Início » Computador » Huawei Honor MagicBook Pro tem chips novos da Intel e Nvidia

Huawei Honor MagicBook Pro tem chips novos da Intel e Nvidia

Honor MagicBook Pro traz processador Intel Core de 10ª geração e roda Windows 10; Huawei passa por sanções dos EUA

Felipe Ventura Por

Os EUA impuseram mais restrições aos negócios da Huawei com empresas americanas, mas isso não impediu a empresa de lançar o Honor MagicBook Pro: ele tem processador Intel Core de 10ª geração, chip gráfico Nvidia MX350 e Windows 10.

Huawei Honor MagicBook

O Honor MagicBook Pro 2020 possui tela de 16,1 polegadas com bordas finas de 4,9 mm, aproveitando 90% da parte frontal. Ele consegue isso, em parte, graças ao posicionamento da webcam: ela é pop-up e fica no teclado junto às teclas de função.

Há duas opções de processador: o Intel Core i5-10210U ou o Core i7-10510U. Ambos os modelos vêm com chip gráfico Nvidia MX350, 16 GB de RAM e SSD de 512 GB. A Huawei colocou aqui um modo de desempenho ativado pela combinação de teclas Fn + P, que aumenta a performance de CPU e GPU em 8% e 15%, respectivamente.

Huawei Honor MagicBook

A Huawei só pode fazer negócios com empresas americanas se tiver autorização do governo dos EUA, algo costuma ser concedido apenas quando não houver riscos à segurança nacional.

No ano passado, a Intel entrou com pedidos para vender processadores para a fabricante. “Não acreditamos que isso seja preocupante se o objetivo é proteger a segurança nacional”, explicou o CEO Bob Swan à CNBC no ano passado.

Há algum tempo, a Huawei precisou adiar o lançamento de um laptop porque não conseguia negociar com a Microsoft para licenciar o Windows 10. Alguns meses depois, ela lançou vários notebooks com Deepin Linux.

Desta vez, isso não foi necessário: o Honor MagicBook Pro 2020 roda Windows 10 direto da caixa. A versão com Core i5 custa 5.999 iuanes (R$ 4.800), enquanto o modelo com Core i7 sai por 6.999 iuanes (R$ 5.600).

Huawei Honor MagicBook

Huawei Honor MagicBook Pro – ficha técnica:

  • Tela: touchscreen de 16,1 polegadas, Full-HD (1920 × 1080), painel IPS, proporção 16:9, 100% sRGB
  • Processador: Intel Core i5-10210U de 1,8 GHz ou Core i7-10510U de 1,8 GHz
  • Chip gráfico: Nvidia MX350 de 2 GB
  • RAM: 16 GB DDR4 de 2.666 MHz
  • Armazenamento: SSD de 512 GB
  • Bateria: 8 horas ou mais
  • Sistema operacional: Windows 10
  • Conectividade: Wi-Fi, Bluetooth, 3 portas USB 3.0, 1 porta USB-C Thunderbolt 3, entrada mista para fone e microfone
  • Mais: leitor de digitais, teclado retroiluminado, corpo de metal
  • Dimensões: 369 mm x 234 mm x 16,9 mm, 1,7 kg
  • Cores: prata, cinza

Com informações: Gizmochina.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@ksio89

Processador AMD que é bom, nada.

Felipe Vieira (@Feliperpv)

Eles ainda não largaram essa de webcam no teclado? A Dell já resolveu tem um tempinho…

Vinicius Andrade (@Toloko)
Li o título titulo Reação:
Schio ☭ (@Sckillfer)

Ao invés de negociar com a AMD (alemã)…

Rmcrys (@rmcrys)

AMD alemã? Você anda um pouco deslocalizado…

Schio ☭ (@Sckillfer)

Na verdade me equivoquei, mas não totalmente. AMD é estadunidense, a confusão eu fiz porque ela passou a ser parcialmente alemã com a compra de parte dela pela Siemens, tanto que todas as CPUs AMD que já vi vem escrito designed in Germany .