Tecnoblog
Início » Celular » O que muda na segunda geração do iPhone SE [2020]?

O que muda na segunda geração do iPhone SE [2020]?

iPhone SE de 2020 tem muitas mudanças em relação a geração anterior além da tela maior e o corpo de vidro; confira os detalhes

Em abril de 2020 a Apple anunciou a nova versão do iPhone SE, uma remodelagem que demorou quatro anos desde a anterior, de 2016. O “Special Edition” (edição especial) traz recursos dos últimos smartphones da maçã — neste caso, dos iPhone 11, 11 Pro e 11 Max — e é vendido por um preço menor, reaproveitando componentes antigos. Saiba o que muda nessa segunda geração do iPhone SE.

Quando foram lançados?

  • iPhone SE (1ª geração): chegou em março de 2016, após o lançamento do iPhone 6S e iPhone 6S Plus, em setembro de 2015;
  • iPhone SE (2ª geração): foi anunciado em abril de 2020, depois dos iPhones 11, iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max, de setembro de 2019.

O que muda no design do iPhone SE

O primeiro iPhone SE era desejado por muita gente principalmente pelo design, que tinha o mesmo corpo que o iPhone 5S e a maioria dos recursos dos novos iPhones 6S. Em 2016, a tela de 4 polegadas era um atrativo para quem ainda não estava habituado com a mudança do mercado para as telas maiores.

Em 2020, o SE trouxe de novo o design do iPhone 8, que já havia sido deixado de lado pela Apple desde 2018, quando os iPhones XR e XS chegaram de vez com o notch, tela em toda a frente e Face ID.

O telefone traz de volta a tela de 4,7 polegadas e o botão Início com Touch ID na frente. Também é menor e mais leve que o iPhone 11 Pro. Com isso, se configura como o menor iPhone, em tamanho e tela, vendido em 2020.

Ainda que não tenha mais o conector de 3,5 milímetros para fone de ouvido no novo iPhone SE, o dispositivo tem resistência a água e poeira, com certificação IP67 — para profundidade de até um metro por 30 minutos.

Veja os detalhes abaixo:

Especificações iPhone SE (1ª geração) iPhone SE (2ª geração)
Tamanho da tela 4 polegadas 4,7 polegadas
Altura 123,8 mm 138,4 mm
Largura 58,6 mm 67,3 mm
Espessura 7,6 mm 7,3 mm
Peso 113 gramas 148 gramas
Corpo Frente em vidro;

Traseira e laterais em alumínio

Frente e traseira em vidro;

Lateral em alumínio

Conectores Lightning + P2 para fone de ouvido Lightning
Resistência à água, respingos e poeira Não Certificação IP67 (profundidade máxima de um metro por até 30 minutos
Autenticação Touch ID (botão Início) Touch ID (botão Início)

iPhone SE: Tela

O ganho para a segunda geração do iPhone SE vai além da 0,7 polegada a mais. O modelo de 2020 salta para tela HD (com mais resolução) com 125 nits a mais de brilho e a tecnologia True Tone — que ajusta as cores do display para parecerem mais naturais, de acordo com a iluminação do ambiente.

Outra ausência do modelo antigo é a resposta tátil, com o Haptic Touch, para acessar atalhos do sistema ao segurar o toque na tela. Lado a lado, os dois ficam assim:

Especificações iPhone SE (1ª geração) iPhone SE (2ª geração)
Características da tela LCD IPS com resolução de 1136 x 640 pixels a 326 ppp (pixels por polegada) LCD IPS com resolução de 1334 x 750 pixels a 326 ppp (pixels por polegada)
Intensidade do brilho 500 nits (máximo) 625 nits (máximo)
True Tone Não Sim
Resposta tátil Não Sim

Processador, memória RAM, armazenamento e bateria

Processador:

O iPhone SE chegou no primeiro semestre de 2016, mas trouxe o processador dos iPhones lançados em 2015, o A9. Já o SE de 2ª geração trouxe o componente dos iPhones de 2019, o A13 Bionic

De acordo com a Apple, o A13 Bionic é até 2,4 vezes mais rápido que o A9. E a GPU (unidade de processamento gráfico) do iPhone SE de segunda geração é até 4 vezes mais rápida que a do primeiro modelo. Na prática, isso quer dizer executar aplicativos e jogos com mais velocidade e fluidez, sem engasgar ou demorar muito para abrir.

Memória RAM e armazenamento:

Apesar da Apple não divulgar essa especificação, o primeiro iPhone SE traz 2 GB de RAM, enquanto o de 2020 tem 3 GB. Esse componente une esforços com o processador para executar as tarefas solicitadas pelo usuário. Quanto mais memória RAM, maior a capacidade de executar apps ao mesmo tempo, em segundo plano.

Já em capacidade de armazenamento, o primeiro modelo começa em 16 GB, algo ultrapassado, considerando que entre 11 GB e 14 GB é usado pelo sistema (iOS) e apps iniciais.

A segunda geração do SE já conta com 64 GB no modelo de entrada — muito mais espaço para guardar fotos, aplicativos, arquivos e as conversas do WhatsApp.

Bateria:

Em se tratando de especificações, temos 1.624 mAh para o modelo de 2016 e 1.821 mAh para o de 2020. Na prática, a Apple alega que são 2 horas e 30 minutos a mais de duração para o novo iPhone SE.

Na segunda geração, também há a presença do suporte ao carregamento rápido, com um adaptador de 18W, e recarga sem fio usando o padrão Qi.

Especificações iPhone SE (1ª geração) iPhone SE (2ª geração)
Processador A9 A13 Bionic
Memória RAM 2 GB 3 GB
Armazenamento 16 GB (modelo de entrada) 64 GB (modelo de entrada)
Bateria 1.624 mAh 1.821 mAh
Recarga rápida Não Sim
Recarga sem fio Não Sim

Câmeras

Este é um dos pontos mais críticos em relação às diferenças das duas gerações. Ainda que ambas tenham apenas uma lente, o modelo de 2020 traz um avanço de quatro anos no componente para fotos e vídeos.

Ainda são 12 megapixels nos dois modelos, mas a vantagem do SE de 2020 já começa na abertura do diafragma de f/1.8 contra f/2.2 da versão de 2016. Depois entram os recursos de estabilização óptica de imagem, pós-processamento e modo retrato com efeito bokeh.

Abaixo estão os detalhes sobre as câmeras traseira e frontal dos iPhones SE.

Especificações iPhone SE (2016) iPhone SE (2020)
Câmera traseira 12 megapixels com abertura de f/2.2 12 megapixels com abertura de f/1.8
Câmera frontal 1,2 megapixel com abertura f/2.4 7 megapixels com abertura f/2.2
Flash Retina Sim Sim
Flash True Tone Sim Sim com sincronização lenta
Estabilização óptica de imagem Não Sim
HDR HDR para fotos HDR inteligente para fotos
Modo retrato com efeito bokeh Não Sim
Vídeo (câmera traseira) 4K a 30 fps

1080p a 60 fps

4K a 60 fps

1080p a 60 fps

Vídeo (câmera frontal) 720p a 30 fps 1080p a 30 fps
Câmera lenta 1080p a 120 fps ou 720p a 240 fps 1080p a 120 fps ou 240 fps

Novas conectividades no iPhone SE de 2020

A segunda geração do “Special Edition” também é melhor em alguns recursos de conectividade, as quais operam mais nos “bastidores” e que não percebemos tanto como uma fotografia — como o Bluetooth 5.0 ou Wi-Fi 6 com tecnologia MIMO.

No SE de 2020 também é possível ter um chip extra, usando um eSIM — habilitado pela operadora e que dispensa a necessidade de um cartão físico para ativar os serviços da rede móvel.

Especificações iPhone SE (2016) iPhone SE (2020)
Wi-Fi Wi‑Fi 802.11ac Wi-Fi 6 802.11ac com MIMO
Bluetooth 4.2 5.0
Suporte ao eSIM Não Sim

Sistema operacional: iOS

Outro ponto de peso: o iOS. Como a primeira geração do iPhone SE foi lançada em 2016, é natural que ele não receba todos os recursos de software do último iOS 13, por exemplo. Com as atualizações, aplicativos podem ficar mais pesados e ocupar mais espaço.

Para o aparelho de 2016, com um processador A9 e só 16 GB de armazenamento, é uma limitação preocupante. Ainda mais quando ele, junto com o iPhone 6S e 6S Plus, foram a última linha a receber o iOS 13, de 2019. Em 2020, com o iOS 14, não há garantias que esse modelo seja atualizado.

Por outro lado, o SE de segunda geração sai de fábrica com o iOS 13. Isso garante que o aparelho ainda tenha uns três ou quatro anos de atualizações garantidas.

Por que não escolher o primeiro iPhone SE?

A primeira geração de iPhone “Special Edition” foi um sucesso no seu tempo. Ele trouxe o design amado do iPhone 5S, de 2013, com recursos de ponta da geração do iPhone 6S, de 2015. Era pequeno, rápido e com uma ótima câmera para a época.

Esse modelo já não faz mais sentido em 2020. O hardware está desatualizado. Pensando em durabilidade, compensa guardar ou abrir mão de um pouco mais de grana para pegar um modelo seguinte.

Para o SE de 2020, a Apple tem preço sugerido* de R$ 3.699 com componentes e recursos dos modelos 11, 11 Pro e 11 Max, cujos valores são*, respectivamente, de R$ 4.999, R$ 6.999 e R$ 7.599.

Para quem quer ter o melhor hardware e não liga muito para uma tela com resolução e dimensões maiores, outros tipos de lente (telephoto ou ultra-angular), o SE é uma excelente escolha.

*Preços do site da Apple, pesquisados em 5 de maio de 2020.

Com informações: Apple 1, 2.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação