: Reprodução/EverythingApplePro)

iPhone 12: o que esperar?

iPhone 12 pode ser o nome da próxima geração de celulares da Apple. A expectativa é de que a Apple apresente os sucessores do iPhone 11, iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max no segundo semestre de 2020, com direito à notch reduzido, visual que lembra o iPhone 5 e 5G.

O conjunto de câmera dos celulares deve receber reforços, com direito à inclusão do scanner LIDAR, do iPad Pro 2020. Também são aguardadas melhorias na ficha técnica, com um sucessor do processador Apple A13 Bionic, também presente no iPhone SE 2020.

Ainda não há informações sobre o preço dos próximos smartphones.

Com informações: Reuters

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Lucas Gasparotto (@TyrMenethil)

Eles têm que agradecer que ainda tem gente que compra esses aparelhos. Agora vamos ver, poder de compra caindo (não que fosse alto né?), dólar subindo mais que nunca. Acho que a melhor decisão deles no momento foi o SE. É bonito e bom. Barato jamais.

ochateador (@ochateador)

Lança em março/2021.
Dá tempo do povo juntar dinheiro e ainda rouba vendas da samsung.