Início » Finanças » Cielo e Getnet permitem usar auxílio emergencial na maquininha de cartão

Cielo e Getnet permitem usar auxílio emergencial na maquininha de cartão

Para diminuir filas para saques nas agências, a Caixa liberou o pagamento via QR Code para quem tem Poupança Social Digital

Victor Hugo Silva Por

O aplicativo Caixa Tem liberou a opção de usar o auxílio emergencial de R$ 600 para fazer pagamentos em lojas físicas via QR Code. A alternativa, que ajuda a evitar filas para saques nas agências da Caixa Econômica Federal, começou a ser aceita nesta sexta-feira (29) nas maquininhas da Cielo e da Getnet. A Rede vai suportar a novidade a partir de 8 de junho.

caixa tem

Segundo o vice-presidente de varejo da Caixa Econômica Federal, Celso Leonardo Barbosa, o recurso deverá ser oferecido por mais empresas. O executivo afirmou, em entrevista ao Broadcast, do Estadão, que a solução poderá ser usada por todos os sistemas de maquininhas de cartão que estão se comunicando com o banco.

A Cielo, do Bradesco e do Banco do Brasil, afirma ao Tecnoblog que passou a suportar o pagamento via QR Code com o Caixa Tem em 1,5 milhão de maquininhas em todos os estados brasileiros. A empresa já aceitava o cartão de débito virtual do Caixa Tem nas maquininhas Lio, mas a opção exige a inserção de dados como o número do cartão, o que torna o processo mais lento.

A Getnet, do Santander, afirma que praticamente todas as suas maquininhas já aceitam os pagamentos com auxílio emergencial. São cerca de 1,3 milhão de aparelhos que operam com QR Code e podem ser usados pelos estabelecimentos. A empresa destaca ainda que sua solução de e-commerce também suporta pagamentos com o auxílio emergencial.

A Rede, do Itaú, que levará mais tempo para concluir a adequação ao QR Code do Caixa Tem, afirmou que a funcionalidade está sendo disponibilizada em etapas nas suas maquininhas. O prazo de 8 de junho marcará a liberação em larga escala da nova opção de pagamento.

Além de evitar filas nas agências, a atualização do Caixa Tem deve ajudar a diminuir contato físico e, consequentemente, riscos de contágio pelo novo coronavírus, causador da COVID-19. Quem recebe o auxílio emergencial pelo aplicativo, pode dispensar o pagamento em dinheiro ou cartão para usar o recurso “pague na maquininha”. Com ele, o app habilita a câmera do celular para fazer a leitura do QR Code e confirmar o pagamento.

O recurso será liberado para mais de 40 milhões de pessoas com a Poupança Social Digital, acessada pelo Caixa Tem. Ainda ao Broadcast, Barbosa afirmou que o projeto é uma preparação do banco ao BR Code, modelo nacional do QR Code que será lançado com o PIX, sistema de pagamentos instantâneos que está sendo desenvolvido pelo Banco Central.

Atualizado às 15h40 de sexta-feira (29) com informações da Getnet.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação