Início » Negócios » Uber monta centro de higienização de carros para parceiros em SP

Uber monta centro de higienização de carros para parceiros em SP

Motoristas e entregadores podem higienizar carros e mochilas gratuitamente; Uber também distribui kits de proteção

Emerson Alecrim Por

A Uber anunciou, nesta quinta-feira (28), a criação do seu primeiro centro de higienização para motoristas e entregadores parceiros no Brasil. A unidade vai ser inaugurada na próxima segunda-feira (1) e fica localizada na Rua Luis Coelho, 371, região da Avenida Paulista, em São Paulo.

No centro de higienização, motoristas e entregadores poderão fazer limpeza dos veículos e das mochilas de entregas, bem como retirar kits de proteção (inclui máscaras, luvas e desinfetante). Nos veículos, também é possível instalar uma divisória interna de plástico transparente que aumenta a proteção, tanto do condutor quanto do passageiro.

O procedimento de limpeza será gratuito e realizado com a mesma tecnologia aplicada na higienização de hospitais e UTIs, de acordo com a empresa. Será preciso, no entanto, fazer agendamento (as instruções estão disponíveis no site da Uber). Cada motorista ou entregador poderá agendar uma limpeza gratuita por mês.

Uber - proteção contra COVID-19

Quanto ao kit de proteção, também será possível retirá-lo gratuitamente, mas, novamente, uma vez por mês. A Uber diz que o kit é uma alternativa para o reembolso de itens de higiene e proteção que vem sendo oferecido pela companhia desde o início da pandemia.

Já a divisória de proteção tem custo atrelado à categoria do motorista no programa de fidelidade Uber Pro. Os valores são estes:

  • Diamante: gratuito
  • Ouro: R$ 37,50
  • Prata: R$ 75
  • Blue: R$ 89,99

Por ora, o centro de higienização é um programa piloto. Dependendo do resultado obtido, a Uber poderá expandir a ideia para outras cidades brasileiras.

A empresa destaca ainda que, no Brasil, mantém um fundo de R$ 25 milhões para apoiar motoristas e entregadores durante esta fase de pandemia. A Uber afirma que a maior parte desse dinheiro tem sido usada para oferecer ajuda financeira aos parceiros que precisaram parar de trabalhar por recomendação médica.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação