Início » Gadgets » Apple, Xiaomi e Samsung crescem em fones wireless e pulseiras

Apple, Xiaomi e Samsung crescem em fones wireless e pulseiras

Mercado de wearables tem crescimento de quase 30% no 1º trimestre de 2020; Apple, Xiaomi e Samsung lideram

Bruno Gall De Blasi Por

A Apple, Xiaomi e Samsung assumiram o pódio do mercado de wearables no primeiro trimestre de 2020. De acordo com um levantamento global divulgado nesta quinta-feira (28), mais de 70 milhões de dispositivos vestíveis foram comercializados durante o período, cujo crescimento é de cerca de 30% em relação ao ano anterior, apesar dos impactos da COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus. Os números são da IDC.

Apple AirPods Pro

O mercado de wearables apresentou crescimento de 29,3% nos três primeiros meses do ano. Segundo a consultoria, foram vendidos 72,6 milhões de wearables, como fones de ouvido e  smartwatches, durante o período.

A Apple abocanhou 29,3% do mercado de wearables no começo de 2020. Ao todo, foram comercializados 21,2 milhões de dispositivos, com destaque aos fones da Beats e aos AirPods. A Xiaomi vem em segundo lugar, com market share de 14% e 10,1 milhões de gadgets vendidos.

O pódio fica completo com a Samsung, em terceiro lugar (11,9%). Assim como a Apple, a empresa chama a atenção pelos fones de ouvidos. Segundo a IDC, a marca sul-coreana vendeu mais de 4 milhões de unidades dos novos Samsung Galaxy Buds e Samsung Galaxy Buds+.

A Huawei vem em quarto lugar (11,1%), apesar da crise entre a companhia chinesa e as autoridades dos Estados Unidos. Já a Fitbit está na quinta colocação, com 3% do mercado, e é a única marca entre as cinco a não apresentar crescimento no exercício, cuja queda de 26,1% é causada pelos impactos da pandemia nas linhas de produção da China. Demais marcas acumulam 30,8% das vendas (22,3 milhões).

Xiaomi Mi Band 4

Apesar dos resultados positivos no mercado de wearables como um todo, o mesmo não pode ser dito aos relógios e às smartbands. Ainda de acordo com a consultoria, as vendas desses dispositivos sofreram uma queda de 7,1% no 1º trimestre de 2020. O acúmulo de aparelhos comercializados é de 16,9 milhões.

Em relação aos smartwatches e pulseiras inteligentes, a Apple (26,8%) assume a liderança mais uma vez, seguida pela Huawei (15,2%) e Samsung (10,8%). As quarta e quinta colocações são ocupadas pela Garmin (7,5%) e a Huami (5,8%). As outras fabricantes concentram 33,9% do mercado.

Com informações: XDA-Developers e IDC

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação