Início » Computador » Novo DisplayPort Alt Mode 2.0 suporta vídeo em até 16K com 60 Hz

Novo DisplayPort Alt Mode 2.0 suporta vídeo em até 16K com 60 Hz

O novo DisplayPort permite até mesmo 4K com 144 Hz e HDR ao mesmo tempo, sem reclamações

André Fogaça Por

A VESA, Associação de Padrões para Eletrônicos com Vídeo, divulgou nesta quinta-feira (30) novos detalhes sobre o DisplayPort Alt Mode 2.0. Mesmo com nome estranho e longo, o que importa é que você poderá ligar um monitor com resolução 16K (!) com um cabo que tem conector USB-C.

USB-C será usado no novo DisplayPort

Em números enormes, o cabo utiliza o USB4 para entregar vídeo que pode ser em 8K com 60 Hz e HDR, 4K com 144 Hz e também HDR, ou então 15.360×8.460 pixels em 60 Hz e que você pode chamar carinhosamente de 16K. Todos estas dezenas de milhares de pixels por outros milhares de pixels trafegam em um cabo que pode levar até 80 Gigabits por segundo.

O Alt no nome faz a mágica de tantos bits passando, já que o USB4 funciona como uma rua de mão dupla, com 40 Gigabits por segundo em cada um dos sentidos. O Alt faz essa mão dupla virar mão única, mantendo o tamanho da rua e soma as duas capacidades em uma só – já que vídeo não precisa ser enviado para a GPU, apenas recebido por ela.

Outro ponto importante é que este tipo de tecnologia não exige que ambos os lados do cabo trabalhem com um hardware novo, basta ter o DisplayPort na tela e USB4 no computador, para que os 16K circulem com tranquilidade. Por fim, tanto o USB4 como o novo DisplayPort, utilizam especificações do Thunderbolt 3, que recentemente a Intel tornou livre para o mercado utilizar – aquele que a Microsoft não gosta.

A previsão para que os primeiros produtos compatíveis com o DisplayPort Alt Mode 2.0 chegarem ao mercado está marcada para o ano que vem.

Com informações: The Verge.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@bkdwt

Já já terão que usar dissipadores nos cabos kkkk

Henrique Nakade (@Henrique_Nakade)

Chega até a ser irônico ver a cada ano o DIsplayPort sair na frente com mais potência tecnologia em relação ao HDMI, que por conta do marketing foi e ainda é difundido em todo mercado

Me pergunto se algum dia esse jogo vai virar…

@ksio89

Me pergunto o mesmo, diria até que HDMI = WhatsApp e DisplayPort = Telegram.

Vítor Gomes (@vctgomes)

Penso exatamente a mesma coisa… A DisplayPort não tem questões de custos para licenças?

Rmcrys (@rmcrys)

Henrique, nem sempre a tecnologia mais avançada é a que sai na frente (VHS vs. Betamax), muito por “culpa” de qual chegou primeiro ou por clubismo por parte das marcas. O HDMI surgiu como opção no mercado de TV, o DisplayPort no mundo dos monitores/ PC. Como é óbvio o HDMI tem evoluído na medida de que chega e sobra para as TVs e como se vendem muito mais TVs novas que PC novos, o HDMI lidera; o DisplayPort demorou muito em ser adoptado e mesmo que tecnicamente seja mais avançado (e compatível com HDMI), os fabricantes dão preferência ao HDMI. Na verdade você tem no HDMI 2.1 48 Gbps o que chega para 99% dos casos.

O ideal seria os fabricantes decidirem levar apenas o DisplayPort e incluírem um adaptador na caixa das TV para isso, logo tanto monitores e TV teriam este standard. Mas não vai acontecer. Pode ser que as TV 8K comecem a oferecer ambos.