Início » Negócios » Apple já prepara retorno de funcionários aos escritórios

Apple já prepara retorno de funcionários aos escritórios

Retorno aos escritórios da Apple será feito em fases e deve ter foco em funcionários que trabalham principalmente com hardware

Emerson Alecrim Por

Enquanto algumas empresas aumentam a fase de home office de seus funcionários por causa da pandemia de coronavírus (COVID-19) — a exemplo do Twitter —, a Apple se prepara para retomar as atividades em seus principais escritórios. Mas esse vai ser um retorno planejado e dividido em etapas.

É o que fontes próximas à companhia revelam. A ideia é iniciar o retorno neste mês de maio e expandir a retomada no decorrer dos próximos meses. O plano vale principalmente para o Apple Park — a sede da companhia em Cupertino —, mas deve ser seguido por escritórios localizados em outras partes do mundo.

De acordo com as fontes, a primeira fase, que já teve início em algumas localidades, prevê o retorno aos escritórios de funcionários cujas funções não podem ser exercidas em casa ou que enfrentam dificuldades para trabalhar por home office.

Apple Park

Apple Park

Entre eles estão funcionários que trabalham com desenvolvimento de hardware, atividade que requer equipamentos, laboratórios e outros recursos que só podem ser oferecidos em ambiente especializado.

Funcionários que devem voltar aos escritórios na primeira fase já estão sendo avisados pelos gestores. O processo é flexível. Dependendo das funções exercidas, eles poderão alternar períodos de home office com atividade presencial.

A segunda fase, prevista para começar em julho, vai abranger um número maior de funcionários, principalmente nos escritórios da Apple espalhados pelos Estados Unidos. Nessa etapa, o regime de trabalho também poderá ser flexível, com o funcionário podendo trabalhar presencialmente apenas em determinados períodos, se a sua atividade permitir.

Esse movimento já era esperado. Em abril, Tim Cook revelou aos funcionários o plano de retomada presencial dos trabalhos, mas seguindo uma série de cuidados. Equipes poderão trabalhar em períodos alternados, por exemplo. Além disso, uso de máscaras, checagem de temperatura e distanciamento social dentro dos escritórios estão entre as medidas que deverão ser seguidas.

O que chama atenção é que esse plano difere da abordagem de outras companhias de tecnologia, como Facebook e Google, cujos discursos vêm sendo o de manter funcionários, tanto quanto possível, trabalhando em regime de home office por mais tempo.

Porém, na comparação com essas empresas, a Apple é a que tem mais funcionários trabalhando com hardware, o que explica, pelo menos em parte, a necessidade da companhia de retomar atividades presenciais dentro do que for possível.

Com informações: Bloomberg.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação