Tecnoblog
Início » Brasil » Auxílio Emergencial negado ou com dados inconclusivos; saiba como contestar

Auxílio Emergencial negado ou com dados inconclusivos; saiba como contestar

Aplicativo Caixa Tem tem permite contestar o Auxílio Emergencial negado e refazer uma nova solicitação do benefício de R$ 600

Se o Auxílio Emergencial de R$ 600 foi negado, resta uma tentativa para receber o benefício pela Caixa Econômica Federal: contestar. Pelo site ou pelo aplicativo Caixa Tem, é possível verificar o motivo da não aprovação para corrigir a informação, realizando um novo cadastro ou contestando o dado indicado como divergente pela Caixa, caso o  julgue estar correto.

Por que o Auxílio Emergencial não foi aprovado?

De acordo com o Governo, os motivos comuns para a não aprovação do benefício são:

  • Marcação como chefe de família sem indicação de nenhum membro;
  • Falta de inserção da informação de sexo;
  • Inserção incorreta de dados de membro da família, tais como CPF e data de nascimento;
  • Divergência de cadastramento entre membros da mesma família (por isso a recomendação de que todos façam ao mesmo tempo);
  • Inclusão de alguma pessoa da família com indicativo de óbito.

Como contestar e fazer um novo cadastro no benefício

  1. Pelo site do Auxílio Emergencial clique em “Acompanhe sua solicitação” e pelo aplicativo, acesse com seu CPF;
  2. Após realizar o login e encontrar a tela que informa “Auxílio emergencial não aprovado”, leia o motivo pelo qual o benefício foi negado para seguir para a próxima etapa:
    1. Se houve alguma informação errada durante o cadastro, selecione a opção “Realizar nova solicitação”;
    2. Caso tenha certeza de que as informações enviadas estão corretas, selecione “Contestar essa informação”, logo abaixo da opção acima.
  3. Ao continuar, dependendo do caso, será necessário fazer o novo cadastro — que será enviado de novo para análise — ou declarar que está ciente da contestação de uma informação dada pela Caixa.

O Governo cita que se o motivo da negação foi por “dados inconclusivos”, será possível fazer a correção no mesmo instante e enviar o cadastro para uma nova avaliação. O aplicativo foi atualizado em 20 de abril de 2020 com as novas opções.

Com informações: Governo Federal.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação