Início » Internet » Google remove vídeos alegando “farsa do coronavírus” em SP

Google remove vídeos alegando “farsa do coronavírus” em SP

YouTube remove vídeos que questionavam existência da pandemia do novo coronavírus (COVID-19)

Felipe Ventura Por

O YouTube removeu diversos vídeos que questionavam a existência da pandemia do COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus. O Google recebeu o pedido do CyberGaeco, divisão do MPSP (Ministério Público de São Paulo) para o combate a crimes digitais.

Mizter_X94 / YouTube / Pixabay / como fazer capa para youtube

O autor dos vídeos, um engenheiro de SP, tem uma conta no Twitter na qual diz coisas como “esse atestado é FALSO, ninguém adoece do que não EXISTE” e “CORONA VIRUS NÃO EXISTE, quer que eu desenhe?”. Ele pede o “imphithiman” do governador paulista João Dória e a retomada das atividades econômicas.

Os vídeos tinham títulos como “Desmascarando a Farsa” e “A FARSA Continua”. Segundo o MPSP, eles negavam a existência da COVID-19 e “atacavam as medidas de contenção decretadas pelas autoridades sanitárias, como o isolamento social, para conter a propagação do coronavírus”.

Agora, os links levam a uma mensagem de que o conteúdo foi removido por violar as diretrizes da comunidade do YouTube. O canal continua no ar.

YouTube

YouTube remove informações falsas sobre COVID-19

O YouTube afirma em um artigo de suporte que, durante a pandemia da COVID-19, está removendo rapidamente “conteúdo que incentiva as pessoas a não procurarem tratamento médico ou que afirme que substâncias nocivas podem ser benéficas à saúde”.

Além disso, o YouTube vem combatendo teorias da conspiração que culpam o 5G pela COVID-19; e destacando fontes oficiais — como a OMS (Organização Mundial da Saúde) — com mais informações sobre o novo coronavírus.

No domingo (10), o Ministério da Saúde confirmou 162.699 casos do coronavírus; 11.123 pessoas morreram de COVID-19 em todo o Brasil.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação