Início » Aplicativos e Software » Google Chrome combate sites que forçam a ativar notificações

Google Chrome combate sites que forçam a ativar notificações

Google Chrome irá minimizar solicitações de notificações abusivas a partir de julho em computadores, celulares e tablets

Por

O Google Chrome 84 irá combater sites que forçam a ativação de notificações. Conforme revelado no blog do Chromium nesta quinta-feira (28), a próxima versão do navegador trará um recurso para minimizar solicitações de autorização abusivas para envio de alertas no browser. A ferramenta será liberada a todos em julho de 2020.

Ativação de notificação do Google Chrome 84 (Foto: Divulgação/Google)

O Google já vem combatendo os pedidos de permissão abusivos há algum tempo. Em janeiro, os desenvolvedores do browser começaram a testar solicitações menos intrusivas no Chrome 80, com o recurso “Quieter notification permission prompts” (“Solicitações de permissão de notificação mais silenciosas”, em tradução livre). A função, porém, não é habilitada automaticamente para todos.

Agora, a partir do Chrome 84, as “solicitações de permissão abusivas” serão minimizadas no navegador sem a necessidade de alterar qualquer configuração. Segundo o Google, o recurso chega para reduzir o incômodo dos usuários durante a navegação e para protegê-los de informações falsas e tentativas de golpes enviados por sites fraudulentos.

“Uma grande porcentagem de solicitações de notificação e notificações vem de um pequeno número de sites abusivos. Proteger os usuários desses sites melhora a segurança e a privacidade do usuário na web e contribui para uma melhor experiência de navegação”, explicam.

Com a atualização, as novas solicitações de notificações de sites considerados abusivos passarão a ser apresentadas em um sininho na barra de endereços. Para ativar os alertas, será preciso clicar no ícone e escolher se aceita ou não recebê-los.

A função também estará disponível na nova versão do Chrome para celulares. O pedido de permissão, porém, aparecerá em uma pequena tarja na parte inferior da tela.

As verificações de sites serão realizadas automaticamente pela companhia. Segundo o Google, caso as notificações de um endereço sejam consideradas como abusivas, os responsáveis serão alertados pelo Search Console.

O Google Chrome 84 será liberado para todos os usuários a partir de 14 de julho.

Com informações: Chromium Blog, XDA-Developers e Android Police