Início » Comportamento » CEO da Xiaomi é criticado por usar iPhone ao postar em rede social

CEO da Xiaomi é criticado por usar iPhone ao postar em rede social

Lei Jun, CEO da Xiaomi, apagou post publicado via iPhone; executivo defende experimentar produtos da Apple

Felipe Ventura Por

Lei Jun, CEO da Xiaomi, publicou uma mensagem na rede social Weibo com sugestões de livros para os seguidores. O que deveria ser algo trivial acabou ganhando proporções maiores devido a um pequeno detalhe: o aviso “publicado via iPhone”. O post foi apagado, mas um executivo da fabricante defendeu a prática, dizendo que experimentar produtos da Apple é comum.

Lei Jun segura Xiaomi Mi 10 Youth Edition

Lei Jun segurando o Xiaomi Mi 10 Youth Edition (Mi 10 Lite Zoom)

Aconteceu o seguinte: primeiro, Lei Jun usou o Mi 10 Pro para postar uma foto acompanhada da legenda “comprei alguns livros, deem uma olhada”. Um seguidor respondeu: “Sr. Lei, este é o ano em que a Xiaomi vira o jogo, vamos lá!”. O CEO citou essa resposta em um novo post, desta vez publicado via iPhone.

Isso acabou pegando de surpresa os fãs chineses da Xiaomi, porque Lei Jun é um dos maiores porta-vozes da marca. A reação foi negativa a ponto de o CEO apagar o post. Os usuários estão acostumados a ficarem de olho na seção “publicado via…” do Weibo porque a fabricante às vezes revela o nome de novos celulares por lá.

Lei Jun da Xiaomi posta via iPhone

Executivo da Xiaomi defende CEO

Pan Jiutang, executivo da Xiaomi, se manifestou sobre o assunto na rede social. Para ele, se qualquer chefe ou gerente de produto em uma empresa de celulares disser que não usa Apple, Samsung ou produtos da concorrência, ele ou é incompetente, ou hipócrita, ou desconectado da realidade.

Além disso, Jiutang argumenta que a inovação e o progresso tecnológico não são “epifanias” que ocorrem somente dentro de uma empresa.

Executivos da Huawei também defendem o uso de produtos da Apple. O CEO Ren Zhengfei disse no ano passado: “o iPhone tem um bom ecossistema e, quando minha família está no exterior, eu ainda compro iPhones; não se deve achar que o amor pela Huawei signifique amar os celulares da Huawei”.

A diretora financeira Meng Wanzhou, filha do CEO, estava com um iPhone 7, iPad Pro e MacBook Air quando foi detida no Canadá em 2018; ela é acusada de fraude bancária e eletrônica pelo governo dos EUA.

Em um dos comentários sobre o caso mais recente, um usuário diz: “eu nunca vi Tim Cook usando Xiaomi nem Huawei”.

Com informações: Gizmochina.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
16 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tiago Jeronimo (@TiagoJL)

Apesar de sempre quase sempre ter usado Android (Com exceção de um iPhone 7 corporativo que usei por quase 2 anos como segundo celular), se eu pudesse escolher qualquer celular de forma totalmente grátis, também escolheria os iPhones.

No entanto, como de graça não dão nem injeção na testa, os aparelhos Android (Todos os meus ou foram nexus ou Samsung, atualmente tenho um Note 9) oferecem um custo benefício extremamente superior e cada vez mais estão mais próximos dos iPhones em questão de qualidade, apesar de o preço subir também.

Nunca usei o S20, mas minha esposa tem um Note 10 plus e o celular não deixa QUASE nada a dever pro iPhone 11.

Juliano Ferretti (@Ferretti)

Apesar de eu ter achado a resposta do executivo um tanto quanto ríspida, não deixa de ser verdade, por mais críticas a favor e contra as pessoas tenham em relação a Apple, é inegável que ela dita muitas das tendências do mercado, inclusive as que são ruins / duvidosas, como exemplo a remoção das entradas P2.

Tenho um iPhone 6s e estou com ele a dois anos e meio e apesar de sentir falta de algumas liberdades que o Android proporciona, a experiência no geral, (na minha opinião) o iPhone é superior, então para a concorrência é extremamente vital ter as experiências e inovações que os concorrentes estão trazendo.

Mas que foi no mínimo um vacilo publicar no Twitter e deixar passar que foi de um iPhone, isso foi

. (@Mr.Robot)

Acho que alguém se preocupa com privacidade. Não que o IOS seja 100% seguro, mas perto da MIUI…

Helliton Soares Mesquita (@Helliton_Soares_Mesq)

Que é estranho é. Porém se ele estava usando pra testar ou pra experimentar recursos faz sentido. Agora se tem um pra uso pessoal, é demais. Tem celulares porreta da Xiaomi que recebendo de graça nem veria IPhone.

Fábio Laurindo (@Fabio_Laurindo)

Boa parte dos youtubers que fazem de tudo para te empurrar aparelho x ou y também usa como pessoal iPhone.
Isto é óbvio.

@teh

Não é estranho. é bem normal na verdade.
lembro me da entrevista com o ceo da Daimler falando que dirigia BMW audi e que depois da mercedes o seu preferido era a Aston martin. É algo que ocorre em toda parte. vc quer saber onde seu concorrente esta indo.

Igor Nagase (@nagasedesu1)

(ainda não se adaptou direito ao 18,5:9) por acaso é quando pega uma foto da galeria e coloca no stories e ela fica virada? Pq isso acontece SEMPRE

Clark Kent (@Clark_Kent)

Até parece que a Daimler tem pretensão de fazer carros como BMW e Aston Martin. Balela e tem quem acredite!

@xtudao

Entre Android e iPhone com mesmo preço eu vou de iPhone, mas como não são mesmo preço uso Android.

Fabricio de Oliveira Silva (@LonelyEagle)

Nunca usei iPhone, mas se eu paguei pelo celular, quero ser dono dele, não que a fabricante diga o que eu posso ou não fazer. A Apple faz aparelhos incríveis, mas é cheia de frescura, pratica uma política de preços absurda (porque há quem pague), e faz de tudo para te obrigar a usar os produtos dela. Não sei nem por qual milagre permitem outros fones bluetooth além do AirPods.

@teh

É para conhecer a concorrencia.

Darllan Marinho (@Darllan_Marinho)

Prática comum entre executivos, usar aparelhos da concorrência, isso já aconteceu com a a Microsoft, Asus, Samsung e tantas outras.

Lucas Bonfim (@Lukas_Bonfim)

Está ai uma discussão que realmente não vale nem a pena ser feita, digo isso porque ninguem tem nada a ver com a vida do outro. Se o cara quer ter um iPhone, um Samsung, até se fosse um Alcatel, problema é unica e exclusivamente dele. Estou com a Samsung há quase cinco anos e estu adorando, não tenho do que reclamar mesmo (tive um S6, um A8 e hoje estou com um S9), mas posso dizer que a melhor experiência que eu tive com um sistema operacional, em 90% do tempo, até mais, foi com a Apple e meu antigo iPhone 5S, e ai? Alguem vai falar que eu sou um hipócrita por causa disso também?
Pessoal tem que se tocar que as coisas não são como elas acham que deve ser. Se você quer ser unilateral e se prender a uma marca ou ideial, que bom para você, mas não ache que as outras pessoas tem que fazer a mesma coisa.

imhotep (@imhotep)

O cara pode usar o que quiser na vida pessoal.
Mas como representante de uma empresa, é obrigação dele difundir a marca que ele representa.

Mesma coisa se um executivo da Coca fosse pego tomando Pepsi.

Inclusive esse tipo de coisa costuma constar nos contratos milionários desses executivos.

Exibir mais comentários