Início » Gadgets » Samsung leva recursos dos Galaxy Buds+ para os primeiros Buds

Samsung leva recursos dos Galaxy Buds+ para os primeiros Buds

Os fones passam a contar com modo ambiente com música rodando e atalho para abrir o Spotify ou reproduzir uma playlist nova

André Fogaça Por

A Samsung liberou nesta semana uma atualização para os Galaxy Buds de primeira geração, que leva recursos que estão apenas no modelo mais novo e que foi lançado neste ano. Dentro do pacote de novidades está um recurso que ajuda no pareamento com Windows 10 e outro que aproxima os fones completamente sem fios do Spotify.

galaxy buds

Ao todo são três recursos que estavam presentes apenas no Galaxy Buds+ e que chegam para o modelo anterior, que é bem parecido, mas perde bastante na autonomia de bateria. O primeiro e mais simples é o suporte ao Microsoft Swift Pair, que agiliza a conexão entre os fones de ouvido e o Windows 10, que esteja ao menos na versão 1803.

O pareamento entre os dois lados fica automático, bastando ligar os fones. Outra vantagem desta atualização é que agora os fones podem trocar de dispositivo pareado com mais facilidade, mesmo que seja um smartphone, tablet, TV, console ou qualquer outra fonte de som.

A segunda novidade é a chegada do modo ambiente. Os Galaxy Buds não contam com isolamento ativo de ruído, mas a versão mais recente permite deixar o som externo entrar, enquanto música é reproduzida, para que o usuário escute o mundo ao redor sem dificuldades. O primeiro modelo permitia apenas o som entrar, enquanto a reprodução era pausada.

Por fim, uma parceria com o Spotify permite que ao tocar e segurar no painel sensível ao toque, o aplicativo de streaming seja aberto e a última música que estava tocando volte a ser reproduzida, exatamente do mesmo ponto onde parou da última vez. Se o usuário tocar e segurar mais uma vez, o Spotify vai sugerir uma playlist nova.

A atualização já está disponível e pode ser feita a partir do app Galaxy Wearable para Android, que não existe na App Store – o Galaxy Buds funciona no iPhone, mas não será atualizado se não for pareado com um Android. O curioso é que existe um app para controlar e atualizar os Galaxy Buds+, mas não a geração anterior. Vai entender.

Com informações: Samsung.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Igor Nagase (@nagasedesu1)

Recebi hoje, não tava sabendo!

Rmcrys (@rmcrys)

Eu tive os Buds e agora os Buds+ (oferta com o celular) e o som está para mim muito abaixo da média (os fones da Anker (creio) Bluetooth da minha mulher são muito superiores em som e custaram uns 23€ em vez de una 169€ dos Buds+; no entanto esses de 23+ têm um microfone, bateria e conexão ruim em comparação);

tudo o resto é excelente: a bateria e conexão dos Buds+ é muito superior à dos Buds e o mecanismo de emparelhamento são super fáceis. A caixa é bonita e os fones são pequenos. É muito bom ver que a Samsung atualiza com funções novas, com regularidade (nos Buds 1 eu recebi em poucos meses uns 3 updates), mas o preço para o som parece-me muito pouco ajustado.

Vítor Gomes (@vctgomes)

Queria mesmo era ouvir de alguém que tem o Buds sobre como ficou a troca de dispositivos entre Windows e Android.

Eu havia pensado que esse Microssoft Pair era somente para pareamento e não pra troca entre devices.

Douglas Furtado Gonçalves (@DouglasFurtado)

Vai entender mesmo o por quê do app para iOS ser exclusivos para o Buds+…